14/11/2011

Governo vai acabar com desconto para reformados e estudantes

A partir de 1 de Janeiro de 2012 reformados, pensionistas e estudantes cujos rendimentos estejam acima do ordenado mínimo nacional vão deixar de ter desconto de 50% na aquisição de assinatura mensal.

A medida que o Governo está a prepar irá retirar a comparticipação de 50% a elementos cujo agregado exceda o ordenado mínimo nacional per capita, ou seja, utentes dos transportes públicos da CP, Carris, Metro de Lisboa, Metro do Porto, Transtejo, STCP e operadores privados de Lisboa e Porto abrangidos pelo passe social, bem como estudantes de todos os operadores nacionais que aderiram ao passe 4_18 e sub_23 terão de pagar mais a partir de Janeiro.
A medida insere-se no Plano Estratégico para o sector dos transportes, e deriva da gravíssima situação financeira que vivem as empresas públicas de transporte. O Governo no entanto, não pretende mexer no desconto para agregados de baixos rendimentos, mantendo-se a comparticipação em 50% do valor da assinatura bem como, do tarifário social+ com desconto de 25%.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search