28/02/2020

Luxemburgo com transportes gratuitos

facebook.com/transportesonline
O Luxemburgo vai tornar-se no primeiro país do mundo com transportes totalmente gratuitos em todo o território.

A medida vai custar ao estado luxemburguês cerca de 41 milhões de euros anuais, e abrange todos os modos de transporte, exceto ligações de comboio em primeira classe, de forma a promover uma efetiva utilização dos transportes públicos. 
O Luxemburgo pretende implementar hábitos de mobilidade para a população, incluindo visitantes e trabalhadores de países fronteiriços (cerca de 200 mil trabalhadores do Grão-Ducado vivem na Bélgica, Alemanha e França e usam o carro para entrar no país), através de medidas que passam pela modernização da rede ferroviária, expansão e melhoria das ligações de autocarro regionais e na construção de parques de estacionamento dissuasores Park & Ride. Para isso, nos próximos anos vão ser investidos mais de 1000 milhões de euros por parte das autoridades luxemburguesas. 


18/02/2020

AML lança concurso no valor de 1,2 mil milhões de euros

facebook.com/transportesonline
imagem ilustrativa da futura Carris Metropolitana. In: Twitter Fernando Medina
A Área Metropolitana de Lisboa (AML) enquanto autoridade de transportes rodoviários na região, lançou hoje um Concurso Público Internacional no valor de 1,2 mil milhões de euros para a concessão dos transportes rodoviários para os próximos 7 anos.

O conjunto de obrigações elencado no Concurso agora lançado, vai obrigar os vencedores a renovarem a frota com autocarros mais amigos do ambiente e sob a marca Carris Metropolitana, equipados com wifi, entradas USB, sistema de informação ao público e eco condução. Haverá um reforço da oferta em todos os horários, sobretudo às horas de ponta, noites e fins-de-semana. Mantém-se 127 carreiras, 321 são reforçadas e vão ser criadas 130 novas linhas. Este incremento terá maior impacto (cerca de 40%) na Península de Setúbal, onde se verifica maior défice de oferta.
Foram lançados simultaneamente 4 concursos válidos por 7 anos, um por cada lote, sendo 2 na margem sul e 2 na margem norte (ver nota), e os vencedores de cada lote estarão obrigados a trabalhar em rede no que concerne à imagem, informação ao público, horários, tarifário, etc. Os novos mapas de transportes irão incorporar os diferentes modos como metro, comboios, autocarros e transporte fluvial.
facebook.com/transportesonline
imagem ilustrativa da futura Carris
Metropolitana. In: Twitter FernandoMedina
O critério de adjudicação terá um peso de 85% no fator preço que será pago ao quilómetro, e 15% na renovação da frota. Cerca de 90% do total das viaturas terão de cumprir a norma Euro V, e 5% terão de ser 0% poluentes. No início de operação, nenhum autocarro poderá ter mais de 16 anos, e a idade média da frota será no máximo 8 anos. No quinto ano de contrato nenhuma viatura poderá circular com mais de 12 anos, sendo que a idade média da frota não pode ultrapassar os 6 anos.
A AML estima que no Verão estarão reunidas as condições para a adjudicação do serviço, existindo um período de transição de 10 meses para a entrada em operação.
De fora do Concurso ficam Lisboa e Barreiro onde a Carris e TCB respetivamente são operadores internos, e Cascais que já lançou Concurso no ano transato.

Nota: Lotes a concurso

Lote 1: zona Noroeste da AML. Inclui os municípios da Amadora, Oeiras e Sintra atualmente operadas pela Vimeca e Scotturb, e que representa 33% de toda a oferta existente. Existem 98 carreiras, e serão criadas mais 35, o que representa um aumento de 39% face à oferta existente.

Lote 2: zona Nordeste da AML. Inclui os municípios de Mafra, Odivelas, Loures e Vila Franca de Xira. Vários operadores de transportes ligados ao Grupo Barraqueiro operam nestes concelhos como a Rodoviária de Lisboa, Mafrense, Isidoro Duarte, Henrique Leonardo da Mota e Santo António, com um total de 187 carreiras, o que representa 32% da oferta atual na AML. Vão ser criadas 31 novas carreiras, ou seja, um aumento de 34%.

Lote 3: zona Sudoeste da AML. Inclui os municípios da Almada, Seixal e Sesimbra, onde atualmente opera a TST, com um total de 116 carreiras, o que representa 18% de toda a oferta existente na AML. Com o Concurso vão ser criadas 43 novas carreiras, ou seja, um incremento de 47% da oferta.

Lote 4: zona Sudeste da AML, onde se incluem os municípios de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal, servidas pela TST, com um peso de 14% de toda a oferta existente. Das 80 carreiras atualmente existentes, vão ser criadas mais 21 para um total de 111, o que representa um acréscimo de 68%, sendo a zona de Palmela a mais beneficiada.



08/02/2020

Despesas em transportes vai ser dedutível no IRS

facebook.com/transportesonline
título de bordo da STCP 
Despesas com a aquisição de títulos de transporte vai ser dedutível no IRS em 2020, segundo proposta do Orçamento de Estado aprovada na especialidade.

Desde 2017 que as despesas com a aquisição de assinaturas mensais já era dedutível em sede de IRS. Contudo, de acordo com a proposta agora aprovada no Parlamento, todas as despesas como a compra de um título de bordo, carregamento de bilhetes pré comprados, despesas com táxis ou plataformas eletrónicas de transporte, viagens de expresso ou de comboio terão direito a dedução fiscal. 
Esta medida visa incentivar a utilização do transporte público em detrimento do individual, contribuindo para a descarbonização energética. 


06/02/2020

Porto: paragens vão ter informação dinâmica e wifi

facebook.com/transportesonline
paragem com informação dinâmica
existente na cidade do Luxemburgo
A Câmara Municipal do Porto vai lançar um Concurso Público Internacional para concessionar o mobiliário urbano, incluindo os abrigos das paragens de autocarros.

facebook.com/transportesonline
ecrâ com informação de tempo de
espera dos autocarros instalado nas 
paragens da cidade do Luxemburgo
A proposta vai obrigar à modernização dos abrigos nas paragens de autocarros tornando-os mais cómodos e seguros. Para além disso, estas paragens vão estar equipados com informação
dinâmica, com divulgação de iniciativas várias que decorrem na cidade e informação sobre tempo de espera dos autocarros a STCP (vêr fotos exemplo de paragens com informação dinâmica). O Porto passa a ser a cidade portuguesa com maior número de paragens a disponibilizar informação em tempo real sobre a chegada dos autocarros, dado que a maioria das paragens estará equipada com esta tecnologia, para além dos painéis eletrónicos já existentes. As paragens estarão ainda equipadas com wifi grátis. 

04/02/2020

AMT dá parecer prévio positivo ao Concurso Público para concessão dos transportes rodoviários da região de Lisboa

facebook.com/transportesonline
autocarro da Rodoviária de Lisboa
A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) deu parecer prévio positivo para o lançamento do Concurso Público Internacional para a concessão dos transportes rodoviários de passageiros na Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Este parecer que era vinculativo para o lançamento do Concurso por parte da AML, vai permitir criar uma marca única de transportes rodoviários na região de Lisboa (Carris Metropolitana), integrar o sistema de bilhética, aumentar a oferta de autocarros em cerca de 40%, e renovar a frota com veículos mais amigos do ambiente.
A concessão terá um horizonte de sete anos, dividida em 4 lotes: 2 na margem sul e 2 na margem norte, sendo que o respetivo vencedor em cada um dos lotes será monitorizado por parte da empresa a ser criada pela AML, a Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML), quanto ao cumprimento dos níveis de serviço a que estará obrigada pelo Caderno de Encargos, e receitas de venda de bilhetes e passes.
Todas as viaturas terão um sistema de GPS, e os passageiros saberão quando chega o próximo autocarro e se o mesmo está ou não lotado. Também será possível validar o passe ou título ocasional com o smartphone.
A AML terá de lançar oficialmente o Concurso Público Internacional que terá de ser publicado em Diário da República.
Tanto a Carris como os Transportes Colectivos do Barreiro por se tratarem de operadores internos das cidades de Lisboa e do Barreiro respetivamente, não irão a concurso, bem como os autocarros de Cascais cujo concurso foi lançado pela Câmara há um ano, tendo sido ganho pela empresa espanhola Martín.

03/02/2020

Trabalhadores da TST em greve dia 6

facebook.com/transportesonline
Os sindicatos representativos dos trabalhadores da TST convocaram para o próximo dia 6 uma paralisação de 24 horas com início às 3h.

Devido a esta greve poderão ocorrer fortes perturbações no serviço. Não foram decretados serviços mínimos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search