31/12/2008

O ano em revista!


Janeiro:
*dia 5 - Carris põe em funcionamento a 2ª fase da "Rede 7" com alterações em 9 carreiras;
*dia 10 - Governo anúncia a localização do novo aeroporto em Alcochete em detrimento da Ota. Os prazos para a conclusão da infra-estrutura fixaram-se para 2017;
*dia 25 - SMTUC anúnciam a criação de uma nova linha de troleicarro a ligar o Estádio à Universidade;
- Grupo de utentes da CP lança petição on-line para que a empresa encurtasse o tempo de viagem nas ligações entre o Porto e Braga;
*dia 31 - A empresa CorgoBus em Vila Real passou a disponibilizar autocarros depois das 20 horas.

Fevereiro
*dia 16 - Reabertura do Túnel do Rossio que se encontrava encerrado desde 22 Outubro 2004; - Refer encerra passagens de nível no Vale do Vouga;
*dia 22 - Inaugurado primeiro autocarros hibrido em S. Francisco;
*dia 26 - Aeroporto do Porto considerado melhor aeroporto da Europa em 2007, pelo Conselho Nacional de Aeroportos com base em entrevistas directas a mais de 200 mil passageiros em toda a Europa;
*dia 29 - China inaugura em Pequim maior terminal aeroportuário do mundo, equivalente a 170 estádios de futebol;
- Primeira experiência com fontes de energia alternativa em aviões, foi levada a cabo num "Boeing 747" da Virgin Atlantic, utilizando óleo de Babassu.

Março
*dia 30 - Tarifas aéreas baixam para os habitantes do arquipélago dos Açores em pelo menos 30%;
- UE quer que o espaço aéreo europeu seja livre para as companhias do "Velho Continente";
*dia 31 - Metro do Porto e a FEUP desenvolvem tecnologia inovadora para ajudar deficiêntes visuais a guiarem-se nas estações do metro através do telemóvel.

Abril
*dia 1 - Estado rescinde contrato com a Aerocondor que assegurava as ligações entre Bragança e Lisboa por "alegado incumprimento de obrigações";
*dia 8 - AirFrance desiste da compra da Alitalia;
*dia 9 - Nova rede de transportes em Lagos;
*dia 16 - Carris inaugura serviço AeroShuttle.

Maio
*dia 1 - Soflusa adere ao passe "30 dias";
*dia 6 - Lufthansa permite obter bilhete de embarque via telemóvel;
*dia 7 - Governo trabalhista da Nova Zelândia anúncia nacionalização dos caminhos de ferro;
*dia 10 - Carris alarga videovigilância a toda a frota;
*dia 15 - Vodafone disponibiliza serviço de telecomunicações em voos da AirFrance;
*dia 22 - CP e operadores móveis assinam protocolo para melhorar serviço de comunicações em viagens do Alfa Pendular;
*dia 27 - Inaugurada estação D. João II em Gaia do Metro do Porto.

Junho
*dia 2 - Governo lança concurso público para 1ª fase construção TGV entre Lisboa e Caia;
*dia 13 - Roma inaugura serviço de aluguer de bicicletas;
*dia 16 - UITP distingue Metro do Porto com o prémio "Light Rail Award - Best New System";*dia 20 - Metro do Porto lança concurso público internacional para prolongamento da Linha Amarela até Santo Ovídio;
*dia 25 - Japan Airlines experimenta biocombústivel de algas em Boeing "747-300".

Julho
*dia 1 - Lançado concurso público para construção do Metro do Mondego;
*dia 2 - TAP arranca com uso de telemóvel a bordo;
*dia 11 - Governo anúncia intensão de criar passe escolar com 50% de desconto;
*dia 23 - Horários do Funchal cria plataforma de controlo de passageiros através de bluetooth;
- Primeira ligação entre o Porto e Havana pela Euro Atlantic.

Agosto
*dia 4 - Clientes da Linha do Sado e da Linha de Cascais passam a poder carregar a assinatura no Multibanco;
*dia 17 - Apresentadas novas embarcações para ligar a Madeira a Porto Santo.

Setembro
*dia 1 - Entrou em vigor passe escolar com 50% de desconto;
*dia 6 - Adjudicadas obras para novo aeroporto de Beja;
*dia 11 - TAP anúncia nova categoria de preços para fazer concorrência às low-cost;
*dia 16 - Carris obtém certificação de qualidade a mais 18 carreiras;*dia 17 - STCP lança "Porto Tram City Tour" para turistas;
*dia 19 - Autarquia de Chaves entrega concessão de transportes à Auto Viação Tâmega;
- É criado o "Lisboa By Night", que estabelece ligações às 4:30 da madrugada aos fins-de-semana e feriados;*dia 20 - STCP coloca em funcionamento serviço de "smsbus" para invisuais;
*dia 22 - Carris cria mais duas carreiras para o transporte de bicicletas;
*dia 26 - Governo dá luz verde para extensão do Metro até Gondomar;
*dia 27 - É experimentado projecto piloto de serviço de park&ride em dias de jogos de futebol em Lisboa.

Outubro
*dia 1 - Carris apresenta mob carsharing, um serviço de aluguer e partilha de viaturas;*dia 10 - Metro do Porto disponibiliza mais 3 parques de estacionamento no serviço park&ride;
*dia 18 - Metro do Porto em parceria com a Rádio Nova passa a disponibilizar informações sobre parques de estacionamento em directo;
*dia 27 - easyJet passa a ligar Lisboa ao Funchal com ligações diárias;
*dia 29 - "Transporlis" passa a estar disponivel nos quiosques multimédia da Área Metropolitana de Lisboa.

Novembro
*dia 1 - Transportes Urbanos de Braga passam a utilizar bilhética sem contacto;
*dia 2 - TAP congela 60 voos semanais devido ao preço dos combústiveis;
*dia 3 - AirBerlim inaugura ligações semanais entre S. Miguel e Nuremberga;
*dia 14 - Governo angolano extingue TAAG;
*dia 20 - Chega a Portugal o "Google Transit", serviço de pesquisa de horários e simulação de percursos de transportes públicos;
*dia 26 - Inaugurada as linhas Cacilhas/Corroios e Cacilhas/Universidade da Metro Sul do Tejo.

Dezembro
*dia 2 - Carris, Metro Lisboa, Transtejo e Soflusa passam a usar bilhete comum pré-carregado com montantes em dinheiro;
*dia 10 - SMTUC anúnciam intenção de adquirir novos troleicarros para Coimbra;
*dia 13 - Alitalia vendida a um grupo de empresários italianos por 10,05 mil milhões de euros;
*dia 14 - Introdução de novos comboios na Linha do Sado;
*dia 22 - Governo anúncia congelamento nO preço dos transportes públicos para 2009;
*dia 29 - Anúnciada certificação de qualidade no serviço de longo curso da CP.
- Pombal inicia os testes de novo serviço de transportes;
- Metro do Mondego e CP lançam concurso público internacional para aquisição de material circulante.

Metro do Porto com funcionamento continuo


Na noite de 31 de Dezembro para 1 de Janeiro, o Metro do Porto à semelhança de outros anos estará em funcionamento durante toda a noite do reveillon.
A excepção é a linha "E" com direcção ao Aeroporto.
Desta forma, a empresa assegura ligação entre as principais zonas habitacionais e os locais dos festejos.
Aos "fuliões" aconcelha-se a utilizarem os transportes públicos, e a comprarem atempadamente os títulos de transporte para evitar filas.

Metro do Mondego e CP lançam concurso para aquisição de material circulante

Metro do Mondego e CP lançam concurso para aquisição de material circulante.
Ao todo, as empresas pretendem receber 22 veículos modelo "tram-train" num investimento de cerca 60 milhões de euros.
Ao mesmo tempo, foi lançado um concurso para a modernização da linha de eléctrico ligeiro de superficie entre Serpins e Miranda do Corvo, que custará cerca de 33 milhões de euros.
Prevê-se, a data de 2011 para a entrada em funcionamento do Metro do Mondego.

Pombal experimenta serviço de autocarros

Os Transportes Urbanos de Pombal, “PomBus” entraram em período de testes, anunciou a respectiva Câmara Municipal. Segundo a autarquia, o novo sistema de transportes “está em período de testes em ambiente real, com vista ao acerto de tempos de percursos, para que se possam estabelecer horários que sejam fiáveis para os utentes deste serviço", convidando também toda a população a participar gratuitamente nos testes que estão a decorrer. O primeiro circuito a entrar em fase de testes é a linha Azul – Rota 1, que circula entre as localidades de Charneca e Vinagres.

in: www.transportesemrevista.com.pt/secção_passageiros de 30 Dez/08

30/12/2008

Carris vai alargar serviço "mob carsharing"

Em três meses de funcionamento, o Mob Carsharing já assinou 70 contratos, entre particulares e empresas. A Carris diz que o número está dentro da expectativa e que no primeiro semestre de 2009 abrirá mais parques
O Mob Carsharing, um serviço da Carris de aluguer de viaturas por curtos períodos de tempo, conta com 70 contratos assinados, quando se perfazem três meses desde o início do serviço, revelou ontem fonte da empresa. Segundo Carlos Miguel, director do departamento de Estudos da Carristur, - empresa participada da Carris que promove o Mob Carsharing - os contratos já assinados desde 1 de Outubro, quando arrancou este serviço, dividem-se entre particulares (30) e empresas (40).
Carlos Miguel acrescentou, contudo, que até ao final de Janeiro vão assinar mais 30 contratos com empresas - designados Mob Carsharing corporate - que estão já em fase de ultimação, perfazendo um total de 100 contratos entre individuais e empresas.
Num balanço do primeiro mês do Mob Carsharing, o gerente da Carristur, António Proença, disse à agência Lusa que o serviço já tinha 20 contratos assinados, mas estava no "bom caminho" para atingir os primeiros objectivos: 200 contratos até ao fim do ano.
O Mob Carsharing é, segundo a Carris e Carristur, um serviço que permite aos utilizadores pouparem até 4000 euros por ano caso percorram menos de 15.000 quilómetros. Cais do Sodré (uma viatura), Rua Alexandre Herculano (duas), Parque das Nações (duas), Campo de Ourique (uma), Saldanha (duas) e Campo Pequeno (duas) é onde estão parqueadas as viaturas do Mob Carsharing.
Carlos Miguel acrescentou que conta activar mais seis parques de estacionamento até final de Janeiro: um em Alcântara (Santo Amaro), Miraflores (Linda-a-Velha), Olivais (ao Instituto Superior de Engenharia de Lisboa), Estrada da Luz (junto às Torres de Lisboa), Avenida de Roma e Alto de Campolide-Amoreiras.
O acesso ao Mob Carsharing é feito através de inscrição no Clube Carsharing, mediante o pagamento de 55 euros de inscrição, e a reserva dos veículos pode ser efectuada 24 horas por dia através da Internet ou por telefone.
A ligação entre os transportes públicos e o Mob Carsharing é feita através do cartão Lisboa Viva, através do qual os utilizadores do serviço desbloqueiam as viaturas estacionadas nos parques.
O custo do serviço de Mob Carsharing é calculado em função do tempo (em horas) e dos quilómetros percorridos e implica também o pagamento de uma anuidade de 84 euros.
Ainda no primeiro trimestre de 2009, a empresa conta abrir mais sete parques para o Mob Carsharing no Bairro Alto, Lumiar, Olivais, Pateo Bagatella, Príncipe Real, Santos e Telheiras.

in: jn.sapo.pt secção "Lisboa" de 30 Dez/08

29/12/2008

CP obtém certificação em todos os serviços

A CP – Comboios de Portugal alcançou a certificação de qualidade, de acordo com a norma ISO 9001:2000, de todas as suas unidades de negócio. A última a ter o sistema de gestão da qualidade certificada pela APCER – Associação Portuguesa de Certificação foi a CP Longo Curso. O processo de implementação do sistema de gestão da qualidade na CP teve início em 2000 e a partir daí as várias unidades de negócio foram obtendo a respectiva certificação: CP Lisboa, CP Porto e os antigos orgãos Centrais, em 2002; CP Regional, CP Frota e CP Carga, em 2007; CP Serviços em 2008.

in: www.transportesemrevista.com/arquivo_passageiros de 29 de Dez/08

24/12/2008

Suspensão serviço nocturno


A Carris na noite de 24 para 25 de Dezembro irá suspender o serviço gratuito "Night Bus", o reforço das carreiras da madrugada, e o prolongamento do serviço do Ascensor da Glória a partir das 21h.
Por seu turno, a CP não realizará a habitual ligação às 4h30 das madrugadas dos feriados, nas linhas de Cascais, Sintra e Azambuja.
Na sexta-feira dia 26 de Dezembro, a Carris terá em vigor os horários de Sábado.

22/12/2008

Transportes públicos não aumentam


Pela primeira vez em 30 anos os transports públicos não vão aumentar.
Na base da decisão do governo, está a baixa do preço do petrólio que nos mercados de Londres e Nova Iorque se tem cotado a baixo dos 40 dólares.
A ANTROP, associação que representa o sector, tinha exigido um aumento dos passes sociais em linha com a inflacção que se previa na ordem dos 2,5%, entretanto, fixada perto dos 3%.
Os tarifários dos operadores de transportes são revistos semestralmente, todavia, os utentes têm sofrido aumentos sucessivos, que em muito se reflectiu com a escalada do preço do petrólio. Agora, com a descida dos carborantes, o governo alega que os utentes não podem ser afectados com um aumento do preços dos bilhetes, quando os operadores estão a beneficiar com a baixa dos combustiveis.

21/12/2008

Trabalhadore da STCP em greve no dia 22


Os trabalhadores da STCP iniciarão um periodo de greve entre as 0h00 do dia 22 de Dezembro, e as 2h00 do dia 23.
Todos os titulos monomodais da empresa são válidos nas respectivas zonas na rede do Metro, e no eixo Valongo/Campanhã/S. Bento, Travagem/Campanhã/S. Bento e no eixo Francelos/Campanhã/S. Bento da CP.
As linhas 10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM, ZR e ZM não sofre qualquer perturbação no serviço.

17/12/2008

Braga reclama mais verbas do Estado para os transportes

A modernização dos transportes públicos da cidade de Braga reclama pelo reforço de financiamento do Estado. A operadora municipal "TUB" sente-se "discriminada" relativamente à Carris (Lisboa) e os STCP (Porto).
Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) reclamam da Administração Central uma indemnização compensatória anual, que permita sustentar o tarifário especial do serviço de transporte público, a exemplo do que acontece com a Carris, em Lisboa, e os STCP, no Porto. No caso da empresa municipal bracarense - a exemplo de mais outras cinco (Coimbra, Aveiro, Bragança, Barreiro e Portalegre), o apoio directo à exploração dos TUB limita-se à indemnização compensatória atribuída, anualmente, pela Câmara Municipal de Braga, que, este ano, se cifrou em 3,3 milhões de euros.
O administrador-delegado dos TUB, Vítor Sousa, fala em "discriminação" do Governo, advogando a ideia de que "sem o apoio da Câmara de Braga seria impensável implementar o tarifário social aos utentes dos transportes públicos". "Não faz sentido que um Estado tenha formas de comportamento diferentes relativamente à componente de serviço público, pois as empresas municipais suportam prejuízos de exploração das suas redes de transporte urbano", disse aquele responsável, numa alusão à necessidade de renovação da frota.
De resto, neste capítulo, os TUB apenas auferem um apoio estatal ao investimento, através de verba inscrita pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT) em PIDDAC. Este ano, no âmbito de um acordo de colaboração técnico-financeira, a dotação é de 900 mil euros, para um investimento global dos TUB na ordem dos 1,3 milhões de euros.
Contudo, Vítor Sousa considera tratar-se de um "apoio residual" quando comparado com as verbas atribuídas pela Administração Central à Carris e aos STCP. Neste contexto, defende uma nova política de apoio às operadoras municipais de transportes públicos, através, em sua opinião, "do aumento de verbas anualmente inscritas em PIDDAC", ou, em alternativa, por "indemnizações compensatórias atribuídas pelo Governo".
Aliás, um recente estudo realizado pelas seis operadoras municipais de transportes urbanos (Braga, Coimbra, Aveiro, Bragança, Barreiro e Portalegre) concluiu pela necessidade de receberem do Estado 6,6 milhões de euros de indemnizações compensatórias, cuja verba seria distribuída em função de um rácio relacionada com a dimensão de cada empresa.
Nos últimos anos, os TUB tem fomentado uma política de renovação da sua frota, com a aquisição de quatro viaturas por ano. Actualmente, apresenta 55 viaturas renovadas - alimentadas a gás natural ou a biodiesel - num universo de 118 veículos operacionais.
Para 2009, os TUB pretendem avançar com a renovação da sua frota de viaturas, propondo, a exemplo de anos anteriores, adquirir mais quatro novos veículos, num investimento global de 600 mil euros, co-financiado pelo IMTT em 514 mil euros. Está, também, em curso a introdução de equipamentos de bilhética, cujo investimento ascende a 775 mil euros. "É um esforço adicional dos TUB, atendendo às suas limitações financeiras, no sentido de melhorar a qualidade e segurança dos transportes públicos da cidade", rematou.

in: jn.sapo.pt secção "Braga" de 17 Dez/08

Ministro promete prazos mais curtos para o metro

O Governo prometeu, esta terça-feira, antecipar a execução da segunda fase do metro, assumindo, desde logo, o compromisso de encurtar os prazos para as ligações ao centro de Gondomar e a Vila d´Este. Aos autarcas, pediu sentido de responsabilidade.
No lançamento da empreitada de construção da primeira linha de Gondomar, que ligará o Dragão a Cabanas, pela Venda Nova, dentro de ano e meio, o ministro das Obras Públicas garantiu haver "margem de manobra" para antecipar as linhas em falta. "Que fique claro que o Governo está aberto a melhorar os prazos de execução", destacou Mário Lino, passando o ónus para os autarcas que ainda não deram o seu aval ao último calendário apresentado.
Na sua intervenção, o ministro respondeu positivamente ao desafio feito, minutos antes, pelo presidente da Câmara de Gondomar, que reclamou que a ligação ao concelho, via Valbom, "seja antecipada em três ou quatro anos, no mínimo". "A sua preocupação em antecipar a data de 2018 é bem recebida", respondeu Mário Lino, prometendo "todo o empenho para ir de encontro ao que defendeu". "Porque é também o que defendemos", assegurou.
Valentim deixou claro que a opção do Governo "faz atrasar a obra para S. Cosme, que já estaria nesta adjudicação se avançasse a linha prevista". A outra alternativa, recorde-se, passava por prolongar a linha da Venda Nova, em Rio Tinto, até à sede do concelho.
Ao seu sucessor na liderança da Metro, Ricardo Fonseca, Valentim Loureiro pediu que "ande para a frente com os estudos porque os gondomarenses de S. Cosme não admitem, após as expectativas criadas, ficar para trás".
Já no que toca a Vila Nova de Gaia, foi a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, quem falou da "possibilidade efectiva da antecipação da ligação a Vila d'Este em função da data de abertura das futuras instalações do Hospital Gaia/Espinho" (2013, em vez de 2022).
Segundo o ministro, a antecipação do plano é uma questão de tempo e dinheiro e recordou, a propósito, que "o Governo assegurou o financiamento do projecto". Admitindo os atrasos na expansão da rede, Mário Lino considerou que o prazo de 14 anos para concluir o plano constitui "um grande desafio para o Governo, mas também para os autarcas". "Isto tem de ser feito em articulação entre Governo e autarcas. Apelo para o sentido de responsabilidade de todos os envolvidos nesta matéria", destacou.
Por sua vez, Ricardo Fonseca ressalvou que o "grau de exigência" que se coloca ao nível dos projectos e estudos de impacte ambiental "nem sempre é compatível com o desejado encurtamento de prazos". Mas concordou que a "colaboração das autarquias" é "determinante para o cumprimento de prazos estabelecidos".
Mais à frente no seu discurso, Mário Lino deixou outros recados. Garantindo que as promessas não são "só paleio", Mário Lino disse que "não vale a pena levantar questões que não existem, fantasmas e obstáculos para não se avançar com o projecto". Nem "colocar paus na engrenagem" para "travar o investimento público" que diz ser fundamental para combater a crise. Além disso, o ministro respondeu aos que afirmam que "só se deve fazer projectos que não recorram ao endividamento". "Assim, não se faria o metro do Porto", garante.
(...)

in: jn.sapo.pt secção "Porto" de 17 Dez/08

16/12/2008

Consórcio Somague/Soares da Costa/Mota Engil/Monte Adriano/Efacec vence linha de Gondomar

O Consórcio Somague/Soares da Costa/Mota Engil/Monte Adriano/Efacec irá construir os primeiros 7 km's da segunda fase do Metro do Porto.
Trata-se das 10 novas estações da linha de Gondomar entre o Estádio do Dragão e a Venda Nova em Gondomar.
O consórcio ganhou esta adjudicação por 97,5 milhões de euros tendo um prazo de execução de 560 dias.
As estações construídas no concelho de Gondomar, terão todas elas um parque de estacionamento com capacidade média para 100 lugares.

As estações a construir serão as seguintes:

-Contumil - Nazoni - São João de Deus - Parque Nascente - Rio Tinto - Lourinha - Paço - Carreira - Venda Nova - Venda Nova B

14/12/2008

Linha do Sado inaugura novos comboios

A Linha do Sado que compreende as ligações entre o Barreiro, Setúbal, e Pinhal Novo recebe hoje as novas composições, dotadas de alimentação eléctrica, video-vigilância, informação sonora sobre as estações seguintes, e ar condicionado.
Esta é ma verdadeira revolução nesta ligação, as composições eléctricas substituem as unidades movidas a diesel, que para além de serem amigas do ambiente, a modernidade introduzida com as novas composições permitem reduzir o tempo de viagem para os cerca de doze mil utilizadores desta linha.
As ligações entre o Barreio e Setúbal que antes demorava cerca de 58 minutos, agora passa a durar 38 minutos.
Cada comboio tem capacidade para 648 pessoas e a frequência nas horas de ponta será de 30 minutos, e de 60 minutos nos restantes horários.

13/12/2008

Alitalia vendida por 10,05 mil milhões

A Alitalia foi vendida à CAI (Companhia Aérea Italiana), uma sociedade constituida por um grupo de empresários italianos, por cerca de 10,05 biliões de euros.
O acordo prevê a cedência de todos os bens da companhia para a nova sociedade, e os contractos referentes às actividade de voo.
«A partir de hoje a CAI é proprietária da Alitalia», afirmou Augusto Fantozzi presidente da sociedade.
Os investimentos nos próximos anos rondarão os 4,2 mil milhões de euros, que compreende o aumento da frota para os voos em rotas europeias e intercontinentais, e estruturas de logistica. Serão cerca de 670 voos diários, ou seja, cerca de 4700 frequências semanais.
A partir de 13 de Janeiro de 2009, toda a estrutura da AirOne será integrada na nova Alitalia.

10/12/2008

Novos troleicarros para Coimbra

Actualmente circulam dezassete, com uma idade média de vinte e quatro anos, mas os Serviços Municipalizado de Transportes de Coimbra (SMTUC) querem inverter a situação e adquirir novas unidades.
Por agora, foi lançado um concurso público internacional para a aquisição de uma nova unidade, mas a ideia segundo o administrador-executivo da empresa Manuel de Oliveira, é adquirir dois por ano.
Os novos veículos terão piso rebaixado para acesso a pessoas com mobilidade reduzida, e um motor auxiliar que permite que o veículo mantenha alguma autonomia em caso de falta de energia eléctrica.

05/12/2008

Comissão Europeia pede mais direitos para os passageiros

São, por enquanto, apenas propostas da Comissão Europeia (CE), mas podem vir a transformar-se, no futuro, em boas notícias para quem anda de autocarro ou de barco. É que a CE pretende ver aumentado o direito dos passageiros, por exemplo, a mais informação e ainda a indemnizações em caso de interrupção da viagem.
Desta forma, garantiu Antonio Tajani, vice-presidente da Comissão Europeia e responsável pelos transportes, os passageiros passam a ter todos os mesmos direitos, independentemente do tipo de transporte que utilizam.

Indemnização à vista

As novidades começam no caso de interrupção ou cancelamento de uma viagem. Para além da informação que deverá ser prestada aos passageiros, as propostas prevêem ainda que as empresas sejam obrigadas a dar assistência adequada, assim como providenciar serviços alternativos. E os não cumpridores serão castigados com a obrigatoriedade do pagamento de uma indemnização calculada com base no preço do bilhete.
Diminuir as dificuldades dos passageiros com mobilidade reduzida é outro dos grandes objectivos. A CE quer acabar com a discriminação dos que são, todos os dias, impedidos, por força da falta de acessos, de andar nos autocarro ou transportes fluviais e marítimos. E, para isso, quer que, no momento da reserva de uma viagem ou na hora do embarque, seja concedida assistência gratuita, se o passageiro a pedir antecipadamente.
A esta pretensão junta-se outra: a de que o pessoal das empresas e dos terminais rodoviários ou portuários tenha conhecimentos adequados à assistência a pes-soas com deficiência.

Regras para cumprir

Para fazer cumprir as regras, os países da UE terão de instituir organismos de execução. Ou seja, se um passageiro de autocarro ou navio considerar que os seus direitos não foram respeitados, pode sempre reclamar junto da empresa.
Mas se não ficar satisfeito com a resposta, há sempre a possibilidade de apresentar uma reclamação junto do organismo nacional de execução designado pelo país em causa.

in: www.destak.pt de 5 Dez/08

02/12/2008

Revolução na bilhética em Lisboa


A partir de hoje, a Carris, o metropolitano, a Transtejo e a Soflusa iniciam um projecto de bilhética comum, que permitem aos seus utentes usarem um único cartão nas quatro empresas, em vez de um bilhete por cada uma das transportadoras.
São dezassete os títulos que desaparecem, passando a existir apenas três. Através do "7 Colinas", "Viva Viagens" e "Lisboa Viva", os utentes dos transportes públicos da capital podem fazer "Zapping" entre as diferentes operadoras usando um só cartão recarregável em dinheiro, que é descontado sempre que o utente embarca numa das referidas empresas.
Sempre que o bilhete é validado, aparece no visor do validador o saldo do cartão. Se o utilizador usar dois transportes no prazo de uma, ou duas horas consoante o número de zonas, tem um desconto na segunda viagem de cinco por cento.
A partir de agora, também o "Lisboa Viva" pode ser usado como assinatura e bilhete ocasional em simultâneo.
A breve prazo, também a CP aderirá ao sistema nas linhas de Sintra, Azambuja e Cascais.
A médio prazo, os restantes operadores da região de Lisboa permitirão o uso de um bilhete multimodal nos seus serviços.

CP oferece viagens a pessoas com necessidades especiais

A CP celebra o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (3 de Dezembro), oferecendo viagens gratuitas em toda a rede a pessoas com necessidades especiais, e aos respectivos acompanhantes. Para isso, é obrigatória a apresentação da Certidão Multiusos, do cartão de Deficiente ou do Cartão de Deficiente das Forças Armadas.

Trabalhadores da STCP em greve

A partir das 8h. de amanhã os trabalhadores da STCP iniciarão um periode de greve que se prolongará até ao inicio da tarde.
Esta paragem provocará alguns inconvenientes sobretudo, nas primeiras horas da manhã, pelo que os títulos monomodais da STCP serão aceites na rede do Metro e nas zonas entre Coimbrões e Valongo da rede da CP.
As linhas 55, 69, 70, 94, ZR e ZM não sofrem perturbações no serviço.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search