31/12/2009

O ano 2009 em revista


Janeiro

-dia 12: CP abre concurso público internacional para aquisição de 74 composições destinadas a circular no serviço regional, Linha de Cascais e reforço do serviço urbano do Grande Porto;
-no mesmo dia A Aerovip inicia novas ligações Bragança/Vila Real/Lisboa.

Maio

-dia 1: Carris alarga serviço a passageiros com mobilidade reduzida em algumas das suas carreiras;
-25: CP dá 25% de desconto para bilhetes adquiridos on-line com pelo menos oito dias de antecedência.

Junho

-dia 1: Mortágua lança rede de transportes públicos;
-23: Primeiro-Ministro anuncia no Parlamento alargamento do passe com 50% de desconto para estudantes até aos vinte e três anos.

Julho

-dia 11: easyJet inaugura ligação Paris/Faro;
-22: STCP apresenta “Porto Vip Passaport”: um bilhete que combina uso de transportes públicos e entrada em museus, Caves do Vinho do Porto, e locais de interesse turístico com desconto;
-23: Myair, operadora low-cost italiana proibida de voar;
-29: Tribunal Central Administrativo do Norte decreta suspensão das linhas STCP que ligam Santo Ovídeo a Vila d’Este.

Agosto

-dia 1: Carris alarga às carreiras 21 e 31 o transporte gratuito de bicicletas;
-15: eléctrico de Sintra volta aos carris dois anos depois ligando o centro histórico à Praia das Maçãs;
-29: Metro de Lisboa abre ao público as estações Saldanha II e S. Sebastião II na extensão da linha vermelha;
-31: Carris cria a carreira 780 (expresso) que liga Benfica ao Saldanha.

Setembro

dia 1: Entra em vigor passe com 50% de desconto para estudantes até aos vinte e três anos;
-3: Ryanair inaugura primeira base aérea em Portugal, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, com a promessa de criação de 15 novas rotas a curto prazo;
-7: Reactivação da Linha das Vendas Novas;
-9: Inaugurado Metro do Dubai. Setenta quilómetros divididos por duas linhas uma das quais com condução sem maquinista (sistema “driver less”);
-10: Reactivação da Linha de Leixões;
-17: Na comemoração dos 137 da Carris, a empresa inaugurou duas novas lojas de atendimento ao público em Arco Cego e Sto. Amaro.

Outubro

-dia 26: Inaugura a primeira rota doméstica da Ryanair em Portugal entre o Porto e Faro;
-27: Carris lança movimento “Menos um Carro”.

Novembro

-dia 2: easyJet inaugura ligação entre Lisboa e Roma Fiumicino, e Porto-Londres (Gatwick);
-10: Assembleia Legislativa dos Açores aprova novo método de cálculo na compensação em ligações aéreas entre o Arquipélago e o Continente para estudantes e residentes;
-12: Metro de Lisboa dá inicio a um novo método de informação com o cliente através de tecnologia bluetooth em testes na linha amarela da estação Marquês de Pombal;
-no mesmo dia a Carris lança o projecto “Ler entre Linhas” com a distribuição gratuita de livros de bolso nos autocarros e eléctricos da empresa.

Dezembro

-dia 3: Metro do Porto lança projecto inovador a nível mundial segundo o qual, cegos e amblíopes através de uma aplicação móvel podem-se guiar pelas estações do metropolitano, incluindo máquinas de compra e validação de bilhetes;
-15: Metro de Barcelona inaugura nova linha com sistema “driver less”;
-16: Ryanair inaugura base aérea em Faro.

Metro do Porto com serviço contínuo


À semelhança de outros anos o Metro do Porto oferece um serviço contínuo na noite de passagem de ano.
Numa operação non stopnas linhas "A", "B", "C" e "D" entre as 6:00h do dia 31 e a 1:00h do dia 2 de Janeiro, o Metro do Porto apresenta-se como a melhor alternativa de transporte na noite de passagem de ano.
As linhas "A" e "D" têm uma frequência de 10 minutos, as linhas "B" e "C" uma frequência de 30 minutos na passagem de ano.
A partir das 2:00h as linhas "A" e "D" têm uma frequência de passagem de 15 minutos, e as linhas "B" e "C" uma passagem a cada 60 minutos.

Reforço de carreiras na passagem de ano

Na noite de passagem de ano a Carris irá reforçar as carreiras nocturnas e serviço "NightBus". Assim, na carreira 201 reforço de serviço nas ligações entre Belém e C. Sodré;
-Na carreira 204, com reforço de serviço nas ligações entre Belém e Campo Grande;
-Nas carreiras 208 e 210, com reforço das ligações a partir do Cais do Sodré com destino ao Oriente;
-Na carreira 205, com reforço das ligações a partir do Cais do Sodré com destino às Portas de Benfica;
-Na carreira 36, com reforço das ligações a partir do Cais do Sodré com destino a Odivelas .
(in: carris.pt/pt/noticias)
-------------------------------------------------------------------------------------
Em Braga os Transportes Urbanos da cidade (TUB) na sexta-feira dia 31 mantêm os horários de um dia normal embora, o serviço seja interrompido a partir das 19h.
Já nos dia 1 de Janeiro, o serviço é retomado às 9h, havendo contudo, algumas excepções em que o serviço será retomado mais cedo: Pr.ª Conde de Agrolongo / Padim da Graça 07H30 •Pr.ª Conde de Agrolongo / Arentim 07H30 •Av.ª da Liberdade / Lageosa / Pedralva 07H40 •Av.ª Visconde Nespereira / Panoias 08H10 •Av.ª Central / Cabreiros 08H35 •Av.ª Liberdade / Boavista 08H55 •Av.ª Gen. Norton de Matos / Ponte do Bico 08H55 •St.ª Tecla / Semelhe / Gondizalves 08H55.
in: tub.pt
-------------------------------------------------------------------------------------
Em Coimbra os autocarros irão recolher até às 23h do dia 31 com as seguintes excepções: 2T-2A / Manutenção (20h10 / 21h30)
2F / Manutenção (20h45 / 20h45)
4 / Estação Nova (20h50 / 21h25)
5T / Pedrulha (20h55 / 21h25)
6 / Hospitais U.C. - até à Beira Rio (21h15 / 22h25)
6 / Cimo de Fala - até ao P. da Justiça (21h10 / 21h50)
7 / Arnado (20h34 / 22h05)
7T / Palácio da Justiça (20h25 / 22h25)
9 / Estádio (20h15 / - )
10 / Parque (19h50 / 20h50)
14T / Beira Rio (20h35 / 21h40)
16 / Manutenção (17h35 / 17h35)
16G / Manutenção (19h30 / - )
19T / Praça da República (20h30 / 20h30)
21 / Beira Rio (20h20 / 20h20)
22 / Portagem (20h05 / 20h45)
24T / Palácio da Justiça (20h40 / 22h25)
26 / Praça da República (20h10 / 21h45)
27 / Praça da República (20h10 / 21h00)
in: smtuc.pt
-------------------------------------------------------------------------------------
No Porto e concelhos adjacentes haverão horários especiais de Natal excepto nas linhas 64, 68, 504, 706, 707, ZA, ZF, ZL, ZM e ZR.

30/12/2009

Táxis sem aumentos em 2010


O preço da bandeirada de táxi, e o valor por quilómetro mantem-se inalterado em 2010.
O serviço urbano diurno mantém a bandeirada em dois euros, e o valor por quilómetro em 0.45€ enquanto, o preço por cada hora de espera se mantém nos 13.35€.
Os preços em vigor foram fixados em 15 de Julho de 2008.

SET critica Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa

O secretário de Estado dos Transportes (SET), Carlos Correia da Fonseca, surpreendeu tudo e todos durante a cerimónia comemorativa dos 50 anos do Metropolitano de Lisboa, ao criticar publicamente o Plano de Expansão do Metro, definido e aprovado pelo Governo anterior.
Durante o seu discurso, Correia da Fonseca referiu que «parece-me importante rever o Plano de Investimentos da empresa, privilegiando a densificação da rede no centro da cidade e as soluções de articulação entre modos de transporte. Sem esquecer, é claro, a coroa suburbana, para a qual os autocarros ou os metros de superfície deverão constituir resposta adequada». Ao que tudo indica, o responsável estaria a referir-se ao plano de expansão do metropolitano, apresentado em Setembro passado e que inclui extensões a áreas e concelhos na zona suburbana de Lisboa, como Amadora, Odivelas e Loures. Perante uma plateia de personalidades do sector, que incluía uma visivelmente incomodada Ana Paula Vitorino, o actual SET disse ainda que «observando os diagramas de carga da rede compreende-se que, enquanto o nó central da cidade tem um forte volume de procura, à medida que caminhamos para a periferia cada estação vai registando um volume decrescente de passageiros. Ou seja, existe uma utilidade marginal do investimento que é decrescente à medida que nos vamos afastando do centro, e esta é matéria que exige séria reflexão». Carlos Correia da Fonseca, abordou ainda a situação financeira do Metro, classificando-a como «preocupante» acrescentando que neste aspecto não se diferencia muito dos restantes operadores públicos de transporte «mas exigindo rápidas medidas de saneamento, e isto num quadro em que a disponibilidade de recursos do Orçamento de Estado é escassa».

in: www.transportesemrevista.com de 30 Dez/09

Metro deve crescer no centro da cidade

No dia em que se comemoraram 50 anos do Metro de Lisboa, o secretário de Estado dos Transportes, Carlos Correia Fonseca, defendeu o alargamento da rede dentro da cidade em detrimento da expansão para a periferia.

Num discurso integrado na sessão comemorativa do 50.º aniversário da exploração do Metro de Lisboa, o Secretário de Estado dos Transportes alertou que "que o futuro do Metro tem de ser repensado". Carlos Correia da Fonseca considerou ainda que "a situação financeira do Metro é preocupante".

Na sua intervenção no auditório da estação de Alto dos Moinhos, em Lisboa, o governante começou por referir que perante os diagramas de carga da rede "compreende-se que enquanto o nó central da cidade tem um forte volume de procura, à medida que caminhamos para a periferia cada estação vai registando um volume decrescente de passageiros".

Como tal, disse que se afigura importante "rever o plano de investimentos da empresa, privilegiando a densificação da rede no centro da cidade e as soluções de articulação entre modos de transporte, sem esquecer, é claro, a coroa suburbana, para a qual os autocarros ou os metros de superfície deverão constituir resposta adequada".

O secretário de Estado dos Transportes frisou também que deve ser encontrada "uma boa articulação do sistema de transportes com a política de criação e gestão de parques de estacionamento periféricos", citando esta medida como apenas um exemplo que "deverá traduzir-se num passo importante para diminuir o flagelo da entrada diária de mais de 400 mil carros em Lisboa".

"Será importante oferecer um sistema de transporte público que seja dissuasor da utilização do automóvel", prosseguiu, referindo que tal "só será possível se o cidadão tiver uma oferta de estacionamento e de transporte público que ele sinta como sendo competitivo em relação ao uso exclusivo do automóvel".

Carlos Correia da Fonseca lembrou que o metropolitano "assegura um transporte rápido, seguro, cómodo e inclusivo, já que os seus preços não são tão altos que excluam a população de menores recursos" e que "o Metro tem uma vocação própria". Neste sentido, "ele deverá ser, cada vez mais, a espinha dorsal do sistema de mobilidade urbana em especial para os maiores percursos" e, como tal, "a articulação com os modos de superfície é fundamental, devendo estes, antes de tudo, garantir a alimentação do primeiro". Elogiou, todavia, o Metro de Lisboa porque "ajudou a estruturar a cidade" e deu "um contributo determinante para uma mobilidade mais sustentável do ponto de vista energético e ambiental".

in: jn.sapo.pt secção "Lisboa" de 30 Dez/09

26/12/2009

Carris lidera ranking Euronatura no sector dos transportes


Um estudo que envolveu 55 empresas do sector dos transportes, energia e finanças, a Carris foi a mais bem colocada no combate às alterações climáticas no sector dos transportes.
Para análise do estudo, a Carris foi avaliada em aspectos como aquisição, manutenção e condução de veículos e ainda, gestão, e exploração de tráfego.

24/12/2009

Os aeroportos da Madeira vão introduzir medidas para controlar a Gripe A

Metro de Lisboa oferece almoço aos Sem-Abrigo

O Metropolitano de Lisboa irá oferecer o almoço e transporte a cerca de 200 Sem-Abrigo das zonas de Santa Apolónia, Gare do Oriente, Terreiro do Paço e S. Jorge de Arroios. A iniciativa decorre no dia 26 de Dezembro, no refeitório do Parque de Material e Oficinas (PMO) da Pontinha, e enquadra-se dentro das políticas e acções de Responsabilidade Social da empresa. O Metropolitano de Lisboa revelou que o almoço “tem como objectivo reunir os Sem-Abrigo proporcionando-lhes uma refeição quente no refeitório da comunidade de trabalho desta Empresa, num ambiente acolhedor e humano, tendo em conta a época natalícia na qual nos encontramos”.

in: www.transportesemrevista.com de 24 Dez/09

22/12/2009

Serviço Especial de Natal

(...)
Na véspera e no Dia de Natal, a procura das cinco linhas da rede regista um natural decréscimo. Assim, a partir das 19H00 de dia 24 de Dezembro, a Linha Vermelha (B) adopta um horário semelhante ao disponibilizado aos domingos (o serviço Expresso tem um última partida da Estação da Trindade às 19H02 e uma última viagem com saída da Póvoa de Varzim às 19H11). O mesmo sucede na Linha Verde (C). Na Linha Violeta (E), a frequência reduz-se para 30 minutos (em vez dos habituais 20). No dia 25 de Dezembro, as linhas Vermelha, Verde e Violeta (neste caso, após as 13H00) voltam a praticar o horário de Domingo. As linhas Azul (A) e Amarela (D) mantêm o serviço habitual. No sábado, 26 de Dezembro (tal como a 2 de Janeiro), todas linhas terão horários e frequências de Domingo.
(...)

in: www.metrodoporto.pt de 21 Dez/09

21/12/2009

Transportes públicos sem aumentos em Janeiro


Um acordo entre o governo e a ANTROP (Associação Nacional dos Tranportadores Rodoviários de Passageiros) permite que a partir de Janeiro de 2010 não haja aumentos nos transportes públicos que efectuem serviço até aos cinquenta quilómetros. O acordo permite contudo, que se faça uma actualização em Julho caso haja variação significativa nos preços dos combustíveis.
O acordo entre Governo e ANTROP vem de 2005 e permite, que se façam actualizações tarifárias trimestrais de acordo com o preço dos carburantes.
A estabilização do preço dos combustíveis e, a crise económica das familias esteve na origem do congelamento da actualização tarifária.
Porém, em Aveiro a Câmara Municipal que gere a rede de transportes da cidade, aprovou um aumento das tarifas em 5% já a partir de 1 de Janeiro de 2010.

20/12/2009

Transportes com horários especiais de Natal


A STCP vai disponibilizar horários especiais de Natal a partir de dia 21 até ao próximo dia 31 sendo que, neste período os horários disponibilizados nas paragens não vigoram, excepto nas linhas 61, 64, 68, 70, 504, 701, 706, 707, 803, ZA, ZF, ZH, ZL, ZM, ZR e eléctricos.
No dia da consoada, os autocarros recolhem todos a partir das 21h. Tanto neste dia, como no dia 31 vigoram horários diferentes, excepto nas linhas 64, 68, 504, 706, 707, ZA, ZF, ZL, ZM, e ZR.


Os Transportes Urbanos de Braga por seu turno, irão disponibilizar autocarros até às 19h. do dia 24, retomando o serviço às 9h00 do dia 25, salvo algumas exepções: •Prç.ª Conde de Agrolongo / Padim da Graça 07H30 •Prç.ª Conde de Agrolongo / Arentim 07H30 •Av.ª Visconde Nespereira / Panoias 08H10 •Av.ª Central / Cabreiros 08H35 •Av.ª Liberdade / Boavista 08H55 •Av.ª Gen. Norton de Matos / Ponte do Bico 08H55 •St.ª Tecla / Semelhe / Gondizalves 08H55 (in: tub.pt)


Em Coimbra nos dias 24 e 31 de Dezembro, o serviço dos SMTUC é interrompido mais cedo. De 26 de Dezembro a 2 de Janeiro vigoram os horários de Domingo e feriados.


A Carris em Lisboa, na noite de 24 para 25, e de 25 para 26 não efectua serviço da carreira "nightbus", carreiras da rede da madrugada, e viagens nos Ascensor da Glória após as 21h.

18/12/2009

Fecho de pontos de venda Carris e STCP

A Carris vai encerrar a partir de hoje e de forma definitiva, o ponto de venda de Algés. Em alternativa, os utentes podem dirigir-se às estações de correios e agentes payshop.
No Porto por seu turno, a STCP vai encerrar definitivamente o posto de atendimento de 24 de Agosto a partir de 25 de Dezembro sendo que, em alternativa os utentes têm as estações de correios, agentes payshop, lojas ANDANTE, posto atendimento na loja do cidadão, e centro da mobilidade na estação de S. Bento e General Torres.
Tanto em Lisboa como no Porto, os demais postos de atendimento da Carris e da STCP respectivamente, continuam a funcionar.

17/12/2009

Greve dos trabalhadores da STCP afecta serviço







A greve que hoje está a ser realizada por alguns trabalhadores da STCP, está a causar algumas perturbações no serviço.
Muitos autocarros hoje não circulam, e as filas nas paragens são enormes.
Infelizmente, o serviço "SMSBUS" que informa mediante mensagem escrita sobre o tempo previsto para a chegada dos autocarros a uma determinada paragem, tem consecutivamente falhado ao informar que dado autocarro passa a "X" horas quando afinal, não passa.
Por mais de uma vez, o serviço "SMSBUS" informou que dado autocarro chegaria dentro de 5, 8, ou 10 minutos e não passou, chegando alguns passageiros a estarem mais de uma hora à espera por um autocarro que chegava sobrelotado.
Sendo que, a informação deste serviço é baseada na posição do veículo via satélite, não se percebe a falha.

J.A.

Trabalhadores STCP manifestam-se em Lisboa contra "horários excessivos"

16/12/2009

Ryanair inaugura base aérea em Faro


Três meses após a inauguração da primeira base aérea em Portugal, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a Ryanair inaugurou hoje a base aérea em Faro, a segunda da companhia em território nacional.
Com a presença do presidente executivo da Ryanair Michael O’Leary na cerimónia, ficou a promessa da criação de novas rotas para o Aeroporto de Faro.
Este aeroporto poderá ainda, embora não seja um dado adquirido, receber um dos trinta novos aviões da companhia.

15/12/2009

Aeroporto de Beja ainda sem interessados

A infraestrutura foi feita a pensar nas companhias aéreas low-cost, mas nenhuma declarou estar interessada em voar para a capital do Baixo Alentejo.

A Easyjet, que já voa para Lisboa e para o Porto, não está interessada em voar para Beja, já que os «esses dois aeroportos cobrem no presente as necessidades» do modelo de negócio da empresa, disse à TSF o porta-voz da empresa, Miguel Lambertini.

Por seu lado, a Ryanair está aberta a sugestões do aeroporto, afirmou o porta-voz, Daniel Carvalho. Ainda assim, aquele responsável frisou que a infraestrutura enfrenta uma concorrência de mais de cem aeroportos europeus que querem receber os aviões da Ryanair.

Uma fonte da empresa de desenvolvimento do aeroporto de Beja disse à TSF que as obras estão praticamente concluídas. Segue-se agora a passagem formal da infraestrutura para a ANA, a empresa que gere os aeroportos nacionais e que está já a avançar com a certificação fundamental para o início da actividade.

As obras do aeroporto de Beja, que exigiram um investimento de 33 milhões de euros, começaram em 2007, sendo o final de 2008 a data inicialmente prevista para a conclusão da infraestrutura.

(...)

in: tsf.sapo.pt secção "Economia" de 15 Dez/09

Metro de Barcelona inaugurou nova linha automática

No passado domingo, teve lugar a abertura da mais recente linha de metropolitano da cidade de Barcelona, a Linha 9. Esta é uma linha totalmente automática e sem condutor, uma vez que a circulação das carruagens, assim como a abertura e fecho de portas, é realizada no centro de comando e controlo do Metro de Barcelona. A linha tem uma extensão total de 4 quilómetros e liga as estações de Can Peixauet e Can Zam, nos subúrbios da cidade condal. Apesar de existirem várias linhas automáticas sem condutor em toda a Europa, a Linha 9 passou a ser a mais extensa no Velho Continente. Recorde-se que o Metropolitano de Lisboa também está a estudar a hipótese de introduzir na sua rede uma linha “driverless”, um projecto que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito da UITP. Actualmente, a linha vermelha do Metro já está esquipada com um sistema de condução automática, no entanto o sistema só funciona integralmente em composições com três carruagens.

in: www.transportesemrevista.com de 15 Dez/09

14/12/2009

easyJet lança novas rotas


Em 2010 a easyJet, companhia britânica de baixo custo, vai introduzir 36 novas rotas em toda a Europa.
Em Portugal a companhia vai introduzir três novas rotas. Assim, a 12 de Fevereiro é inaugurada a ligação entre o Porto e Milão (Malpensa), a 19 de Abril vai ser inaugurada a rota Faro-Doncaster (Inglaterra), e a 4 de Maio Lisboa vai ligar a Edimburgo na Escócia.
As novas rotas já podem ser reservadas através do site da companhia.

13/12/2009

Trabalhadores dos SMTUC em greve


Os trabalhadores dos Transportes Urbanos de Coimbra afectos ao Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local poderão vir decretar períodos de greve para o período compreendido entre os dias 13 e 20 de Dezembro. Assim, o serviço prestado pelos Transportes Urbanos de Coimbra podem vir a sofrer algumas perturbações no decorrer desta semana.

12/12/2009

CP com novos horários


A partir de amanhã 13 de Dezembro, os serviços nacionais, regionais e urbanos da CP têm novos horários.
A empresa coloca à disposição dos seus clientes a linha de apoio (808 208 208) para a obtenção de esclarecimentos.
Para conhecer os novos horários clique no título da postagem.

08/12/2009

Vai ser possivel comprar bilhete da CP através do telemóvel


Comprar bilhete através do telemóvel vai ser uma realidade na CP em 2010.
O anúncio foi dado pelo presidente da empresa Cardoso dos Reis, que garante já estarem a ser testadas soluções de bilhética através do telemóvel, que permitirá substituir os bilhetes magnéticos, consultar horários, e preços dos serviços oferecidos pela empresa.
Segundo Cardoso dos Reis, com esta aplicação toda a informação colocada on-line estará simultaneamente disponível no telemóvel.

05/12/2009

Carris lança campanha “Valide Sempre!”


Desde o passado dia 3 que a Carris tem em vigor uma campanha de sensibilização para a validação do título de transporte.
A campanha conta com cartazes e autocolantes colocados no interior e nas portas dos autocarros, e post-its colados nos vidros.
A empresa pretende deste modo diminuir as situações de fraude, e informar os seus clientes sobre os títulos de transporte adequados a cada caso, bem como locais disponíveis para a aquisição dos referidos títulos.
E já sabe: para não incorrer em fraude valide sempre o seu título de transporte, e viaje tranquilamente!

Trabalhadores da STCP em greve


Desde as 0:00h de hoje, e até às 2:00h do dia 4 de Janeiro de 2010, trabalhadores afectos a dois dos sindicatos representativos dos trabalhadores da STCP poderão vir a decretar períodos de greve.
Em causa está o acordo geral da empresa com os sindicatos representativos dos trabalhadores relativamente aos vencimentos das horas extraordinárias, que segundo estes não está a ser cumprido por parte da administração da empresa.
Ainda este mês os sindicatos esperam vir a ser recebidos em Lisboa pela Secretaria de Estado dos Transportes.
Contudo, sobre proposta da STCP o Tribunal Administrativo do Porto decretou serviços mínimos de forma a minimizar eventuais impactos negativos possam ter junto dos utentes.
As linhas operadas por operadores privados ao serviço da STCP (10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM, ZR e 7M) não sofrem qualquer perturbação.
Nos períodos de greve os utentes com títulos monomodais podem usá-los gratuitamente no Metro e CP dentro das zonas para o qual são válidos.

04/12/2009

Carris social


Nesta quadra natalícia a Carris está empenhada em ajudar quem mais precisa. Assim, a empresa irá desenvolver uma série de iniciativas de cariz social que espera vir a contar com a solidariedade da população.
Para isso, serão colocados nove mil ursos em todos os veículos da frota, que podem ser adquiridos pelos passageiros, sendo que de 17 a 20 de Dezembro no Parque das Nações podem ser colocados no interior de um autocarro, para serem doados por diversas instituições sociais.
Uma outra campanha prende-se com a recolha de cabos eléctricos sem utilidade, para reciclagem cujas verbas revertem para a reconstrução da Casa Ser Criança, uma instituição de acolhimento de crianças que têm pais infectados com HIV.
Os interessados em colaborar nesta campanha podem fazê-lo nas instalações da Carris.
No dia 12 de Dezembro no tradicional circo de Natal para os filhos dos colaboradores da empresa, a Carris entregará fardamentos usados à Cruz Vermelha Portuguesa, e material informático usado ao Banco Alimentar Contra a Fome.
Durante o mês de Janeiro sob o lema “Consumo Consciente Respeite o Ambiente”, que decorre no refeitório da Carris nas instalações de Miraflores, a empresa pretende alerta os seus colaboradores para o desperdício de alimentos.
Cada colaborador que entregue o seu tabuleiro com sobras de alimentos recebe uma ficha que equivale a 10g de alimentos perecíveis depositadas numa urna à saída do refeitório que serve de advertência sobre o volume de comida desperdiçada. A quantidade indicada serve de indicação de comida não perecível que a empresa doará à Associação Novo Futuro.

Comemoração Dia Internacional de Pessoas com Deficiência


A Secretária de Estado Adjunta da Reabilitação Idália Moniz estará hoje no Porto no âmbito do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.
De visita às instalações da STCP, a governante ouvirá a promessa da empresa transportadora de que em 2010 cem por cento da frota terá piso rebaixado, e sessenta e cinco por cento estará equipada com rampa de acesso para cadeiras de rodas.
Outra garantia, é a que actualmente todas as paragens da STCP têm informação em braille do código de paragem, o que permite a cegos e amblíopes poderem saber o tempo que falta para a chegada de um autocarro através de sms, e uma aplicação no telemóvel capaz de ler a informação recebida.

Poderá vir a ser possível viajar à borla na Ryanair


A empresa comunicou que a partir de Janeiro de 2010 vai criar um cartão Mastercard pré-pago que vai servir para a aquisição de passagens através do seu sítio na internet.
A vantagem na utilização do novo método é que, serão iliminadas as taxas administrativas aplicadas com o actual sistema de pagamentos Visa ou Mastercard.
Para se entender a mudança explicamos de forma mais simples: sempre que um passageiro adquiria um bilhete na internet, via acrescido ao valor da passagem uma comissão pela utilização do cartão de crédito, visto que, em Portugal a companhia não aceita pagamentos através de Visa Electron que não implica o pagamento desta taxa.
Se a companhia por exemplo, lançasse uma promoção de viagens a zero euros, estas seríam todavia, acrescidas da taxa de utilização do cartão.
Agora, com o cartão pré-pago da Ryanair, o passageiro paga únicamente o valor do bilhete. No caso da existência de promoções, se estas forem por exemplo, a zero euros, será então possível viajar gratuitamente pela Ryanair.
Mas seja como for, com promoções ou sem elas, as passagens ficarão mais baratas com o cartão pré-pago da Ryanair.

03/12/2009

Metro do Porto lança projecto inovador a nível mundial

O serviço Navmetro - Navegação assistida para invisuais na rede do Metro do Porto, está em funcionamento na estação da Trindade desde o passado dia 2 de Dezembro. O projecto, desenvolvido pelo Metro do Porto em conjunto com a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) e com a ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal) tem por objectivo tornar a rede do Metro “ainda mais acessível e garantir as melhores condições de integração aos cidadãos com deficiência visual”, revela o Metro do Porto. O Navmetro é uma ferramenta inovadora a nível mundial e consiste na orientação e encaminhamento através da utilização de um telemóvel. Com o seu aparelho (de qualquer operadora, marca e modelo, sem carecer de qualquer funcionalidade ou aplicação específica), um invisual pode ser localizado no interior da estação do Metro, “guiado” nos diversos trajectos e executar as acções necessárias à realização de uma viagem: escolher e comprar títulos, validar, encontrar um elevador, aceder ao cais de embarque, receber informação sobre frequências e tempos de espera, entre outras. A interacção com o cliente faz-se através da voz e de orientação sonora. Apesar do sistema estar agora limitado a uma estação, o Metro do Porto prevê, em breve, alargar o Navmetro a todas as estações da sua rede.

in: www.transportesemrevista.com de 3 Dez/09

Eléctrico de Natal da STCP já rola nos carris


A partir de hoje até dia 2 de Janeiro, o eléctrico da turistico da STCP, o "Porto Tram City Tour" circulará nas noites de quinta, sextas e sábados entre as 20:00h e as 22:00h percorrendo as ruas decoradas com a iluminação de Natal.
A partir de dia 18 até 24 de Dezembro o eléctrico 22 da STCP, que liga o Carmo à Batalha, tem programas alusivos à quadra natalícia, cujas viagens a bordo são comentadas, e animadas por actores.
Os bilhetes válidos no eléctrico turistico são o "Porto Tram City Tour" e o "Porto Vintage". No entanto, estará disponível um bilhete especial de Natal pelo preço de cinco euros, que terá um desconto de dois euros caso, o utente apresente um talão de compra feito no comércio tradicional.
Todos os bilhetes são válidos em toda a rede da STCP. As crianças até aos 12 anos desde que acompanhadas em grupo viajam gratuítamente.
Na linha 22 são aceites os bilhetes normais.
A iniciativa visa promover o comércio tradicional nesta quadra.

02/12/2009

Eléctrico de Natal da Carris já faz as delícias das crianças


Desde hoje nas ruas de Lisboa, e pelo 29º ano consecutivo a Carris tem a circular o “Eléctrico de Natal”, que estará operacional até ao próximo dia 19 de Dezembro.
São esperadas cerca de 8.000 crianças nos eléctricos da Carris disponibilizados para o efeito. A viagem para grupos escolares que façam reserva prévia é gratuita. E desta vez, graças a um patrocínio do Grupo Jerónimo Martins, os participantes podem contar com um lanche, e um livro oferecido pela “Zero a Oito”.
As viagens realizam-se de segunda a sexta das 9:30h às 17:00h. Aos sábados a primeira viagem será às 10:00h e a última às 11:00h.

28/11/2009

Vá vêr o clássico de transportes


Realiza-se hoje pelas 21:15 no Estádio José de Alvalade o clássico entre o Sporting e o Benfica.
Para esta operação, aos cerca de 50.000 adeptos esperados, é recomendado o uso de transportes públicos por forma a evitar congestionamentos nos acessos ao estádio. Assim, poderá utilizar o metro para chegar ao recinto através da linha amarela e verde do metropolitano com direcção à estação do Campo Grande.
Existem todavia, outras alternativas proporcionadas pela Carris. As carreiras 7, 36, 47, 78, 106, 108, 701, 750, 767, e 777 fazem ligação com o estádio.
É recomendado que comprem os títulos de transporte atempadamente por forma a evitar filas e demoras no acesso aos transportes.

27/11/2009

Eléctrico 1 da STCP vai chegar a S. Bento


O eléctrico 1 da STCP que faz o percurso entre o Passeio Alegre e o Infante será alargado a S. Bento.
Dependente ainda de um parecer da Câmara favorável, a obra orçada em 2,19 milhões de euros, vai permitir a chegada do eléctrico 1 a S. Bento fazendo a ligação aos comboios, e ao metro.
A futura extensão até S. Bento será efectuada ao longo da Rua Mouzinho da Silveira, passando pelo Largo dos Lóios, ligando ao percurso circular da linha 22 e terminar junto à Estação de S. Bento.
Este alargamento segundo alguns responsáveis, vai permitir potencializar o número de utentes que utilizam a linha, entre os quais, os muitos turistas que visitam a zona histórica do Porto.
As previsões apontam para que no primeiro semestre de 2012 a extensão da linha 1 já esteja operacional.

26/11/2009

Barraqueiro ganha corrida ao Metro do Porto


O Grupo Barraqueiro destronou a Transdev na corrida à operação no Metro do Porto para os próximos cinco anos.
De acordo com a imprensa diária, o consórcio liderado pela Barraqueiro em parceria com a inglesa Arriva, a francesa Keolis, e a Mota-Engil apresentaram a proposta economicamente mais favorável. Sendo que os atributos técnicos, segundo o júri foram semelhantes, o factor preço acabou por ser decisivo.
O consórcio liderado pela Barraqueiro vai gastar perto de 36 milhões de euros anuais com a operação da rede, menos 2 milhões que a concorrente Transdev, actual exploradora da rede.

24/11/2009

TUB instalam sistema de bilhética integrada

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) pretendem concluir até ao final do primeiro trimestre de 2010 a instalação do seu novo sistema de bilhética integrada, que permitirá a intermodalidade com a CP Porto e os operadores privados Transdev e Arriva. As conversações entre os diversos operadores já tiveram início e o projecto deverá contar com o apoio da Universidade do Minho, mediante aval do IMTT. Com esta medida, será possível viajar com um único título de transporte entre o distrito de Braga e a cidade do Porto, facilitando a mobilidade e as deslocações pendulares dos clientes das quatro empresas.

in: www.transportesemrevista.com de 24 Nov/09

Castro Almeida quer Linha do Vouga ligada ao metro

O presidente da Câmara de S. João da Madeira Castro Almeida reiterou o seu desejo em que a Linha do Vouga venha a fazer ligação futura ao Metro do Porto.
As intenções do autarca foram conhecidas nas comemorações do 101°aniversário da Linha do Vouga [inaugurada a 23 Novembro de 1908] e assinaladas ontem. No entender do edil, a ligação daquela linha centenária deverá ser tomada em consideração, e possibilitar a ligação ao Aeroporto Sá Carneiro através da conexão com as linhas do metropolitano.

23/11/2009

TGV: Linha Porto-Vigo estará concluída em 2015, dois anos depois do previsto

O Ministro do Fomento espanhol, José Blanco López, disse hoje, segunda-feira, que a linha de alta velocidade ferroviária Porto-Vigo não estará concluída antes de 2015, dois anos depois do que estava previsto.

"Não é possível [que a linha Porto-Vigo esteja concluída] antes de 2015", afirmou José Blanco López, na conferência de imprensa que se seguiu a uma reunião com o Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, que decorreu em Lisboa.

O ministro espanhol disse que será elaborado um novo estudo para o troço entre Vigo e Porriño e referiu que o traçado definido para esta linha tem uma "orografia muito complicada".

José Blanco López afirmou que a ligação está a aguardar a Declaração de Impacto Ambiental (DIA).

O ministro espanhol disse ainda que durante a reunião foi acordada a criação de uma comissão técnica, que ficará responsável por estudar a possibilidade da linha Porto-Vigo, definida como uma linha mista (passageiros e mercadorias), passar a servir apenas passageiros, mantendo-se a actual linha para o transporte de mercadorias.

Esta comissão técnica deverá apresentar conclusões até ao final do primeiro trimestre do próximo ano.

O início de exploração da linha Porto-Vigo, que terá uma extensão de 125 quilómetros, dos quais 100 quilómetros em território português, estava previsto para 2013, segundo informações disponíveis na página da RAVE-Rede Ferroviária de Alta Velocidade na Internet.

O investimento na primeira fase, entre Braga e Valença, é de 845 milhões de euros, de acordo com a empresa responsável pelo projecto de alta velocidade português

in: jn.sapo.pt secção "Economia" de 23 Nov/09

Gaia aposta em rede de eléctricos e tróleis


A Câmara de Gaia através do seu presidente Luís Filipe Menezes anunciou que pretende dotar as freguesias do concelho com uma rede própria de transportes.
Esta rede poderá ser delineada com a implementação de um sistema de eléctricos rápidos e de tróleis.
Em causa estão as ligações entre a zona mais oriental da cidade e a linha amarela do Metro, que deverá ser feita através de troleicarro, sendo esta, uma opção mais económica em comparação com o eléctrico, visto que, dispensa a implementação de carris ao longo da via.
Uma segunda linha poderá ser construída entre as localidades de Canelas, Pedroso, Serzedo, Sermonde e Perosinho com Santo Ovídio, e um interface a construir em Canelas, de acordo com o noticiado na edição de hoje do Jornal de Notícias.
Uma terceira linha poderá surgir entre Santo Ovídio e Valadares no prolongamento da Avenida da República, se a opção da construção de uma linha de Metro for descartada.
A opção eléctrico ou troleicarro está ainda em estudo. O presidente da Câmara de Gaia disse ainda que, já existem interessados, públicos e privados, no projecto.

20/11/2009

Voos com atraso superior a três horas poderão dar direito a indemnização.


A sentença foi proferida pelo Tribunal de Justiça da Comunidade Europeia.
Qualquer atraso superior a três horas poderá dar direito, caso solicitada pelo passageiro, a uma indemnização entre os 250 e os 600 euros, valor que já é pago nos casos em que haja cancelamento de voos.
No entanto, as companhias aéreas ficam isentas de pagar se provarem que o atraso se deveu a circunstâncias extraordinárias.
Esta deliberação surge depois de denúncias feitas por passageiros da Air France e Condor por alegadamente terem sofrido atrasos nos seus voos superiores a vinte horas.

19/11/2009

Autocarros parados 3,5 horas por dia

Depois de mais uma reunião com a admnistração da STCP, no passado dia 5, de onde "não saiu nenhum acordo", os trabalhadores decidiram, ontem, quarta-feira, em plenário, voltar à greve, que só deve terminar no final do ano.

Serão 28 dias, a começar a partir do próximo dia 5, onde os motoristas vão cumprir "períodos de greve em permanência", e onde o horário mais afectado será "a partir do meio-dia até às duas da tarde e as das 19 horas até às 20.30 horas", afirmou, ao JN, Jorge Costa, dirigente do Sindicato Nacional dos Motoristas.

Na prática, os autocarros que circulam na Área Metropolitana do Porto vão parar três horas e meia por dia em pleno ciclo de "datas festivas", podendo causar sobretudo transtorno durante a hora de ponta do final do dia.

"Serão dadas orientações aos trabalhadores no sentido de gerirem os períodos de greve em função do seu serviço e de ultrapassarem ou não a média das 40 horas semanais. Sendo que devem fazer greve, legalizada, a todas as linhas, nestes dias estipulados e essencialmente no final dos períodos de cada turno", explicou o sindicalista.

Outra das intenções dos trabalhadores da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) é entregar na Secretaria de Estado dos Transportes, em Lisboa, um dossiê com as suas reivindicações. Porém, ainda falta "definir o dia".

Jorge Costa explicou ainda que a comissão de trabalhadores havia suspenso qualquer tipo acção, porque tinha aceite o desafio lançado pela administração para reunir. Porém, desse encontro "não saiu nada", afirmou.

"Disseram-nos que mantinham a situação, porque estava tudo legal. Não queremos gerir a STCP, mas sim que a administração cumpra o acordo da empresa, que está a ser violado, nomeadamente em matéria de organização dos horários de trabalho", sublinhou. Consciente do impacto que esta greve poderá ter - dada a sua extensão e também "atendendo a que se desenrola durante um período de datas festivas" -, o sindicalista reiterou, ainda assim, que espera "ser possível evitar" esta situação.

Basta para isso "a administração da STCP encontrar uma plataforma de consenso com os trabalhadores", concluiu.

O JN contactou a administração da STCP a fim de obter uma reacção às declarações proferidas pelo sindicalista Jorge Costa e perceber se a empresa está disposta a encontrar a sugerida "plataforma de consenso". Todavia, da parte da STCP ninguém quis tecer qualquer comentário.

in: jn.sapo.pt secção "Porto" de 19 Nov/09

Opinião: informação a bordo precisa de alguns ajustes


Por agora são apenas cem numa frota de aproximadamente oitocentos autocarros.
Os veículos mais recentes da Carris têm a funcionar o sistema display de informação de “próxima paragem”.
As últimas aquisições de 2004, 2005 e 2006, quatrocentos e oitos autocarros, e os mais antigos ainda não dispõem desta funcionalidade. No entanto, a empresa está a testar um sistema de televisão a bordo que irá prestar informação de carácter institucional e ainda, informação de paragem seguinte.
Porém, nestes cem veículos a informação prestada aos passageiros na nossa opinião, precisa de alguns ajustes: quando um autocarro se aproxima de uma paragem, anuncia o nome da paragem, todavia, quando parte dessa paragem em relação à seguinte, em vez de anunciar a próxima paragem, continua a referenciar a paragem que acabou de deixar para trás sendo que, muitas vezes a referencia à paragem anterior se mantém até à chegada da paragem seguinte.
Creio que, para o passageiro não interessa a referência à paragem que ficou para trás mas sim, à que se aproxima. Quando um autocarro sai de uma paragem deve imediatamente anunciar a seguinte e não, manter a referência ao nome da paragem que ficou para trás!

J.A.

17/11/2009

Validação de títulos através de dispositivo USB

Os transportes públicos de Montepellier, França, vão disponibilizar um novo sistema de bilhética. Completamente inovador, caracteriza-se pela validação dos títulos de transporte através de um dispositivo de armazenamento USB. O sistema, que deverá ser implementado já em 2010, permite a aquisição dos títulos através da internet, sendo depois descarregados para a “pen”. O utilizador só terá depois de passar com esta pelos leitores de validação existentes nos terminais de transportes. Segundo os dados avançados pela imprensa francesa, o desenvolvimento deste sistema, inovador a nível dos transportes, terá correspondido a um investimento na ordem dos 300 mil euros.

in: www.transportesemrevista.com de 17 Nov/09

16/11/2009

Trabalhadores da STCP param para plenário


Os trabalhadores da STCP vão parar entre as 10:00h e as 13:00h do próximo dia 18 para um plenário geral de trabalhadores. Em causa, está o acordo de trabalho entre a empresa e os sindicatos representativos dos trabalhadores, que segundo estes, não está a ser cumprido pela administração da empresa. Desta forma, prevêm-se perturbações de serviço a partir das 9:00h.
As linhas 10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM e ZR não sofrem qualquer perturbação.
Os utentes da STCP podem ainda utilizar os títulos de viagem da empresa gratuitamente no Metro e nos eixos Valongo/Campanhã/Porto S. Bento, Francelos/Campanhã/Porto S. Bento, e Travagem/Campanhã/Porto S. Bento da CP.

14/11/2009

Opinião: Painéis em estado de degradação


Na cidade de Lisboa existem cerca de trezentos e cinquenta painéis indicativos do tempo de espera para a chegada de um autocarro ou eléctrico da Carris. Trezentos destes trezentos e cinquenta foram adquiridos nos últimos cinco anos. Porém, restam ainda cinquenta de um processo mais antigo, alimentados a bateria, e em estado de degradação evidente.
Certas palavras são erreconhecíveis, ou de difícil leitura pelo que, a sua utilidade é praticamente nula.
Seria bom que a Carris os substituísse rápidamente por novos painéis, em nome de um serviço que se quer e exige de qualidade.

12/11/2009

ML testa informações via bluetooth


O Metro de Lisboa está a testar um novo modelo de comunicação com os seus clientes.
Por enquanto encontra-se em fase de testes, mas quem utiliza a linha amarela da estação do Marquês de Pombal, e tiver o bluetooth do telemóvel ligado já pode receber informações de carácter institucional e comercial como intervenções nas estações, eventuais problemas de circulação na rede, conselhos úteis, oferta de serviços, entre outras.
Progressivamente o serviço será alargado a toda a rede. Por enquanto, está apenas acessível no cais de embarque da referida linha.

CARRIS apresenta projecto "Ler entre Linhas"


A CARRIS lançou mais uma iniciativa que visa a compreensão das necessidades dos seus Clientes, conhecer os seus gostos e hábitos e, acima de tudo, antecipar e estimular tendências no sector dos transportes públicos urbanos de passageiros.
O projecto “Ler entre linhas”, que agora se inicia, é mais um contributo da CARRIS que visa melhorar a qualidade do transporte que, diariamente, presta à Cidade. No desenvolvimento deste projecto a empresa distribuirá mensalmente e de forma gratuita, no interior dos seus veículos, um livro de bolso contendo um capítulo ou o exerto de uma obra literária conhecida.
Esta iniciativa conta com o apoio da Editora Objectiva, a quem desejamos publicamente expressar o nosso agradecimento.
Com mais de 600.000 passageiros diários, a CARRIS acredita que este projecto contribui objectivamente para a aproximação dos portugueses à leitura, ao mesmo tempo que contribui, também, para a melhoria da mobilidade confortável na Cidade, bem como para o reposicionamento da marca “CARRIS”.
Os nossos clientes, apreciarão seguramente esta iniciativa que, à semelhança de outras desenvolvidas, visa contribuir para tornar o transporte público uma alternativa de mobilidade cada vez mais actractiva e, sobretudo, mais sustentável.

in: www.carris.pt/pt/noticias

Obras do Metro fecham acesso à auto-estrada


Já a partir do dia 16 até Fevereiro de 2011, o acesso ao centro de Gaia a partir da A1 será encerrado em virtude do inicio dos trabalhos para o prolongamento da linha amarela entre a estação D. João II e a rotunda de Santo Ovídio.
Em alternativa, a empresa do Metro sugere a saída Gaia/Coimbrões.
Também a Avenida Vasco da Gama junto ao cruzamento com a Av. da República estará sujeito a demora já que, terá apenas uma faixa de rodagem até ao final de Janeiro de 2010.

11/11/2009

Campanha contra a multa no Metro do Porto

Bilhetes mais baratos entre a Madeira e o Continente

A Assembleia Legislativa Regional da Madeira aprovou ontem um novo método de cálculo de compensação para viagens aéreas entre aquele arquipélago e o Continente.
Estudantes e residentes passam assim a usufruir de um desconto de 120 euros (antes era de 60), nas ligações entre a Madeira e o Continente.

10/11/2009

Concurso da segunda fase do metro volta a ser adiado

O concurso para a construção das linhas da segunda fase do metro do Porto, que, segundo as previsões oficiais do Governo, deveria ter sido lançado no mês passado, foi mais uma vez adiado e continua sem data para avançar.

As linhas do Campo Alegre e de S. Mamede de Infesta, a ligação a Gondomar por Valbom e a extensão entre Santo Ovídio e Vila d'Este, em Gaia, permanecem, assim, em banho-maria. A Metro do Porto continua a trabalhar nos processos - já há estudos de impacto ambiental prontos -, mas não avança com qualquer data para lançamento do concurso de construção. No terreno estão os trabalhos da linha entre Campanhã e Fânzeres (Gondomar) e da extensão da Linha Amarela até Santo Ovídio (Gaia). O concurso para a execução da linha da Trofa também já foi lançado.

As mudanças políticas resultantes das eleições legislativas e autárquicas contribuíram para o impasse no concurso global para a segunda fase da rede. Há novos titulares, no Governo e nas câmaras, que precisam de aprofundar o conhecimento dos dossiês.

Desde logo, há um novo ministro das Obras Públicas e Transportes (António Mendonça) e um novo secretário de Estado dos Transportes (Carlos Correia da Fonseca). E, por exemplo, na Câmara do Porto, com quem a Metro tem negociado o projecto de atravessamento do Parque da Cidade (Linha do Campo Alegre), há um novo vereador do Urbanismo, Gonçalo Gonçalves, que terá de se inteirar dos pormenores do processo. Mesmo que não haja alterações significativas de posição em relação ao anterior vereador, Lino Ferreira, a mudança de interlocutor por parte da Autarquia implicará sempre um deferimento das conversações.

Do memorando de entendimento assinado entre o Governo e a Junta Metropolitana do Porto, que previa o lançamento do concurso da segunda fase em Janeiro de 2008, resta a memória. Os prazos estabelecidos no documento, assinado em Maio de 2007, nunca foram concretizados.

A polémica em torno das linhas e das prioridades para a segunda fase foi factor decisivo para o sucessivo adiamento do concurso.

Definidas as linhas a executar, tanto o Governo como a Metro do Porto apontaram o passado mês de Outubro como a data previsível para o lançamento do procedimento público. "Temos Setembro/Outubro como objectivo", referia, em entrevista ao JN, em Abril passado, o presidente da Metro do Porto, Ricardo Fonseca. A ambição não se concretizou.

Em fase avançada está o concurso para a concessão da exploração e manutenção da rede por um período de cinco anos. Já foram abertas as propostas - há dois consórcios concorrentes - e até ao final do ano deverá ser conhecido o vencedor. Também neste caso os prazos começam a apertar, uma vez que o contrato com a actual operadora, a Transdev, termina a 31 de Março de 2010, depois de já ter sido prolongado por um ano.

in: jn.sapo.pt secção "Porto" de 10 Nov/09

09/11/2009

Indra adapta portas do Metropolitano de Lisboa

A Indra é a adaptar as bilheteiras e as portas automáticas do Metropolitano de Lisboa para permitir o acesso dos utilizadores através de telemóvel. Trata-se de um projecto-piloto que está a ser desenvolvido pela OTLIS (Operadores de Transportes da Área Metropolitana de Lisboa) e conta com a colaboração indispensável dos três operadores de comunicações móveis nacionais (Optimus, TMN e Voadafone) e da Oberthur Technologies, empresa fornecedora de cartões Lisboa Viva e de cartões para telemóveis. Uma das adaptações consiste na possibilidade das bilheteiras do Metropolitano de Lisboa venderem os títulos de transporte directamente para “dentro” do telemóvel, com a tecnologia NFC (Near Field Communication) para um cartão SIM, onde são guardados os títulos de transporte. A Indra interveio ainda ao nível das portas automáticas do Metropolitano de Lisboa, procedendo à sua adaptação para se abrirem quando o telemóvel, carregado com o título de transporte válido, é apresentado para validação. Numa segunda fase, o projecto-piloto será alargado a outros operadores de transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa, como a Carris, CP e Transtejo/Soflusa (curiosamente, todos tutelados pelo Estado!).

in: www.transportesemrevista.com de 9 Nov/09

06/11/2009

Linha azul do ML encerrada Domingo a partir das 13h.

A linha azul do Metro estará interrompida no dia 8 de Novembro (Domingo) entre as 13:00 horas e o final do dia, entre as Laranjeiras e o Marquês de Pombal.
A CARRIS irá assegurar transporte gratuito aos Clientes do Metro, portadores de título de transporte válido neste operador, nas seguintes carreiras e percursos:

Carreira 16 (Sete Rios-Praça de Espanha)
Carreira 701 (Laranjeiras-Sete Rios)
Carreira 726 (Laranjeiras - Praça de Espanha)
Carreira 746 (Sete Rios-Marquês de Pombal)
Carreira 202 (Laranjeiras-Sete Rios)
Carreira 205 (Sete Rios-Marquês de Pombal)

fonte: Carris.pt/pt/noticias

Costa defende gestão da Câmara no Metro e Carris


António Costa presidente da Câmara de Lisboa defendeu a entrada da Câmara na gestão dos transportes da cidade. Costa referiu-se concretamente à definição da rede de transportes da Carris e do Metropolitano.
António Costa, sublinhou que a Lei das Finanças Locais é clara ao referir que cada município é responsável pela gestão dos transportes no seu território. Assim, para o presidente da Câmara de Lisboa, a edilidade deveria estar representada na gestão das duas empresas. Em cima da mesa estão várias hipóteses de modelo de gestão incluíndo, a tutela das empresas referidas.

03/11/2009

Metro de Lisboa obtém certificado de qualidade

O Metropolitano de Lisboa obteve a certificação do seu Sistema de Gestão da Qualidade relativo ao Serviço Público de Passageiros na rede do metro, segundo a norma NP EN ISO 9001/2008, atribuído pela SGS ICS – Serviços Internacionais de Certificação.A distinção constitui um reconhecimento formal do esforço realizado pelo Metropolitano de Lisboa em prol da qualidade do serviço de transporte público de passageiros. A certificação do Sistema de Gestão da Qualidade atesta que a empresa cumpre todos os requisitos da norma ISO 9001, e que incorpora nas suas actividades princípios de gestão tão importantes como a focalização nos clientes tendo sempre em vista a sua satisfação, a liderança, através do estabelecimento de metas comuns, o envolvimento dos colaboradores e a melhoria contínua do serviço prestado.
De referir que o Metropolitano de Lisboa, já possui, desde Abril de 2005, a certificação do sistema de Qualidade da Exploração Industrial (no âmbito da Manutenção e recepção do Material Circulante, Consultoria Técnica no Âmbito de Especificações e Aquisição e Fiscalização de Serviços) pela Norma NP EN ISO 9001:2000.
A empresa continua a avançar com um projecto de implementação com base em cinco sistemas normativos, incluindo a certificação em Responsabilidade Social. Neste sentido, alcançará um lugar de liderança no que respeita à Sustentabilidade, tornando-se a primeira Empresa Pública de Transporte de Passageiros a implementar um Sistema Integrado de Certificação.

in: www.transportesemrevista.com de 3 Nov/09

31/10/2009

STCP, Carris e TUB reforçam ligação aos cemitérios


No Dia de Todos os Santos STCP e Carris reforçam a ligação aos cemitérios. Assim, no Porto apesar da greve anúnciada pela STCP haverá um reforço da linha 204 que serve os cemitérios de Agramonte, Lordelo do Ouro e Foz do Douro com uma frequência de 20 minutos.
A linha 207 com frequência de 30 minutos, serve os cemitérios do Prado, Agramonte, Lordelo do Ouro e Foz do Douro.
A linha 305 tem uma frequência de 20 minutos, e serve os cemitérios do Bonfim e Prado do Repouso.
Linha 400 serve os cemitérios de Campanhã, Bonfim e Prado do Repouso. Tem uma frequência de 20 minutos.
Finalmente a linha ZM serve o cemitério de Agramonte e terá uma frequência de 30 minutos.


Em Lisboa a Carris reforça as seguintes carreiras para o Cemitério da Ajuda: 60, 727 e eléctrico 18.
As carreiras 718 e 742 reforçarão a ligação ao Cemitério Alto de S. João.
Para o Cemitério de Benfica há um reforço das carreiras 24, 765 e 767.
A carreira 768 reforça a ligação ao Cemitério de Carnide, e a carreira 3 ao Cemitério do Lumiar.
O cemitério dos Olivais será servido pelas carreiras 79, 708 e 781.
Finalmente, a ligação ao Cemitério dos Prazeres será assegurado pelas carreiras 74, 701, 709 e eléctrico 28.
Segundo a Carris, haverá ainda um reforço das carreiras 3, 16, 24, 60, 74, 79, 727, 742, 765, 767, 768 e eléctrico 18.


Também em Braga, os transportes locais reforçam a linha 19 entre a Ponte de S. João e o Cemitério de Monte D'Arcos quer hoje dia 31, quer amanhã nos periodos compreendidos entre as 8:00h e as 12:00h, e entre as 14:00h e as 17:00h.

Greve da STCP dia 1 de Novembro


Os trabalhadores da STCP estarão em greve entre a meia noite da próxima madrugada e as 2:00h do próximo dia 2.
As linhas 10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM, ZR e a linha nocturna ZM não sofrem qualquer perturbação.
Para quem utiliza tarifários monomodais da STCP poderá usar os respectivos títulos no Metro e CP.

30/10/2009

easyJet lança novas rotas


A companhia britânica de baixo custo easyJet, que opera em quatro aeroportos nacionais, anúnciou a criação de 25 novas rotas para os próximos meses. Egipto, Marrocos ou Israel são destinos de forte aposta para a operadora.
Portugal contará já a partir de 2 de Novembro de duas novas rotas: Lisboa-Roma (Fiumicino), e Porto-Londres (Gatwick). No primeiro caso, haverá um voo diário entre as capitais portuguesa e italiana, com partida de Lisboa às 14:25h e chegada a Fiumicino às 18:25h (17:25h em Portugal).
Quanto à rota Porto-Gatwick que também será diária, a partida da Invicta será às 14:30h e chegada a Gatwick está prevista para as 16:55h.

27/10/2009

Carris lança movimento “Menos Um Carro”

A Carris lançou hoje um movimento de sensibilização para a utilização do transporte público. Denominado “Menos Um Carro”, o movimento tem como objectivo despertar a consciência cívica e a responsabilidade ambiental de todos. Da mesma forma, apresenta o transporte público como a escolha racional, quer em termos económicos, como de tempo, bem-estar, ambiente e qualidade de vida. Em causa está a tentativa de contrariar a entrada em Lisboa de cerca de 400 mil carros todos os dias.
«É inquestionável que a utilização de transportes públicos é a opção maioritariamente mais racional» revela Silva Rodrigues, presidente do Conselho de Administração da Carris, explicando que um dos grandes objectivos do movimento «é fazer chegar essa informação às pessoas, conseguindo eliminar preconceitos e levando-as a mudar comportamentos e a perceber as vantagens de utilizar o transporte público».
No site www.menosumcarro.pt é possível encontrar diversas informações e argumentos, sendo ainda possível deixar testemunhos, questões, sugestões ou calcular o ‘índice de mobilidade sustentável’, uma ferramenta desenvolvida pela Universidade Católica que avalia o comportamento de cada pessoa em termos de mobilidade. Este resultado pode depois ser transferido para uma rede social como o Facebook ou o Twitter, onde se pretende alargar a discussão do tema. «Estamos a recolocar na agenda a discussão do Transporte Público», revela Silva Rodrigues.
Para além da Universidade Católica, o movimento lançado pela Carris tem ainda como parceiros a Polícia de Segurança Pública, Direcção-Geral de Saúde, Quercus, Agência Portuguesa do Ambiente, Instituto Português da Juventude, Associação Salvador, Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal e a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta.

in: www.transportesemrevista.com de 27 de Out/09

25/10/2009

Ryanair inaugura rota Porto-Faro


É inaugurada amanhã a primeira rota doméstica da Ryanair em território luso, e efectuará ligação entre o Porto e a cidade de Faro.
Do Porto haverá quatro voos semanais (Sábados, Segundas, Quartas e Sextas) com partidas ao meio-dia e chegada a Faro pelas 13:00h.
O mesmo avião partirá de Faro rumo ao Porto pelas 13:25h chegando à Invicta pelas 14:30h.
Amanhã é ainda inaugurada a rota Porto/Gran Canaria, com partidas do Aeroporto Sá Carneiro todas as Segundas e Sextas às 15:25 e chegada prevista às 18:05h (17:05h em Portugal.
Dia 27 a rota Porto/Düsseldorf (Weeze), com partida regular aos Sábados, Terças e Quintas às 17:30h e chegada Düsseldorf às 21:15h (20:15h em Portugal).
No dia 28 é a vez da rota Porto/Tenerife Sul, que partirá todos os Sábados e Quartas-feiras pelas 15:20h da Invicta e tem chegada prevista a Tenerife às 18:05h (17:05h em Portugal).

De Faro partirá uma nova rota directa a Liverpool a partir de dia 27 de Outubro com partidas aos Sábados, Terças e Quintas-feiras às 13:25h e chegada prevista a Liverpool para as 16:25h.

17/10/2009

Táxis da Invicta com comunicações GPS

Os táxis da central Invicta vão passar a utilizar a partir do próximo dia 21 de Outubro um inovador sistema de comunicações por GPS. Dispensando a utilização do habitual rádio e da comunicação por voz, implementada há cerca de 50 anos, o novo sistema promete trazer vantagens tanto para os condutores como para os clientes. Eliminando o habitual barulho das comunicações dentro do táxi, este sistema torna o processo de chamar um táxi mais célere. Quando o cliente liga, o operador introduz de imediato a morada no computador, sendo enviado um sms para o táxi que estiver mais perto, já que o sistema GPS permite fazer a localização imediata dos veículos. O próprio condutor tira ainda partido desta funcionalidade pelo facto de conseguir visualizar o número de táxis nas posturas, podendo assim gerir melhor a sua posição e fazer mais serviços. Para além do pedido pela internet, o sistema irá proporcionar chamadas gratuitas, com o cliente a enviar um sms para de seguida ser contactado pelo operador. Adicionalmente, o sistema terá capacidade para memorizar clientes fixos e será possível demarcar preferências em relação ao tipo de veículo e motorista.
A central Invicta aglomera 207 táxis, sendo que neste momento o novo sistema já se encontra implementado em 190 veículos. Por enquanto o rádio tradicional continuará a equipar as viaturas, servindo como apoio e solução no caso de falha informática.

in: www.transportesemrevista.com de 13 Out/09

15/10/2009

«Tram-train» em testes


A linha vermelha do Metro do Porto vai ser reforçada com os novos veículos «Tram-train».
Com capacidade para atingir os 100 quilómetros hora, estes veículos estarão em operação na linha vermelha que liga o Estádio do Dragão à Póvoa de Varzim, e futuramente na linha Verde entre o Estádio do Dragão e o ISMAI.
Com capacidade para 248 passageiros (100 deles sentados), e 1360 cavalos de potência, os «Tram-train» irão assegurar o serviço regular entre aquelas estações, com inicio de operação prevista para o mês de Novembro.
As novas composições permitem ainda recuperar 30% da energia consumida através do sistema de frenagem, devolvendo-a novamente à rede para voltar a ser consumida pelos restantes veículos da frota.
Para já, as composições estão a fazer testes na linha vermelha.

Trabalhadores da STCP em greve


Os trabalhadores da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto [STCP] cumprem hoje um dia de greve que, terminará as 2.00H da próxima madrugada.
Três dos seis sindicatos representativos dos trabalhadores da empresa convocaram esta greve onde está previsto um plenário com os trabalhadores segundo o qual, será discutido o acordo laboral entre os trabalhadores e a administração da empresa, que alegadamente alegam sindicatos e trabalhadores, não está a ser cumprido.
Os fins-de-semana de Outubro registam-se os mesmos constrangimentos de mobilidade dado que, estão previstos paragens grevistas entre a meia noite de Sábado e as 2:00h de segunda-feira.
As linhas 10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM, ZR e a linha nocturna ZM não sofrem qualquer perturbação.
Para quem utiliza tarifários monomodais da STCP poderá usar os respectivos títulos no Metro e CP.

12/10/2009

Transportes ajustam planos contra gripe A

As empresas de transportes a operar na região da Grande Lisboa têm estado a implantar mecanismos de combate à gripe A, aumentado as limpezas nos autocarros e comboios, preparando kits para os empregados.

Os planos de contingência contra a gripe A (ver mais noticiário a página 36) preparados por empresas como a Transtejo, Fertagus, Carris ou Metro de Lisboa incluem, a par da preparação de kits para motoristas e guarda-freios, a desinfecção das zonas críticas do interior dos veículos que compõem a sua frota, entre outras.

No caso dos autocarros da Carris, o reforço das medidas de higiene passa também pelo aumento da frequência de limpeza dos veículos, incluindo a disponibilização de líquido desinfectante, à semelhança do que acontece nos hospitais e noutros serviços públicos.

Já a Transtejo, por exemplo, gasta mensalmente sete mil euros na limpeza, de quatro em quatro horas, dos bancos dos barcos que fazem as travessias entre as duas margens do Tejo. No caso do Metropolitano de Lisboa, um dos transportes onde diariamente existe uma maior concentração de pessoas, foi criado um grupo de acompanhamento permanente que será responsável por acompanhar a evolução da situação e adoptar as medidas de contenção adequadas à empresa.

A empresa assegura ainda que tem "reservas de material de protecção pessoal, nomeadamente máscaras e medicamentos (Oseltamivir) para os seus trabalhadores. Procedeu ao "aprovisionamento de materiais de limpeza e de desinfecção, bem como ao reforço da higiene e a limpeza nos locais de trabalho, zonas de acesso e circulação, balneários, instalações sanitárias e comboios".

Também no caso dos comboios suburbanos, a Fertagus, que transporta 85 mil passageiros por dia em 137 composições, reforçou os aspectos relacionados com a limpeza dos locais mais críticos, nomeadamente "nos equipamentos de ar condicionado", disse uma fonte da empresa.

"Existe um programa de limpeza bacteriológica periódica de todo o equipamento, incluindo as respectivas condutas, embora não seja considerado um equipamento crítico ao nível do contágio do vírus da gripe, dado que se propaga maioritariamente através da saliva e também, embora com menor expressão, ao nível das superfícies de contacto directo", explicitou a mesma fonte.

Já no caso da Rodoviária Nacional, a empresa instalou em Junho "dispositivos automáticos com sensores e soluções de líquido desinfectante, como nos hospitais", tendo também reforçado o contrato com uma empresa de limpeza", de acordo com o director da Rede Nacional Expresso da RN, Carlos Oliveira.

in: jn.sapo.pt secção "Lisboa" de 11 Out/09

STCP dá conselhos sobre gripe A

Com a pandemia de Gripe A a aumentar os operadores de transportes têm previstos vários planos de contigência que serão, colocados em prática de acordo com a respectiva evolução da pandemia. Com milhares de passageiros a circular diáriamente nos transportes públicos o risco de pandemia é acrescido pelo que, a limpeza dos veículos é prioritária. As principais empresas de transportes já têm preparados planos de vacinação dos seus colaboradores, o uso de luvas na condução dos veículos, bem como os serviços minimos em caso de generalização abrupta da doença. Algumas destas empresas têm-se mostrado preocupadas em informar os seus clientes com os principais conselhos a reter para evitar a doença. Assim, o Metro do Porto tem uma campanha a decorrer através do seu canal interno de tv disponivel no interior dos veículos, com conselhos úteis a seguir para evitar o contágio. A STCP por seu turno, está a usar os placares electrónicos de aviso de paragem disponíveis no interior dos veículos da empresa, para dar alguns conselhos que poderão ser seguidos. No site da empresa também é possivel ter acesso a alguns conselhos da Direcção Geral de Saúde sobre a pandemia, sendo que os mesmos, estão disponiveis na maioria das paragens da empresa.

08/10/2009

Companhias aéreas criam novas taxas


A crise económica mundial que afectou gravemente o sector da aviação civil está a provocar mudanças nos serviços prestados pelos diferentes operadores aéreos. Se umas optam pelo congelamento salarial como a TAP, ou pelos despedimentos como a British, existem outras que pensam em taxar o uso dos serviços mais elementares.
A Ryanair por exemplo, está a pensar em taxar as idas à casa de banho. Sendo que, o cliente terá de desembolsar cerca de 1£ para o seu uso.
A Iberia vai cobrar cerca de 15€ pelo transporte de bagagem mesmo que, o passageiro se faça acompanhar apenas de uma mala, e que nunca poderá ultrapassar os 10 kg.
O mesmo procedimento já existe na maíoria dos operadores low-cost. A easyJet cobra cerca de 11€ por mala no porão com limite de 20 kg, e a Ryanair cobra 15€ por mala com peso máximo de 15 kg.
No entanto, nos voos para fora do continente europeu, os passageiros continuarão a dispor de transporte de bagagem gratuita até aos 23 kg.
Estas regras esbarram com a legislação comunitária. Contudo, os operadores alegam recorrendo à referida legislação e que, esta é dúbia e que, o transporte de passageiros é independente do transporte de bagagem.

07/10/2009

Títulos de transporte disponíveis no telemóvel

A OTLIS - Operadores de Transportes da Área Metropolitana de Lisboa, a Optimus, TMN e Vodafone e a Oberthur Technologies estão a testar a utilização do telemóvel enquanto suporte para os títulos de transportes públicos de Lisboa.
A solução assenta na tecnologia NFC, comunicação sem fios de curto alcance, e pressupõe que os clientes possam comprar e carregar o título de transporte no próprio telemóvel num posto de venda do operador de transporte. O título fica guardado num cartão SIM, evitando-se assim que se o telemóvel não tiver bateria o utilizador não possa aceder ao transporte público.
Nesta primeira fase o projecto está a ser testado por um grupo pré-seleccionado de participantes no Metropolitano de Lisboa. O acesso ao metro é feito através da passagem do telemóvel pelo validador ou porta de acesso ao cais de embarque, já utilizado para a leitura dos cartões Lisboa Viva e Viva Viagem.
“Numa fase mais avançada, o teste será alargado a outros operadores de transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa, designadamente a Carris, CP e Transtejo/Soflusa”, revela o comunicado oficial. Adicionalmente “será também possível efectuar os carregamentos de títulos no próprio telemóvel (eliminando a necessidade de deslocação ao ponto de venda ou a uma caixa multibanco), numa área específica disponível através da Internet Móvel. O objectivo deste projecto é disponibilizar comercialmente o serviço ao público em geral”.

in: www.transportesemrevista.com de 7 Out/09

05/10/2009

STCP proibida de operar na Bonjóia

Cerca de 300 moradores da Bonjóia, em Campanhã, subscreveram um abaixo-assinado a exigir uma linha da STCP porque as carreiras privadas são cada vez menos. A empresa garante que não pode operar na zona.

Até meados deste ano, os moradores da Bonjóia, na zona oriental do Porto, eram servidos por autocarros da Valpi, na ligação de Valongo ao Campo 24 de Agosto. Mas a empresa privada diminuiu a frequência das carreiras e os horários não servem a maioria dos moradores nas suas deslocações.

Olinda Carvalho foi uma das responsáveis por recolher as assinaturas e entregar o abaixo-assinado, em duplicado, um para a administração da STCP e outro para o provedor da empresa. Está, tal como os seus vizinhos, cansada de ter de percorrer grandes distâncias a pé para apanhar um autocarro. "Há pessoas já idosas que têm muita dificuldade", afirmou.

Segundo a moradora, a Valpi faz apenas duas carreiras por dia. Outro problema são os custos. Os moradores têm de adquirir bilhetes paras as camionetas (entre 80 cêntimos e 1,20 euros) que depois têm de ser complementadas com o passe da STCP.

No mês passado, depois de uma visita a Campanhã, o vereador da CDU, Rui Sá, conseguiu aprovar na Câmara uma proposta apelando ao Conselho de Administração da STCP para que procedesse a alterações na rede de forma a garantir transportes públicos para os utentes que moram e trabalham na Bonjóia.

Contactada pelo JN, a STCP respondeu que não pode operar na zona, fazendo a ligação entre a Bonjóia e o Bairro do Lagarteiro, porque a linha está concessionada a outra empresa. "Há um outro operador privado [a Valpi] que tem a concessão deste percurso, pelo que a STCP, por imposição do Regulamento de Transportes em Automóveis, não pode efectuá-lo", assegurou fonte da empresa. A STCP garante ainda que não foi a empresa a concessionar o percurso à Valpi, pelo que não lhe cabe a função de supervisionar o serviço.

in: jn.sapo.pt secção "Porto" de 5 Out/09

03/10/2009

Trabalhadores da STCP em greve


Nos fins-de-semana de Outubro entre as 0:00h de Sábado e as 2:00h de Segunda,os trabalhadores da STCP estarão em greve. Assim, como no dia 15 de Outubro entre as 0:00h e as 2:00h do dia 16, e no dia 1 de Novembro no mesmo horário.
As linhas 10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94, ZM, ZR e a linha nocturna ZM não sofrem qualquer perturbação.
A empresa aguarda ainda autorização do Tribunal Arbitral para assegurar os serviços minimos nas restantes linhas.
Em alternativa, os utentes da STCP podem usar os respectivos títulos no metro e CP, dentro das zonas para o qual são válidos.

02/10/2009

TUB aceita cartões Caixa Universitários


Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) passaram a aceitar cartões Universitários como títulos de transporte.
A ideia é simples: nos cartões de identificação universitária passa a ser incorporado um chip que permite a validação sem contacto na bilhética dos TUB. Com isto, reduz-se o número de cartões na carteira do estudante, passando um único cartão a ser válido para vários tipos de serviços.

23/09/2009

Opinião: Conclusões Dia de transportes grátis


Desta vez, ao contrário do passado dia 16, a Carris informou os seus clientes sobre a gratuidade das viagens em toda a sua rede tendo para o efeito, colocado um aviso sobre os validadores, evitando que os utentes pagassem a viagem em dia de transporte gratuito.
Em segundo lugar, serve a comemoração do Dia Europeu Sem Carros e a respectiva gratuidade dos transportes, para comprovar que o grande problema de mobilidade existente em Lisboa se pretende com um sistema tarifário complexo, que não favoresse a intermodalidade entre os diferentes operadores.
O Ministério dos Transportes a propósito deste dia, dava a seguinte mensagem no seu site oficial: "É uma semana simbólica e de grande interesse pela reflexão que se faz em torno da mobilidade, mas é necessário que as decisões tomadas por cada um de nós, pelas autarquias e pelo Governo tenham uma maior abrangência temporal..."
Cabe ao Ministério, o orgão que tutela as operadoras Carris, Metro de Lisboa, CP, Transtejo/Soflusa dar o passo para garantir a cada cidadão mais e melhores transportes públicos, entendento-se como tal: conforto, segurança, flexibilidade e rapidez, como acontece em qualquer cidade europeia moderna. E para isso, é fundamental acabar com os títulos monomodais e combinados, embora se entenda que estes continuem a existir na relação com os operadores privados, pelo menos por enquanto, o que não se entende é que o mesmo aconteça com as operadoras públicas acima referidas.

J.A.

Moveaveiro cria passe tripartido


A empresa aveirense Moveaveiro vai disponibilizar a partir do próximo ano um passe que irá abranger os serviços de autocarros, ferry e bicicletas. Com o mesmo cartão será possível usar os três serviços disponibilizados pela empresa municipal, sendo que, o uso das bicicletas continuará a ser gratuito.
Com o novo sistema é possivel por exemplo, identificar com maior precisão os utilizadores das bicicletas, evitando o seu vandalismo ou desvio.

Lisboa com táxis para deficientes

A Camara Municipal de Lisboa lançou um concurso para a atribuição de cinquenta licenças para táxis adaptados ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida.
Os veículos terão de dispor de rampa de acesso e espaço para acomodação de cadeira de rodas, vem como distico de identificação.
Porém, os taxistas poderão transportar outras pessoas, mas o transporte de pessoas com mobilidade reduzida terá de ser prioritário.

Ibéria com bilhetes a partir dos 39 euros


A companhia de bandeira espanhola, a Iberia iniciou uma campanha promocional de bilhetes a partir dos 39€ para reservas até 27 de Outubro. Assim, viajar para a Europa fica mais barato.
Países como Itália, França, Alemanha ou Países Baixos têm bilhetes a partir dos 49€. Para a América existem preços a partir dos 259€, exepto para os EUA em que estão disponíveis bilhetes a partir dos 149€.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search