24/11/2017

Zapping já pode ser utilizado na TST e Rodoviária de Lisboa

facebook.com/transportesonline
autocarro da TST
A partir de hoje o Zapping já pode ser utilizado nos Transportes Sul do Tejo (TST) e na Rodoviária de Lisboa (RL), permitindo desta forma aos utilizadores usarem o cartão carregado previamente com saldo para pagar a viagem nos autocarros das duas empresas.

O Zapping é uma modalidade que permite carregar saldo num cartão Viva Viagem ou Lisboa Viva, sendo que o preço da viagem do respetivo operador aderente ao sistema é descontado ao saldo existente. O preço a pagar depende do tarifário praticado por cada operador, não se tratando por isso de títulos intermodais, mas sim de um sistema flexível que permite com um único cartão e saldo pagar o bilhete em diferentes empresas de transporte. A mudança de autocarro ou operador obriga sempre ao pagamento de uma nova viagem. Neste sentido, a TST e RL juntam-se a Carris, Metro de Lisboa, CP Lisboa, Transtejo, Soflusa, Metro Sul do Tejo e Fertagus. No caso especifico da TST e Rodoviária de Lisboa, deixam de ser carregados títulos ocasionais em cartão, sendo carregado saldo onde é descontado o respetivo valor da viagem de acordo com o tarifário existente em cada uma das empresas. Basta aproximar o cartão ao validador existente para a viagem ser validada.
Numa primeira fase, para além do cartão Lisboa Viva, só é permitido utilizar o Zapping nos cartões Viva Viagem com fundo verde.

23/11/2017

Parlamento aprova reposição de desconto de 25% para passe de estudantes

facebook.com/transportesonline
autocarro da A.V. Tâmega
O Parlamento aprovou esta quinta-feira a reposição de desconto de 25% no passe para estudantes dos 4 aos 18 anos de idade.

O desconto é válido em todo país para todos os estudantes com o passe 4_18 não necessitando de fazer prova dos seus rendimentos.
Em matéria de desconto, foi também aprovado o desconto de 25% no passe para estudantes do ensino superior até aos 23 anos, com excepção dos estudantes de arquitetura e medicina em que o desconto é válido até aos 24 anos de idade. Este desconto, à semelhança do passe 4_18, não é necessário fazer prova dos rendimentos, abrangendo todo o território português. Neste caso, basta apenas fazer prova de matricula no ensino superior.
Estas alterações entram em vigor a 1 de Janeiro de 2018.

15/11/2017

TCB lançaram concurso para novos autocarros

facebook.com/transportesonline
Já foi publicado em Diário da República o concurso público internacional para a aquisição de 60 autocarros a gás natural para os Transportes Colectivos do Barreiro.

Os TCB com este concurso irão renovar integralmente a frota de autocarros, que terá um custo de 18 milhões de euros, dos quais 3,5 milhões provenientes da União Europeia. Os primeiros autocarros deverão entrar ao serviço em finais de 2018, e vai representar a terceira maior frota de autocarros a gás natural a operar em Portugal.  

12/11/2017

Carris vai ter descontos para estudantes dos 14 aos 18 anos

facebook.com/transportesonline
A Carris está a estudar a possibilidade de dar descontos nas assinaturas mensais a jovens estudantes entre os 14 e os 18 anos, como forma de incentivar o uso do transporte público.

A revelação feita pelo presidente da empresa Tiago Farias em entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios, em que refere que a empresa este ano terá um lucro de cerca de 2 milhões de euros, em parte pelo aumento do número de passageiros transportados, e por conseguinte, aumento do número de bilhetes vendidos, mas que se materializou com aumento do número de quilómetros percorridos, tendência que se continuará a verificar.
Quanto aos 250 autocarros novos, Tiago Farias prevê que os primeiros sejam entregues até ao final de 2018, mas no que respeita aos 30 elétricos  novos anunciados recentemente por Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, o presidente da Carris não se compromete com datas, porque dependerá da estratégia da Câmara Municipal terá para expansão do elétrico na cidade, mas adianta que 20 serão articulados e 10 de cariz histórico, não só porque são mais populares entre os turistas, mas também porque são os únicos capazes de operar em ruas e curvas apertadas e de ultrapassar diversas inclinações existentes em várias zonas da cidade. Prevê ainda, a criação de uma nova carreira de elétricos entre o Cais do Sodré, Amoreiras e Campolide.
Sobre a implementação de um sistema tarifário comum a toda a Área Metropolitana de Lisboa, Tiago Farias mostra-se favorável, e diz que a Carris já está preparada tecnologicamente para o implementar. Todavia, diz desconhecer quais os planos para a sua concretização. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search