17/04/2013

TCB regista resultados de 440 mil euros em 2012

Os Transportes Coletivos do Barreiro (TCB) fecharam o ano de 2012 com um resultado positivo de 440 mil euros, ainda que se tenha registado uma quebra de passageiros, refere a Lusa.

Rui Lopo, vereador da Câmara do Barreiro e responsável pelos TCB, afirmou que se perderam “quase dois milhões de viagens em 2012, em especial no que diz respeito ao passe estudante, com menos mil passes no último trimestre”, mas que a empresa conseguiu “um resultado líquido positivo de 440 mil euros”. O autarca esclareceu que este resultado acontece pela primeira vez nos últimos anos, acrescentando que “existe uma quebra de atratividade e de passageiros em toda a AML e o facto de terem terminado os descontos dos passes de estudante tem reflexos muito fortes na receita. A gestão dos TCB está a caminhar para o equilíbrio, mas existem aspetos que não dependem só de nós”. Rui Lopo defendeu que o passe Navegante “trouxe mais receita mas não chega, falta ainda ajustar a repartição dos passes intermodais tipo L, em que recebemos menos do que devíamos”. O vereador referiu ainda que os TCB estão a realizar um inquérito para avaliar a qualidade do serviço, que decorrerá até maio, em que os problemas identificados pelos utentes vão ser analisados e corrigidos.

in: transportesemrevista.com de 17 Abr/13

09/04/2013

Transtejo será integrada na Transportes de Lisboa


O Grupo Transtejo (Transtejo e Soflusa) responsável pelo transporte fluvial e os concelhos de Almada, Barreiro e Seixal, será integrado na Transportes de Lisboa que reúne Carris e Metro.

Sérgio Monteiro, Secretário de Estado dos Transportes, anunciou esta tarde no Parlamento que o Grupo Transtejo será fundido operacionalmente com os Transportes de Lisboa, criada em 2012 no âmbito da fusão entre a Carris e o Metropolitano.

A medida tem como objectivo a racionalização de custos no sector dos transportes.
Sérgio Monteiro refere que a integração das três empresas permite uma redução de treze para cinco administradores. O responsável anunciou ainda que desde 2010, no conjunto das empresas públicas de transportes, saíram cerca de 2600 trabalhadores.

05/04/2013

Governo diz que Carris e Metro terão concessões separadas


transportes online
O Governo através da Secretaria de Estado dos Transportes já garantiu que Carris e Metro de Lisboa terão concessões separadas.

Sérgio Monteiro, Secretário de Estado dos Transportes, justifica a decisão com as opções estratégicas e de investimento dos dois modos de transporte. Sérgio Monteiro garante ainda, que até ao final do primeiro semestre, e depois de uma consulta mais alargada ao mercado, as empresas estarão em condições de lançarem os respectivos cadernos de encargos para a concessão dos serviços.

Linha de Cascais poderá ser a primeira a ser concessionada


transportes online
A linha de Cascais poderá vir a ser a primeira linha a ser concessionada.

Dentro da área de negócios da CP, a linha de Cascais aparece como a escolhida para iniciar o projecto de concessões das operadoras de transportes públicos. Dada a urgente necessidade de investimento nesta linha ao nível do material circulante, a linha de Cascais poderá arrancar como projecto piloto, para depois ser alargada às restantes linhas da CP.
É praticamente dado como certo, que a CP deseja iniciar o projecto de concessões por uma linha suburbana, alargando-se posteriormente às restantes linhas suburbanas, e de seguida às linhas regionais e de longo curso.
A Tutela já pediu à administração da CP que optimize todo o processo afim de, iniciar com a maior brevidade as linhas para a concessão.

04/04/2013

AMTL apresenta novo modelo de coroas para região de Lisboa

transportes online
autocarro da Transportes Sul do Tejo
A Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa apresentou à Tutela e operadores o projecto de alteração do mapa de coroas da Região de Lisboa.

O novo modelo contempla as atuais coroas, e o aumento de mais quatro levando o sistema até Mafra a norte, e a  Palmela e o Montijo a sul de Lisboa. Cada coroa passa a estar dividida e oito sectores priveligiando deste modo a mobilidade e a redução das tarifas. Neste propósito, o estudo aponta para uma alteração na repartição das receitas entre os diferentes operadores, com base no número de validações em cada operador, em vez de uma chave de repartição baseado em inquéritos.
A proposta já teve luz verde do governo, mas os operadores ainda não se pronunciaram. Em caso de parecer positivo, salvaguardando possíveis alterações ao projecto, a Autoridade de Transportes de Lisboa prevê implementar o sistema a partir de 2014.

01/04/2013

STCP passa a disponibilizar informação sonora sobre mudança de zona


A informação passou a estar disponível na semana passada no interior dos veículos da STCP, em áudio.

Como tem sido habitual, todos os autocarros da STCP informam o passageiro sobre a “próxima paragem”, quer em áudio, quer através dos painéis eletrónicos a bordo das viaturas. Desde, há alguns meses que a informação sobre mudança de zona passou a ser visualizada nos painéis sempre que os autocarros atravessavam uma nova zona tarifária. A partir de agora, os painéis passam a mostrar em todas as paragens qual a zona tarifária existente. Para além disso, haverá uma informação sonora quando há uma mudança de zona, indicando o fim da mesma, seguido de outro aviso indicando o início de uma nova zona.
Esta medida visa melhorar a informação respeitante às zonas tarifárias, aumentando o conhecimento dos passageiros sobre as mesmas, permitindo uma correta validação dos títulos de transporte.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search