22/11/2011

Transportes com serviços minimos dia 24

No dia 24 de Novembro, dia de greve geral, foram decretados serviços mínimos nos transportes. Desta forma, na próxima 5ª-feira as empresas públicas vão ter serviços mínimos nas seguintes linhas:

-STCP: 200, 205, 300, 301, 305, 400, 402, 500, 501, 508, 600, 602, 603, 701, 702, 801, 901, 902, 903, 905, 907 e as linhas nocturnas 4M e 5M. A STCP admite não haver perturbações significativas nas linhas operadas por privados (10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94 e ZR);

-Metro do Porto: a empresa prevê serviços limitados na linha D (Hosp. S. João/Sto. Ovídio), e no tronco comum entre a Sra. da Hora e o Estádio do Dragão com tempos de espera que podem chegar aos 30 minutos, entre as 7h00 e as 22h00. No restante horário e linhas não estão previstos serviços;

-Na Carris haverá serviços mínimos nas carreiras 12, 36, 703, 708, 735, 738, 742, 751, 755, 758, 760, 767 e 790;


-Metro de Lisboa: não haverá circulação entre as 23h30 de dia 23 e a 1h de dia 25;

-Transtejo/Soflusa: não foram decretados serviços mínimos pelo que, não está garantido o transporte entre as duas margens do Tejo;

-CP: prevêem-se fortes perturbações nos diversos serviços da CP já no final do dia 23, prolongando-se pela manhã do dia 25. Assim, nos suburbanos da Grande Lisboa foram decretados serviços mínimos nas quatro linhas exploradas pela CP (Azambuja, Sintra, Cascais e Sado). tabela horários serviços mínimos CP Lisboa!
No Porto também haverão serviços mínimos nas linhas de Aveiro, Braga, Guimarães, Caíde/Marco Canavezes. consulte horários serviços mínimos CP Porto!
CP Regional: serviços mínimos!
CP longo curso e Internacional: serviços mínimos! 

Nas empresas municipais de transporte como em Coimbra, Braga, Barreiro, Aveiro podem ocorrer fortes perturbações, bem como em algumas empresas privadas de transporte.

14/11/2011

Governo vai acabar com desconto para reformados e estudantes

A partir de 1 de Janeiro de 2012 reformados, pensionistas e estudantes cujos rendimentos estejam acima do ordenado mínimo nacional vão deixar de ter desconto de 50% na aquisição de assinatura mensal.

A medida que o Governo está a prepar irá retirar a comparticipação de 50% a elementos cujo agregado exceda o ordenado mínimo nacional per capita, ou seja, utentes dos transportes públicos da CP, Carris, Metro de Lisboa, Metro do Porto, Transtejo, STCP e operadores privados de Lisboa e Porto abrangidos pelo passe social, bem como estudantes de todos os operadores nacionais que aderiram ao passe 4_18 e sub_23 terão de pagar mais a partir de Janeiro.
A medida insere-se no Plano Estratégico para o sector dos transportes, e deriva da gravíssima situação financeira que vivem as empresas públicas de transporte. O Governo no entanto, não pretende mexer no desconto para agregados de baixos rendimentos, mantendo-se a comparticipação em 50% do valor da assinatura bem como, do tarifário social+ com desconto de 25%.

05/11/2011

Greve nos transportes

Na próxima 3ª-feira os sindicatos representativos dos trabalhadores das empresas públicas de transportes anunciaram um pré-aviso de greve que pode afectar as deslocações a milhares de utentes.

Os sindicatos dos trabalhadores da Carris convocaram uma paralisação para o período entre as 10h e as 16h. À mesma hora param os trabalhadores da STCP embora, as linhas da STCP operadas por privados (10, 55, 61, 64, 68, 69, 70, 94 e ZR) mantêm o seu funcionamento normal.

O Metropolitano de Lisboa prevê  perturbações entre as 6h e as 10h30. A Transtejo e a Soflusa prevêm perturbações ao longo do dia dado que, os trabalhadores farão um período de greve de três horas por turno.

Na CP haverão perturbações ao longo de toda a semana, e a empresa não disponibilizará transportes alternativos. No dia 7 ao final do dia prevêem-se algumas perturbações à circulação sendo mantidas durante todo o dia de 3ª-feira. Na 4ª-feira haverão perturbações no período da manhã.No dia 11 a partir das 10h a CP prevê perturbações durante todo o dia e manhã de dia 12.

Na 4ª-feira estão previstas perturbações pontuais ao longo do dia na Carris, Transtejo/Soflusa, STCP e Metro de Lisboa.
No Metro do Porto tratando-se de uma empresa pública concessionada a privados, não estando os trabalhadores sujeitos aos novos cortes impostos pelo Governo, não estão previstas perturbações.

02/11/2011

Novas linhas no Andante

Já disponível para os utentes do Grande Porto 5 novas linhas integradas na rede intermodal Andante.

Sem custos adicionais os utentes do Grande Porto já podem utilizar os tarifários Andante em 5 novas linhas: - linha 5 (Maia [Metro] / Silva Escura [Escolas]) da empresa Nogueira da Costa;
-E 4 novas linhas na Valpi a saber: linha 1 (Pinheiro Manso / Porto (Trindade), linha 7 (Pinheiro Manso / Porto via A4 Valongo), linha 81 (Pinheiro Manso / Porto via A4 Valongo), e linha 91 (Sobrado de Cima / Matosinhos - Mercado).

Até ao final do ano outras 37 linhas de operadores privados irão adoptar o Andante.

O Andante é um tarifário intermodal utilizado na STCP, Metro do Porto, CP (percurso entre Espinho e Valongo Estação), e algumas linhas de operadores privados. Tendo em conta as zonas percorridas pelos diversos operadores, os utentes com um único título de validade horária, podem utilizar diferentes linhas e operadores.















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search