27/11/2014

Câmara do Porto desiste da concessão à STCP

youtube.com/ipsisnet
A Câmara Municipal do Porto não vai concorrer à subconcessão de exploração da rede da STCP. A edilidade alega que de acordo com o Caderno de Encargos apresentado para a exploração da operadora portuense, a Câmara não dispõe de condições financeiras para a sua exploração.

De acordo com estudos encomendados pela autarquia portuense, para a exploração da STCP ser rentável, o subconcessionário teria de despedir funcionários, baixar salários e reduzir a oferta. Ora, a Câmara que tem sido critica em relação à forma como tem sido conduzido o processo de subconcessão, diz que não tem recursos suficientes para explorar a operação da empresa já que não pretende reduzir a oferta, nem despedir funcionários.
Recorde-se que a Câmara do Porto admitiu concorrer à subconcessão da STCP juntamente com outras autarquias abrangidas pela exploração da STCP, e ainda por operadores privados. Até 8 Dezembro, os interessados poderão apresentar propostas para a subconcessão da STCP e Metro do Porto.

Também a Vimeca que levantou o Caderno de Encargos já fez saber que não vai concorrer à subconcessão por considerar a operação seria deficitária.

22/11/2014

Greve CP na 2ª-feira

youtube.com/ipsisnet
Na próxima 2ª-feira devido a um pré-aviso de greve convocada pelos sindicatos representativos dos maquinistas e pessoal de bilheteira da CP por um período de 24 horas, prevêem-se fortes perturbações na circulação de comboios de norte a sul esteja bastante restringida já a partir da noite de domingo, prolongando-se até a manhã de terça-feira.

Foram definidos pelo Tribunal Arbitral a circulação de 25% dos comboios previstos para esse dia em todos os serviços. Assim estão previstos os seguintes serviços:
Para todas as informações os clientes poderão contactar o call-center da CP através dos número 707 210 220.

20/11/2014

Governo Regional avança com privatização da HF

O Governo Regional da Madeira vai vender a totalidade da empresa Horários do Funchal, que explora a rede de serviço público de transporte urbano e local por autocarro no concelho do Funchal, avança o Diário Económico. Foi hoje publicado em Diário da República um decreto regulamentar regional onde se explica que a venda irá decorrer em duas fases. A primeira prevê o levantamento de potenciais interessados e outra de apresentação de propostas vinculativas em envelope fechado. Contudo, o calendário para as duas fases ainda está por determinar pelo Governo Regional. O Executivo madeirense optou pela venda direta da empresa, justificando que desta forma serve o “interesse regional” e por se tratar de um modelo mais “célere e simples” tendo em conta a necessidade de normalização das finanças da região. Até porque, segundo o Governo Regional existe “um elenco restrito de entidades em condições de proceder satisfatoriamente à exploração de um regime de transporte urbano e local na Região”. O DRR revela que “ a venda direta é destinada a um ou mais investidores, que podem concorrer individualmente ou em agrupamento, nacionais ou estrangeiros, com perspetivas de investimento estável e de longo prazo com vista ao desenvolvimento estratégico e sustentável da Horários do Funchal e preferencialmente com experiência no setor do transporte urbano e interurbano de passageiros”.

in: transportesemrevista.com de 20 Nov/14

18/11/2014

Metropolitano de Lisboa apresenta serviço de informação interativo

youtube.com/ipsisnet

O Metropolitano de Lisboa acaba de lançar um serviço de informação totalmente interativo.

O Metro em parceria com a MOP  e a TOMIWorld acabam de lançar painéis interativos que permitem aos  utilizadores procurarem rotas, bilhetes e preços de transportes públicos na cidade de Lisboa. O sistema designado por TOMI permite ainda a consulta de locais a visitar dentro da cidade de Lisboa, consultar as principais notícias, e a agenda cultural.Os utilizadores podem ainda interagir com o smartphone e tirar uma fotografia e enviá-la diretamente para o smartphone ou para o e-mail.Podem ser consultados restaurantes, locais para dormir, shoppings e várias atrações da cidade.Os novos painéis interativos encontram-se distribuidos pelas estações do Colégio Militar, Jardim Zoológico, São Sebastião, Baixa do Chiado, Restauradores, Terreiro do Paço, Santa Apolónia, Campo Grande, Cidade Universitária, Entre Campos, Campo Pequeno, Saldanha, Marquês de Pombal, Rato, Cais do Sodré, Rossio, Alameda, Aeroporto e Oriente.

13/11/2014

Governo vai privatizar 66% da TAP

youtube.com/ipsisnet
O governo aprovou hoje em Conselho de Ministros a privatização de 66% da TAP, que deverá decorrer até ao Verão de 2015.

Dos 66% do capital a privatizar da TAP SGPS, 5% estão destinados aos trabalhadores, sendo que o Estado mantém 34% do capital pelo menos nos próximos 2 anos.
O governo avança que esta decisão está no facto do Estado estar impedido pelas regras comunitárias de injetar dinheiro na empresa, pelo que é necessário encontrar um investidor capaz de recapitalizar a TAP.

Câmara de Vila Real quer renovar contrato com a Corgobus

youtube.com/ipsisnet
A Câmara de Vila Real manifestou interesse em renovar o contrato de prestação de serviço urbano de transportes com a Corgobus, atualmente concessionado ao grupo espanhol Avanza.

A concessão atual termina já no final do mês de Novembro. Porém, o lançamento do novo concurso está atrasado porque a autarquia espera pelas alterações legislativas que visam aumentar a competências dos municípios na área dos transportes. Assim, a edilidade pretende prorrogar a atual concessão até ao lançamento do novo concurso.
Em cima da mesa, está a intenção da autarquia em alargar o serviço de transportes às localidades de Borbela, Vila Marim e Mouçós logo que se procedam as alterações legislativas referidas.
A autarquia refere ainda, que o valor a pagar à Avanza pela prestação do serviço irá diminuir a partir do final do mês dado que, a propriedade dos autocarros passa para a Câmara.

01/11/2014

Metro do Porto nas noites de fim-de-semana prolongado por mais 15 dias

transportes-online.pt.vu
O serviço prestado em contínuo nas noites de sextas e sábados desde o passado 11 de Julho, e previsto inicialmente para terminar a 1 de Novembro, foi prolongado até 16 de Novembro.

O Metro do Porto vai continuar a operar por mais 2 semanas o serviço nas linhas A e D nas noites de sexta e sábado entre a Sra. da Hora/Estádio do Dragão e Santo Ovídio/Hospital S. João. A grande adesão que nas madrugadas utilizaram o serviço, acima dos 100 mil, ditaram o prolongamento do serviço que até 16 de Novembro.
A iniciativa implementada no passado mês de Julho em articulação com a Câmara Municipal do Porto, contribuiu definitivamente para o aumento da procura do Metro do Porto, contribuindo significativamente para a redução do tráfego e do número de acidentes nas noites de fim-de-semana, onde muitos procuram diversão no centro da cidade.
O serviço de metro na cidade do Porto foi o nono a nível mundial a proporcionar um serviço ininterrupto ao fim-de-semana. O Metro e a Câmara admitem no próximo ano repetirem a iniciativa.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search