30/04/2020

Oferta de autocarros da STCP reforçada

facebook.com/transportesonline
A partir de 2ª feira, 4 de Maio, a STCP vai implementar novos horários, coincidindo com a reabertura de parte da economia e o previsível aumento do número de passageiros.

A STCP vai reforçar a circulação de autocarros para cerca de 95% da oferta normal. Das 70 linhas, 33 terão horário "Normal" e 37 horário de "Férias Escolares". As linhas de elétricos vão continuar suspensas e o Museu do Carro Elétrico encerrado.
O embarque nos autocarros é retomado pela porta da frente, e será obrigatório validar o título de transporte. As vendas a bordo também são retomadas, mas apenas será aceite a quantia certa (2€ custo de bilhete de bordo) de forma a diminuir o contacto com dinheiro. Aconselha-se no entanto, o carregamento antecipado dos títulos Andante nos postos de venda, máquinas automáticas e agentes Payshop. No caso de assinatura mensal, poderá também fazê-lo na rede Multibanco. Em alternativa, pode utilizar a app Anda disponível para smartphones Android com NFC.

A empresa continuará a apostar na desinfecção e higienização dos autocarros, e aos motoristas será disponibilizada viseira, máscaras, luvas e gel desinfetante. Ao longo do mês de Maio vai ser instalada uma proteção na cabine do motorista para diminuir os riscos de contágio, e os lugares da fila da frente vão estar restringidos aos passageiros, através de uma sinalética que está a ser montada.
Todas as informações estão disponíveis no site, lojas Andante, e sempre que se justificar nos painéis eletrónicos ou ecrãs de informação ao público no interior dos autocarros.

29/04/2020

CP suspende ligações Alfa Pendular e Intercidades entre 1 e 3 de Maio

facebook.com/transportesonline
Devido à limitação de circulação entre concelhos no fim-de-semana de 1 a 3 de Maio, a CP vai suspender todas as ligações de Alfa Pendular e Intercidades entre as 0h de 6a-feira e as 24h de domingo, com as seguintes exceções:

  • 17:02h: Lisboa Oriente/Évora;
  • 19:06h: Évora/Lisboa Oriente;
  • 18:15h: Beja/Casa Branca;
  • 18:29h: Casa Branca/Beja.
Para solicitar o reembolso de bilhetes adquiridos poderá fazê-lo através deste formulário.

Nos restantes serviços mantém-se a oferta em vigor. Para outras informações contacte a linha de apoio ao cliente pelo 707210220.

28/04/2020

Transportes do Grande Porto retomam validações a 4 de Maio

facebook.com/transportesonline
Os transportes públicos do Grande Porto retomam a obrigatoriedade de validação dos títulos de transporte a partir de 2ª-feira, 4 de Maio.

A partir da próxima 2ª-feira é retomada a obrigatoriedade de validação dos títulos de transporte em todas as empresas da Área Metropolitana do Porto. Nos autocarros a entrada volta a fazer-se pela porta da frente. 
As lojas Andante já reabriram, sendo possível carregar o passe para o mês de Maio. De forma a evitar aglomerações nos pontos de venda, aconselha-se o carregamento do passe nas máquinas automáticas do metro e CP, agentes Payshop e rede Multibanco. Se tiver telemóvel Android com NFC pode utilizar a aplicação Anda para validar o título de transporte em qualquer operador da região, sem necessidade de aquisição prévia de qualquer tipo de título de transporte, dado que a aplicação determina com base nas viagens efetuadas qual o título mais económico, cujo valor é posteriormente debitado à conta bancária.
Vão ser colocados mais autocarros em circulação, com lotação máxima restringida a 2/3 da capacidade de cada veículo. Adverte-se para a necessidade de utilização de máscara individual no acesso aos transportes públicos.
No caso da empresa Espírito Santo, as validações são obrigatórias já a partir do dia 2 (sábado), e na Maré a partir de dia 3 (domingo). 





Rede Expressos sem serviço no fim-de-semana prolongado

facebook.com/transportesonline
A Rede Expressos à semelhança do fim-de-semana de Páscoa não terá qualquer serviço nos dias 1, 2 e 3 de Maio em virtude da proibição de deslocações para fora do concelho de residência.

Entre as 0h de dia 1 e as 24h de dia 3 de Maio não haverá qualquer ligação da Rede Expressos, sendo que a atividade será retomada na segunda-feira dia 4. Esta paralisação afeta todos os serviços da Rede Expressos, Renex, Citi Express, serviços de longo curso da Eva Transportes e Rodonorte.

Para mais informações tem à disposição a linha de apoio ao cliente pelo 707223344.




26/04/2020

Validações de bilhetes nos transportes de Lisboa volta a ser obrigatório em Maio

facebook.com/transportesonline
A partir de 1 de Maio volta a ser obrigatório validar os bilhetes e passes em todos os modos de transporte da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Alguns operadores como a Rodoviária de Lisboa, Vimeca e Scotturb já haviam tomado a decisão de retomar a venda e validação de bilhetes a bordo a partir do próximo mês, sendo que a entrada dos passageiros passa a efetuar-se pela porta da frente. Hoje, a AML confirmou que a partir da próxima 6ª-feira será obrigatório validar o título de transporte em todos os operadores da região de Lisboa, incluindo comboios e barcos.
Já é possível carregar o passe para Maio em toda a rede Multibanco, e a partir de amanhã dia 27, nos pontos de venda das empresas de transporte, máquinas automáticas, agentes Payshop e Pagaqui, e revendedores autorizados.
A AML reforça a obrigatoriedade das empresas de transporte reforçarem a higienização das viaturas, a garantirem um incremento da oferta, mas com a restrição da ocupação de passageiros limitada a 1/3 da capacidade dos veículos, carruagens e embarcações. Passa a ser obrigatório o uso de máscara na utilização de transportes públicos.


25/04/2020

Scotturb: validações voltam a ser obrigatórias

facebook.com/transportesonline
A partir de 1 de Maio volta a ser obrigatório validar o título de transporte na Scotturb, com a entrada a fazer-se pela porta da frente.

A Scotturb vai retomar a venda de bilhetes a bordo, bem como a obrigatoriedade de validação do título de transporte à entrada dos autocarros. A exceção são as carreiras municipais de Cascais que mantêm a gratuitidade, uma medida que a edilidade implementou no inicio deste ano.
A cabine do motorista estará protegida com com um acrílico e serão distribuídas luvas, viseiras e gel desinfetante aos motoristas.

Carris reabre postos de venda

facebook.com/transportesonline
A partir desta 2ª-feira dia 27, os postos de venda da Carris reabrem, permitindo tratar de todos os serviços como a requisição e carregamento de títulos de transporte, respeitando todavia todas as normas de segurança relativas ao Covid-19.

As lojas do Arco Cego e Santo Amaro estarão a funcionar entre as 9h e as 17h. Já os Quiosques do Colégio Militar, Campo Pequeno, Cais do Sodré e Lumiar estarão abertos entre as 8h e as 18h.
A Carris adverte que só serão aceites pagamentos com cartão bancário.
As validações serão retomadas, mas não haverá por enquanto venda de títulos a bordo. Pelo que, os clientes deverão adquirir previamente um título de transporte válido.

24/04/2020

Vimeca: validações voltam a ser obrigatórias

facebook.com/transportesonline
A partir de 4 de Maio os passageiros da Vimeca/Lisboa Transportes têm de validar o título de transporte à entrada dos autocarros, passando desta forma a entrada a ser feita pela porta da frente.

Será instalada uma proteção em acrílico na cabine do motorista, mas as vendas a bordo ainda não vão estar disponíveis.
A empresa adverte para a compra do passe para o mês de Maio, podendo fazê-lo a partir de dia 27 deste mês em qualquer loja de vendas, agentes Payshop e Pagaqui, máquinas automáticas do metro, CP, Transtejo e Soflusa, bem como na rede MB, agentes autorizados e Portal Viva, e o carregamento de títulos pré-pagos MOB4U com carregamento mínimo de 5€.


Novos horários a partir de dia 27


A partir de 2ª-feira vão ser praticados novos horários:

  • As carreiras 6, 10, 13 Direta, 20, 24, 109, 115, 124, 126, 150, 151, 161, 168, 171, 184 e 186 estão suspensas;
  • horários especiais nas restantes carreiras (consulte aqui).

22/04/2020

A partir de 1 de Maio volta a ser obrigatório validar os títulos de transporte na Rodoviária de Lisboa

facebook.com/transportesonline
A partir de dia 1 de Maio os utilizadores da Rodoviária de Lisboa (RL) vão ter que validar novamente os títulos de transporte à entrada do autocarro.

Desde meados de Março que as vendas a bordo e as validações dos títulos de transporte estão suspensas na generalidade das empresas de transportes públicos devido à pandemia de Covid-19. A RL prepara-se para retomar a validação dos bilhetes e passes, com a entrada nos autocarros a fazer-se pela porta da frente. 
Pode carregar o passe através do MB, agentes Payshop e Pagaqui, máquinas de venda automática da CP, metro e TTSL, pontos de venda das empresas de transportes e agentes autorizados.

18/04/2020

Coronavírus: vai ser obrigatório uso de máscara nos transportes públicos

facebook.com/transportesonline
interior de autocarro da STCP
O governo decidiu que a partir de dia 4 de Maio quem utilizar os transportes públicos terá de usar máscara.

Esta é uma de muitas medidas que o governo pretende implementar com o regresso do país à normalidade. O previsível fim do Estado de Emergência, e a consequente reabertura da economia e o regresso ao trabalho, haverá mais pessoas em locais públicos. Para isso, o Executivo pretende que a escola abra mais tarde para os alunos que regressem às aulas, que seja implementado junto das empresas horários de trabalho alternados, de forma a evitar grandes concentrações de pessoas, nomeadamente nos transportes públicos. Para isso, pretende aumentar a oferta de transportes e tornar obrigatório uso de máscara, mantendo-se a lotação máxima de cada veículo restringida a 2/3 da capacidade.

17/04/2020

Coronavírus: Vimeca com novos horários a partir de dia 20



facebook.com/transportesonline
A partir da próxima 2ª-feira entram em vigor novos horários na Vimeca/Lisboa Transportes ajustados ao atual estado de contingência provocado pela pandemia do Covid-19.
  • As carreiras 6, 10, 13 Direta, 20, 24, 109, 115, 124, 150, 184 e 186 estão suspensas;
  • horários especiais nas carreiras 1, 2, 7, 11, 12, 13, 15, 22, 23, 24F, 25, 26, 101, 102, 103, 104, 105, 106, 108, 110, 113, 114, 117, 118, 132, 133, 134, 135, 136, 142, 145, 152, 154, 155, 157, 162, 163, 185 e 189 (saiba mais aqui)
  • horários "Não Escolares" nas carreiras 129, 158, 164 e 168 (consulte aqui);
  • restantes carreiras realizam horários de Sábado.

Coronavírus: Transdev vai oferecer máscaras na compra de passe

facebook.com/transportesonline
A Transdev Portugal vai oferecer uma máscara lavável e reutilizável na compra de passe mensal para os meses de Maio e Junho.

A campanha é válida para todas as empresas do Grupo, e contribui para o cumprimento das recomendações da DGS para uso de máscaras individuais em espaços públicos.

Operadores rodoviários de Lisboa repõem serviços

facebook.com/transportesonline
autocarro da TST
A Área Metropolitana de Lisboa (AML) e os operadores privados chegaram a acordo para reporem carreiras suprimidas.

A AML e os operadores vão aumentar a oferta para níveis de 40% ou superior face àquilo que era a oferta habitual, de forma faseada ao longo das próximas semanas. A medida surge depois das empresas privadas terem reduzido e suprimido carreiras devido à quebra recorde do número de passageiros. No entanto, estas supressões provocaram a sobrelotação de veículos em horas de ponta, não respeitando a limitação de 1/3 da capacidade do autocarro, pondo em causa as medidas de distanciamento social.
A TST e a Rodoviária de Lisboa foram as empresas com mais carreiras suprimidas. No caso da TST, foram suprimidas carreiras para Lisboa, e a oferta atual é de 25% do habitual.

15/04/2020

Validações voltam a ser obrigatórias nos transportes de Lisboa

facebook.com/transportesonline
autocarro ao serviço da RL
As empresas de transporte da região de Lisboa preparam-se para repor a obrigatoriedade de validar o título de transporte à entrada dos veículos.

Apesar da suspensão da validação e venda de bilhetes a bordo há cerca de um mês por motivos de segurança dos motoristas na generalidade das empresas de transporte, a RL prepara-se para retomar a obrigatoriedade da validação de bilhetes e passes, com a entrada a fazer-se pela porta da frente.

Já no final Março a Eva Transportes e a Frota Azul no Algarve retomaram a obrigatoriedade de validar o bilhete. Na última segunda-feira, dia 13, foi a vez da Ribatejana, empresa que opera na zona de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos a fazê-lo. A Carris está a instalar validadores na parte traseira dos elétricos históricos. Nos autocarros será instalado um acrílico na cabine do motorista, e a entrada volta a fazer-se pela porta da frente. Na Scotturb igual procedimento.
No início deste mês as empresas alertaram para a obrigatoriedade de viajar com título de transporte válido apesar de estar suspensa a validação a bordo, apelando aos passageiros para carregarem o passe para Abril. Várias empresas já anunciaram um reforço da fiscalização.

13/04/2020

Coronavírus: Rodoviária de Lisboa adota horários especiais

facebook.com/transportesonline
A partir desta terça-feira a Rodoviária de Lisboa adota novos horários, ajustados à baixa procura verificada nas suas carreiras.

A empresa do Grupo Barraqueiro entrou em lay-off parcial na passada quinta-feira, dia 9, em virtude do decréscimo acentuado do número de passageiros, e consequentemente quebra de receitas. O prolongamento do Estado de Emergência tornou irreversível o equilíbrio financeiro, o que obriga a redefinir a oferta face às condições atuais.

Assim, serão praticados os seguintes horários:

Nota para o encurtamento da carreira 201 ao Sr. Roubado, a 210 que é encurtada à Pontinha, e a 331 é encurtada ao Sr. Roubado.


Coronavírus: Vimeca entra em lay-off

facebook.com/transportesonlineA Vimeca vai entrar em lay-off por um período de 30 dias. 

A rodoviária que opera nos concelhos da Amadora, Oeiras e parte do concelho de Sintra, vai entrar em lay-off a partir desta terça-feira, dia 14, devido à quebra drástica na procura de passageiros na ordem dos 90% desde que foi decretado o Estado de Emergência.
Em nota enviada aos trabalhadores, a empresa refere que o lay-off tem uma duração de 30 dias, podendo ser prorrogado de acordo com o evoluir do estado de pandemia, e abrange cerca de 560 funcionários, a maioria motoristas. Assim, deixa de haver recurso a horas extra, e cada motorista passa a ter um serviço diário de 7 horas. 
Os horários das carreiras vão ser reduzidos em consonância com a baixa procura registada, já a partir de amanhã. Conheça as alterações:

  • As carreiras 6, 10, 13 Direta, 20, 24 e 124 são suspensas;
  • horários especiais nas carreiras 1, 2, 7, 11, 12, 13, 15, 22, 23, 24F, 25, 26, 101, 102, 103, 104, 105, 110, 117, 152, 157 e 163 (saiba mais aqui)
  • horários "Não Escolares" nas carreiras 109, 129, 134, 158, 164, 168, 186 e 189 (consulte aqui);
  • restantes carreiras realizam horários de sábado.




09/04/2020

Coronavírus: TST suspende carreiras para Lisboa por tempo indeterminado

facebook.com/transportesonline
A TST suspende a partir de hoje e por tempo indeterminado, carreiras entre a margem sul e Lisboa devido à baixa procura provocada pela pandemia de Covid-19.

A empresa dá nota que tem registado uma baixa acentuada no número de passageiros praticamente em todas as carreiras. Pelo que, decidiu reduzir a oferta e suspender as carreiras para Lisboa, ao mesmo tempo que colocou 340 colaboradores em regime de lay-off e baixou a carga horária de mais 140. Em alternativa, a rodoviária dá nota do conjunto de carreiras que fazem ligação com os terminais fluviais da Transtejo e Soflusa como resposta a quem necessita de se deslocar entre as duas margens do Tejo.

Consulte aqui:

08/04/2020

Coronavírus: STCP e Metro do Porto alertam para necessidade de viajar com justificação

facebook.com/transportesonlineA STCP alerta os seus clientes para a necessidade de viajar com uma declaração devido ao Decreto nº 2-B/2020 de 2 de Abril que limita a circulação para além do concelho de residência que vigora entre as 0h do dia 9 de Abril e as 24h de dia 13.

A STCP que opera em 6 municípios (Porto, V. N. de Gaia, Maia, Matosinhos, Valongo e Gondomar) aconselha os seus clientes a viajarem unicamente por razões permitidas por lei, com uma declaração que comprove a necessidade de deslocação. E relembra que as forças policiais podem entrar nos autocarros para procederem à fiscalização dos passageiros.


Passageiros do Metro do Porto vão ser fiscalizados

facebook.com/transportesonline
A polícia em colaboração com o Metro do Porto vai desenvolver nos próximos dias uma ação de fiscalização para impedir que as pessoas viagem para fora do concelho de residência. Este controlo será efetuado sobretudo nas zonas de fronteira dos municípios em na Ponte Luíz I onde o atravessamento é expressamente proibido tanto a pé como de metro até ao próximo domingo.
O Metro desaconselha viagens desnecessárias e relembra que é necessário viajar com uma declaração que comprove o motivo da deslocação.
O Metro do Porto opera em 7 municípios (Porto, V. N. de Gaia, Maia, Matosinhos, Gondomar, Vila do Conde e Póvoa de Varzim).

CP corta serviços na Páscoa

facebook.com/transportesonline
comboio Alfa Pendular
A CP vai cortar todas as ligações de Alfa Pendular e Intercidades entre os dias 9 e 13 de Abril devido ao decreto de Estado de Emergência e do dever de confinamento e proibição de circular para além do concelho de residência.

A exceção são os comboios regionais, e o serviço de Intercidades Lisboa-Évora-Beja por não existir serviço regional. Tantos os comboios regionais como suburbanos vão circular com uma oferta de 30% face à oferta habitual.

Conheça a redução de oferta em comboios:


Para qualquer informação pode contactar a linha de apoio CP pelo 707210220.

Navegante: já é possível pedir "passe Família" online

facebook.com/transportesonline
O Metro de Lisboa disponibiliza um novo serviço online para aderir ao passe Navegante Família. Para isso, deve enviar um email para navegantefamilia@metrolisboa.pt, anexando o formulário preenchido e assinado, e a Minuta de Declaração de Representação.

O passe família tem um custo máximo de 60€ por agregado familiar para viajar num dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa, ou 80€ para viajar em todo o território da AML.
Para beneficiar do passe "Família" deve ter residência fiscal num dos 18 concelhos da AML.

07/04/2020

Rede Expressos sem ligações na Páscoa

facebook.com/transportesonline
Devido ao Estado de Emergência e à proibição de deslocações para fora do concelho entre 9 e 13 de Abril, a Rede Expressos não fará qualquer serviço a partir das 0h desta quinta-feira até às 24h de domingo. O serviço será retomado no dia 14 (2ª-feira) com serviços mínimos nas principais ligações. Esta interrupção abrange igualmente o serviço da Renex, Citi Express, carreiras da Eva Transportes e Rodonorte integradas na Rede Expressos.

Para mais informações poderá contactar a linha de apoio ao cliente Rede Expressos pelo 707223344 entre as 8h e as 23h.



Funicular dos Guindais temporariamente encerrado

facebook.com/transportesonline
O Funicular dos Guindais que faz a ligação entre a Batalha (Rua Augusto Rosa) e a Av. Gustave Eiffel junto à Ribeira na cidade do Porto, vai estar encerrado a partir de amanhã, e por tempo indeterminado devido à baixa procura registada, cerca de 25 pessoas por dia.

A Câmara do Porto, dona do Funicular, em alternativa assegura aos utilizadores deste transporte um serviço de táxi, mas apenas a portadores de assinatura mensal Andante válido na cidade do Porto. Os utilizadores devem chamar o táxi pelo nº 965596822 entre as 8h e as 19h.

Coronavírus: Governo vai compensar empresas de transporte por quebras de receita

facebook.com/transportesonline
autocarro ao serviço da Rodoviária
de Lisboa
O Governo vai compensar as empresas de transporte pelas quebras de receita resultante das medidas de exceção provocadas pela pandemia do coronavírus.

As empresas de transporte têm registado um decréscimo da procura na ordem dos 80 a 90% devido à pandemia do coronavírus, levando ao confinamento de muitos portugueses que agora trabalham a partir de casa, e à antecipação das férias escolares. Ainda assim, e apesar do reajuste da oferta habitual para horários de "Não Escolares", de "Fim-de-Semana" ou de "Verão", as operadoras têm mantido um nível de oferta na ordem dos 60 a 70% de modo a garantir que a lotação máxima de 1/3 seja cumprida por motivos de distanciamento social.
A maioria das empresas suspendeu as validações e as vendas de bordo, e prevê-se uma enorme quebra na venda de passes em Abril. Deste modo, para fazer face às despesas decorrentes da prestação do serviço público, o governo autorizou as Áreas Metropolitanas e Comunidades Intermunicipais a pagarem às empresas de transporte de acordo com o histórico de procura e receitas geradas nos períodos antes da pandemia. Foi ainda aprovada a compensação a pagar pelo passe Social+, 4_18 e Sub23, bem como uma verba adicional de 15 milhões de euros para as Comunidades Intermunicipais.

03/04/2020

Coronavírus: TCB adota novos horários

facebook.com/transportesonline
A partir da próxima segunda-feira, os Transportes Colectivos do Barreiro (TCB) vão adotar novos horários tendo em conta a baixa procura registada e mantendo a lotação máxima de 1/3 de passageiros por veículo.

As carreiras 149, 150 e 318 passam no entanto, a funcionar com horários de dias úteis
Pode consultar os horários dos TCB aqui, ou em tempo real através da app mobile.


Coronavírus: STCP implementa "horário de contingência"

facebook.com/transportesonline
A partir de segunda-feira, 6 de Abril, a STCP vai readaptar o horário das linhas assegurando cerca de 65% da oferta de dias normais, e preservando a lotação máximo de 1/3 dos autocarros.

O "horário de contingência" será adotado linha a linha de acordo com os níveis de procura, efetuando-se ajustes sempre que necessário, preservando o serviço público contínuo.
Face à quebra de procura, vão ser implementados:

  • "horários de domingo" nas linhas ZR, 201, 202, 204, 206, 208, 304, 400, 401, 402, 501, 502, 503, 504, 505, 506, 507, 508, 601, 604, 805, 806, 902 e 904;
  •  "horário especial" nas linhas ZM, 207, 302, 303, 603, 804 e 907;
  • "horários normais de dias úteis" na "Rede da Madrugada" e linha ZF;
  • as restantes linhas mantêm "horários de sábado".
Pode consultar os horários em tempo real através do site da STCP, widget horários em tempo real para computador, aplicação Move-me, QR Code disponível nas paragens, SMSBus, e nos painéis de tempo de espera disponíveis em algumas paragens.

Novas medidas de higienização

Como medida preventiva, a partir de segunda-feira os autocarros vão ter um reforço na limpeza e higienização. No inicio de cada turno será feita uma limpeza dos autocarros, e no final do turno do motorista as viaturas recolhem às instalações da empresa afim de serem novamente desinfetadas.

Reforço da segurança

A STCP está a reforçar a segurança em algumas linhas, após verificar algumas perturbações no interior das viaturas provocadas por passageiros não habituais que aproveitam a gratuitidade das viagens para provocar desacatos. A empresa está a colocar vigilantes em autocarros que fazem as linhas 200, 204, 207, 500, 502 e 504, não obstante de outras linhas virem a ter o mesmo reforço de segurança. Situação análoga que está a ser implementada no Metro do Porto.

Coronavírus: cartões Lisboa Viva expirados mantêm-se válidos

facebook.com/transportesonline
Os cartões Lisboa Viva expirados desde o dia 23 de Fevereiro, ou que venham a expirar enquanto durar o período de pandemia e o Estado de Emergência, bem como os perfis Social+, 4_18 e Sub23 permanecem válidos.

Esta medida surge como uma necessidade de evitar deslocações e contactos desnecessárias para alteração de perfis ou renovação de cartões, e permitir que os clientes possam viajar com um título de transporte válido. Para isso, basta recarregar o passe no Multibanco, agentes Payshop, Pagaqui, máquinas de venda automáticas e revendedores autorizados.



01/04/2020

Coronavírus: empresas de transporte recorrem ao lay-off

www.facebook.com/transportesonline
autocarro ao serviço da Transdev
Várias empresas de transporte começam a recorrer ao lay-off de forma a fazer face às quebras de receita provocada pela pandemia do coronavírus.

Desde que foi decretado o Estado de Emergência, muitas empresas sofreram um quebra na ordem dos 90%, devido à antecipação das férias escolares, ao recurso ao teletrabalho por parte de muitos trabalhadores, suspensão de serviços de aluguer e serviços expresso. A Auto Viação Feirense (AVF), foi das primeiras a recorrer a esta figura jurídica que permite dispensar parte dos trabalhadores, que passam a receber 2/3 do salário, que nunca pode ser inferior a 635€ nem superior a 1905€, ficando o Estado responsável pelo pagamento de 70% deste valor, e a entidade patronal pelos restantes 30%.
Esta medida que tem por objetivo ajudar as contas das empresas e preservar os postos de trabalho, já está a ser seguida desde hoje pelo Grupo Transdev que detém várias empresas no norte e centro do país, e que afetará cerca de 2000 trabalhadores. Também o Grupo Tejo, que inclui a Rodoviária do Tejo, Rodoviária do Oeste e Rodoviária do Lis avança com cerca de 750 trabalhadores para o lay-off. No Algarve a Frota Azul e a Eva Transportes vão dispensar cerca de metade dos trabalhadores, ou seja, 250 funcionários.
Vária empresas de turismo, as mais afetadas porque estão completamente paradas, bem como 90% dos trabalhadores da TAP, funcionários da Ryanair e easyJet em Portugal estão em regime de lay-off.
Outras empresas vão recorrer nos próximos dias ao regime de lay-off, entre as quais outras empresas ligadas ao Grupo Barraqueiro, nomeadamente as que prestam serviço de médio e longo curso.
No que concerne às empresas de transporte urbano, por agora mantêm a atividade normal, com ajustes doe horários de acordo com a procura, sem haver no entanto recurso ao despedimento, nem da paralisação total ou parcial dos trabalhadores. A Carris contudo, devido à baixa procura, está a cortar o horário dos motoristas e guarda freios a metade em certos dias, sem haver no entanto qualquer penalização salarial.

Atualização!

A Arriva Portugal que detém várias empresas no Norte do país e os Transportes Sul do Tejo vai colocar 68% dos seus trabalhadores em lay-off a partir de amanhã dia 9 de Abril.
A Rodoviária de Lisboa, do Grupo Barraqueiro, vai para lay-off parcial a partir de amanhã.
A Scotturb que opera nos concelhos de Sintra, Cascais e parte do concelho de Oeiras também já anunciou o recurso ao lay-off parcial.

Atualizado a 8 de Abril às 17:40h.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search