30/10/2018

Passe transportes Web Summit

facebook.com/transportesonline
imagem: Carris
As principais operadoras de transporte de Lisboa preparam um passe válido por ocasião da Web Summit que se realiza em Lisboa entre os dias 6 e 8 de Novembro.

Com o passe Web Summit é possível viajar em toda a rede da Carris e Metro, e nos comboios suburbanos da CP Lisboa, para um número ilimitado de viagens. Estão disponíveis bilhetes de 1 dia (9,50€), 3 dias (18,50€) e 5 dias (25€), válidos a partir da primeira validação.
Este ano, a OTLIS (Agrupamento de empresas que gere a bilhética dos operadores de Lisboa) lançou uma ferramenta online, que permite adquirir qualquer um destes títulos através do Portal Viva e pagar com cartão de crédito ou débito. Depois, o sistema envia um código para o email do cliente que permite posteriormente levantar numa das máquinas automáticas de venda nas estações de metro, o cartão carregado com o título adquirido. 

29/10/2018

Greve na Infraestruturas de Portugal na próxima quarta-feira

Na próxima quarta-feira a circulação de comboios da CP  e Fertagus estará condicionada devido a greve dos trabalhadores da empresa Infraestruturas de Portugal.

Não foram definidos serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral, nem serão disponibilizados transportes alternativos. 

18/10/2018

Via Verde lançou planeador de mobilidade para Lisboa e Porto


www.facebook.com/transportesonlineA Via Verde acaba de lançar uma ferramenta que permite calcular os melhores percursos em transportes públicos, a pé, ou pelas plataformas eletrónicas de transportes nas áreas de Lisboa e Porto.

www.facebook.com/transportesonline
A ferramenta disponível para Android e iOS, batizada de Via Verde Planner, permite descobrir quais as melhores rotas nas regiões de Lisboa e Porto a partir de uma determinada origem e horário,  bastando indicar qual o destino, e app indica quais os melhores percursos a pé, em transportes públicos e plataformas eletrónicas de transportes (Cabify, Drive Now, Ecooltra, Mytaxi e Gira), bem como os preços. Nos transportes públicos, a app indica o mapa do percurso e respetivas paragens. Entre as duas cidades, é possível obter informação sobre percursos e horários da Rede Expressos e comboios da CP. A ideia passa por encontrar o transporte mais próximo, rápido e económico.

Saiba mais aqui!



Área Metropolitana de Lisboa aprova marca única de transportes


A Área Metropolitana de Lisboa (AML) aprovou ontem a criação da Empresa TML - Transportes Metropolitanos de Lisboa, que deverá operar a partir de 2020 sob uma única marca, a Carris Metropolitana, nos 18 concelhos da região.

Um tarifário único, uma sinalética única, rotas municipais e intermunicipais integradas numa única rede. Deverá ser assim a partir de 2020, depois de lançados os concursos para a subconcessão das redes de transporte que ocorrerá em 2019, mas cujos concorrentes terão de operar sob a marca Carris Metropolitana.
A AML acredita que uma marca única gera valor não só para as empresas participantes, como para os cidadãos que passam a ter uma informação facilitada e única, numa única rede que será redesenhada, e um tarifário único que entrará em vigor já a 1 de Abril de 2019. A medida tem por objetivo vir a integrar empresas como os comboios suburbanos da CP, Fertagus, Metro Sul do Tejo, Soflusa e Transtejo.

17/10/2018

Greve Metro de Lisboa

Os trabalhadores do Metro de Lisboa vão estar em greve amanhã de manhã até às 9:30h. Os trabalhadores administrativos estarão em greve entre as 10h e as 12:30, mas sem perturbações na circulação de comboios.
Não foram decretados serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral. No entanto, a Carris vai reforçar durante o período de greve as carreiras 726 (Sapadores«»Pontinha Centro), 736 (Cais do Sodré«»Odivelas) e 783 (Portela/Prior Velho«»Amoreiras)

11/10/2018

CP repõe horários nas linhas de Sintra/Azambuja


facebook.com/transportesonline
A partir do próximo domingo 14 de Outubro, a CP irá repor os horários nas linhas de Sintra/Azambuja, com horários anteriores a 5 de Agosto.

A CP promete repor integralmente os horários que existiam antes das alterações efetuadas a 5 de Agosto, com o mesmo número de comboios e de lugares.

Consulte os horários aqui!


09/10/2018

Greve na Infraestruturas de Portugal desconvocada

facebook.com/transportesonline
Atualização!

Os sindicatos representativos dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal desconvocou a greve marcada para a próxima 6ª-feira. Deste modo, a circulação de comboios será feita normalmente. Contudo, prevê-se que possa ocorrer uma greve a 31 deste mês.

Noticia atualizada às 16:01h de 10 Out'18!



Noticia original: Greve na Infraestruturas de Portugal pára comboios na próxima 6ª-feira

Na próxima 6ª-feira devido a um pré-aviso de greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal, prevêem-se fortes perturbações na circulação de comboios da CP e da Fertagus.

Não foram decretados serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral. No caso da CP, os passageiros que já tenham adquirido bilhete para o serviço Alfa Pendular, Intercidades, Regional, InterRegional, ou Internacional, podem pedir o reembolso do bilhete até aos 10 dias seguintes ao da greve.

08/10/2018

Já é possível emitir ou renovar o cartão Lisboa Viva na hora

facebook.com/transportesonline
imagem: Portal Viva
A OTLIS, entidade que gere a bilhética sem contacto nos transportes da região de Lisboa, instalou uma máquina na estação do Pragal, que permite emitir ou renovar o cartão Lisboa Viva na hora.

Sem formulários ou burocracias, basta o cartão de cidadão, ou um cartão Lisboa Viva para emitir ou renovar o cartão Lisboa Viva para os perfis Normal, Criança e 3ª idade permitindo logo de seguida efetuar o pagamento e carregamento, ficando logo pronto a usar. Também não é necessário fotografias.
Este é um projeto piloto que a OTLIS pretende alargar a outras estações e pontos de venda, de forma a tornar mais fácil e acessível a obtenção do cartão Lisboa Viva que é utilizado por todos os operadores de transporte da Área Metropolitana de Lisboa. 

02/10/2018

Governo aprova passe único

facebook.com/transportesonline
Autocarro da empresa Isidoro Duarte.
Opera nos concelhos de Mafra e Loures
com ligações a Lisboa.
O governo vai incluir no Orçamento de Estado uma verba para implementar o passe único nas Áreas Metropolitanas do Porto e Lisboa já em 2019.

A proposta de passe único para as Áreas Metropolitanas foi avançadas após reuniões entre as Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto em Março passado que previa um passe com custo máximo de 30€ para utilizar dentro dos concelhos e de 40€ para viajar entre concelhos, ficando a aguardar aprovação do governo para compensar as transportadoras pela quebra de receita. O governo entretanto, assumiu esta compensação que deverá custar cerca de 65 milhões de euros para a região de Lisboa e de 25 milhões para a região do Porto, e ainda o compromisso de alargar a medida ao resto do país.
Em termos práticos, passa a ser possível viajar em todos os operadores que operam nos 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, ou nos 17 concelhos da Área Metropolitana do Porto com um único título de transporte por um valor máximo de 40€. Por outro lado, cada família paga no máximo 80€ pelos passes, ou seja, um agregado familiar com mais de 2 elementos, apenas 2 é que pagam sendo que os restantes elementos passam a  poder viajar gratuitamente. Crianças até aos 12 anos também ficam isentas. Isto significa que muitos agregados verão reduzidos em mais de 100€ mensais o valor pago pelos transportes públicos, ao mesmo tempo que mais operadores ficam integrados no sistema de passes sociais.
A medida deverá ser implementada em primeiro lugar na Área Metropolitana do Porto, onde já existe uma estrutura de passe único (Andante) e deverá ser mais fácil aplicar as alterações. Em Lisboa onde subsiste mais de 2300 títulos de transporte deverá ser um pouco mais complexo.

Área Metropolitana de Lisboa é constituída pelos municípios de: Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.
Área Metropolitana do Porto é constituída pelos municípios de: Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Paredes, Porto, Póvoa de Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia.


01/10/2018

Porto vai ter Metrobus na Avenida Fernão de Magalhães

A Câmara Municipal do Porto anunciou a construção de um sistema de Metrobus a ligar o Campo 24 de Agosto e a Praça Francisco Sá Carneiro percorrendo toda a Avenida Fernão de Magalhães.

Tal como a Transportes Online anunciou em 9/02/2017, a Câmara irá assumir a construção deste modo de transporte que tal como o metro de superfície, circula num corredor próprio e terá prioridade nos semáforos. A implementação do Metrobus insere-se num programa de beneficiação daquela avenida, que terá um prazo de execução de 540 dias e cujas obras começam já esta semana.
Não se sabe se a linha de Metrobus será integrada na STCP, ou funcionará de forma autónoma, mas terá como tarifário o Andante. Sabe-se que a autarquia quer implementar mais linhas de Metrobus na cidade, mas ainda não há calendário definido.

Veja aqui o anúncio da medida!

O que é um sistema de Metrobus?


O Metrobus é um modo de transporte à superfície que circula em canal próprio, separado do restante tráfego, cujos veículos e assemelham a um elétrico moderno, ou a um metro de superfície, mas em modo autocarro. Tem prioridade nos semáforos, ou seja, sempre que se aproxima de um cruzamento, tal como o metro ligeiro, os semáforos dão automaticamente prioridade à circulação do Metrobus. Os veículos são de grande capacidade, normalmente articulados ou bi-articulados que permitem o transporte de um número elevado de passageiros. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search