26/01/2021

Carris ajusta horários a partir de amanhã

facebook.com/transportesonline
A Carris procede a partir de amanhã a um ajustamento horário em virtude do decreto de Estado de Emergência e o dever de recolhimento obrigatório.

À semana passam a vigorar horários de "Dia Útil de Verão", com exceção das carreiras 706, 711, 726, 729, 735, 758, 767 e 781 que praticam horários de "Férias Escolares". São suspensas as carreiras de Bairro 22B, 31B, 32B, 43B, 44B, 58B, 70B, 73B, 76B e 79B bem como o elétrico 24E, ascensores e Elevador de Santa Justa. 
Aos fins-de-semana são suspensas todas as carreiras de Bairro com exceção da carreira 40B. São suspensas ainda as carreiras 716, 720, 732, 797 e 24E, bem como o funcionamento dos ascensores e Elevador de Santa Justa.
A nova oferta representa uma diminuição de 14% face à oferta atual.

Consulte todos os horários aqui!

22/01/2021

Maré reduz oferta

facebook.com/transportesonline
No âmbito do decreto de Estado de Emergência, e o encerramento dos estabelecimentos de ensino, a Maré vai reduzir a partir da próxima 2ª feira dia 25, a frequência aos dias úteis das linhas 107, 111, 116, 120, 121 e 123.

Aos sábados a partir de dia 30 são reduzidas as frequências das linhas 106, 111 e 134 durante todo o dia, e da linha 119 na parte da tarde.
Aos Domingos as linhas 111 e 134 sofrem uma redução de horário em todo o período, enquanto que as linhas 104, 105, 116, 118 e 120 são reduzidas apenas na parte da tarde.

Consulte aqui os horários!

TUB com horários "Não Escolares"

facebook.com/transportesonline
Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) vão adotar horários "Não Escolares" a partir da próxima segunda-feira em virtude do encerramento dos estabelecimentos de ensino.

À semana a linha 43 passa a ter uma circulação a cada 30 minutos, enquanto que as linhas 95 e 96 têm um intervalo de passagem a cada 40 minutos. Na linha 943 são suprimidos os horários das 21:30h, 22:30h, 23:30h, 0:30h e 1h.

Ao fim-de-semana, a partir das 13h apenas funcionam as linhas 2, 7, 18, 40, 41, 45, 58, 73, 74, 76, 83, 87, 89, 90, 91, 95 (funciona apenas com metade da oferta habitual), 96 (funciona apenas com metade da oferta habitual), 900 e 943 são suprimidos os horários das 21:30h, 22:30h, 23:30h, 0:30h e 1h).

Oferta de autocarros na Grande Lisboa vai ser reduzida

facebook.com/transportesonline
autocarro da Vimeca ao serviço da LT
A Área Metropolitana de Lisboa (AML) está a negociar com os diferentes operadores de transporte rodoviários da região uma redução da oferta de autocarros tendo em conta o Estado de Emergência atualmente em vigor.

O encerramento das escolas e de vários estabelecimentos, bem como a obrigatoriedade de teletrabalho para alguns setores de atividade está a provocar uma quebra de passageiros. A AML juntamente com os operadores estão a trabalhar numa nova oferta adaptada às necessidades do período atual, pensada carreira a carreira e que salvaguarde os serviços essenciais sobretudo nos picos de maior procura da manhã e da tarde. Para isso, as empresas devem ter em conta as alternativas de transporte em todas as localidades, sobretudo fora do horário escolar, e de assegurar a mobilidade para equipamentos sociais como hospitais e centros de saúde.
As empresas devem se necessário acautelar a regra de lotação de 2/3, e promover desdobramentos e os ajustes necessários para assegurar a mobilidade das pessoas em segurança. A partir da próxima 2ª - feira, entram em vigor na generalidade das empresas de autocarros de Lisboa os horários "Não Escolares".

Consulte os horários aqui:

Metro de Lisboa altera horários

O Metropolitano de Lisboa informou que a partir da próxima 2ª - feira vai adotar horários de "Verão". Aos fins-de-semana circulam comboios com 3 carruagens. 

20/01/2021

SMTUC reduz oferta

www.facebook.com
Os transportes de Coimbra (SMTUC) reduz a oferta já a partir de amanhã, 6ª feira, passando a operar com horários de "Agosto".

As linhas 13P e a Linha do Botânico são suspensas. A Linha Azul são suprimidos os horários das 8:40h, 9:10h, 17:10h, 17:40 e 18:10 (Portagem) e as 8:55, 9:25, 17:25, 17:55 e 18:25 (Sé Velha).

Aos sábados os horários são reajustados (consulte aqui).

Vimeca e Scotturb dão lugar à Viação Alvorada

 As empresas Vimeca e Scotturb vão ser transformadas numa nova empresa: a Viação Alvorada, Lda.

facebook.com/transportesonline
autocarro ao serviço da Vimeca

No final do atual período de concessão, a Vimeca/Lisboa Transportes e a Scotturb, ambas pertencentes ao Grupo brasileiro Guanabara, vão ser encerradas e transformadas numa nova e única entidade chamada  Viação Alvorada, Lda, que vai explorar a concessão do lote 1 em resultado do Concurso Público Internacional lançado no ano passado pela Área Metropolitana de Lisboa (AML), e que foi ganha pelo consórcio Scotturb/Vialagus. 

O lote 1 compreende a zona Noroeste, que abrange os concelhos da Amadora, Oeiras, Sintra e ainda as ligações aos concelhos de Cascais e Lisboa, e que representa atualmente 33% da oferta rodoviária de toda a região de Lisboa.
facebook.com/transportesonline
autocarros ao serviço da Scotturb
O consórcio Scotturb/Vialagus apresentou a única proposta ao lote, ao oferecer 1,95€/km. Atualmente, existem 98 carreiras operadas pela Vimeca e pela Scotturb, mas terão de ser criadas mais 35 para um total de 133, o que representa um aumento da oferta em 39%. Para isso, serão realizados 28,5 milhões de quilómetros por ano, o que equivale a uma remuneração de 55,6 milhões de euros ao consórcio vencedor. No final do período de concessão de 7 anos, caberá uma remuneração ao operador de 389 milhões de euros no global, o valor mais caro de todos os lotes.
A nova empresa que vai substituir a Vimeca e a Scotturb, a Viação Alvorada, foi registada em Outubro passado e pertence ao mesmo Grupo detentor da Vimeca/Scotturb do empresário brasileiro Jacob Barata, e que já atua no Brasil há varias décadas com o mesmo nome. 
A nova empresa que deverá iniciar operação em finais de 2021, inicio de 2022, vai operar sob a insígnia Carris Metropolitana, marca que será comum em 15 dos 18 concelhos que integram a AML. Para o efeito, vão ser adquiridos cerca de 600 novos autocarros e conta com as atuais infraestruturas da Vimeca em Queluz de Baixo e que vai servir de sede à nova empresa, da Scotturb em Alcabideche e ainda de uma terceira garagem próxima às atuais instalações da Vimeca.
A Viação Alvorada tem como acionistas a Vialagus, SA com 64,2% do capital e da Scotturb com 35,8%. 

17/01/2021

Carris mantém oferta

facebook.com/transportesonline
A Carris recuou na intenção de reduzir a oferta devido ao Estado de Emergência.

A empresa lisboeta preparava-se para um corte na oferta de carreiras em 14% com a adoção de horários de "Verão/Agosto", e a suspensão da maioria das carreiras de Bairro já a partir desta segunda-feira. Todavia, manteve a decisão de manter os horários de "Inverno" atualmente em vigor. Apenas ao fim-de-semana serão suspensas as carreiras 716, 720, 732, 797, 24E e todas as carreiras de Bairro com exceção da 40B, bem como o funcionamento dos ascensores e Elevador de Santa Justa.
A empresa garante que poderá ajustar a oferta em função da procura que se venha a registar.

Consulte todos os horários aqui!

16/01/2021

Metros de Lisboa e Porto mantêm oferta

Em período de confinamento decretado pelo Estado de Emergência, os metros de Lisboa e Porto mantêm oferta a 100%.

No caso do metro da capital, aos fins-de-semana os comboios passam a circular com 3 carruagens. Durante a semana, nas horas de ponta da manhã os comboios circulam com intervalos de 3,35 a 4 minutos, e à tarde com intervalos de 6 minutos.

facebook.com/transportesonline
composição ao serviço do Metro do Porto
Os espaços de atendimento continuam abertos com exceção do Espaço Navegante da estação do Jardim Zoológico que encerra temporariamente a partir de dia 18. 

O metro da Invicta não sofre qualquer diminuição das frequências nem da capacidade, mantendo-se na maioria dos casos a circulação de 2 composições, em especial às horas de ponta.

As lojas Andante continuam abertas ao público nos moldes atuais.

15/01/2021

STCP adota "Horário de Contingência"

facebook.com/transportesonline
A partir das 0h da próxima segunda-feira, em virtude do decreto de Estado de Emergência, a STCP adota "Horário de Contingência Verão/Agosto". A nova oferta representa uma diminuição de 12% face à oferta atual.

Aos fins-de-semana mantém-se a suspensão de 9 linhas ( 207, 208, 209, 304, 403, 503, 707, 900 e ZC) a partir das 13h, com exceção do dia 24 em que se realizam eleições para a Presidência da República.

Alternativas às linhas suspensas:
As linhas de elétrico estão suspensas, e o Museu do Carro Elétrico estará encerrado enquanto vigorar o Estado de Emergência.

Os horários podem ser consultados nas paragens e no site, bem como saber o tempo de espera em tempo real pela app Move-me, SMSbus, leitura de QRcode, beacons (apenas na cidade do Porto), e painéis de tempo de espera.

Consulte aqui os horários!

CP reduz oferta de Alfa Pendular e Intercidades

facebook.com/transportesonline
No âmbito do decreto de Estado de Emergência, a CP reduz a partir de amanhã a oferta de comboios Alfa Pendular e Intercidades.

Os passageiros que tenham comprado bilhete para os comboios suprimidos podem revalidar ou pedir gratuitamente o reembolso. Solicite o reembolso aqui!

A circulação de comboios Regionais, InterRegionais e Urbanos não sofre alterações.

Consulte aqui a nova oferta comboios Alfa Pendular e Intercidades a partir de 16 de Janeiro!


TUB reduzem oferta aos fins-de-semana

facebook.com/transportesonline
Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) vão reduzir a oferta de autocarros aos fins-de-semana em virtude do dever de recolhimento obrigatório.

A redução de carreiras é feita a partir das 13h. A partir desta hora apenas funcionam as carreiras 2, 7, 18, 40, 41, 45, 58, 73, 74, 76, 83, 87, 89, 90, 91, 95 (funciona apenas com metade da oferta habitual), 96 (funciona apenas com metade da oferta habitual), 900 e 943.
À semana mantém-se o horário de "Dias Úteis Escolares". 

Consulte aqui os horários!

14/01/2021

STCP disponibiliza serviço "vaivém" para o local de voto antecipado

facebook.com/transportesonline
imagem: STCP
A STCP e a Câmara Municipal do Porto vão disponibilizar um serviço especial "vaivém" para o exercício de voto antecipado no próximo dia 17.

O "vaivém" vai funcionar a cada 15 minutos entre a Praça do Marquês e o Centro Cultural e Recreativo dos Trabalhadores Municipais na Rua Alves Redol 292, onde se localizam as urnas para o exercício de voto antecipado.
A primeira partida do Marquês é efetuada às 8h e a última às 19:23h. Todos os títulos de transporte habituais são válidos neste serviço. À semelhança de outras linhas é possível pelos meios habituais saber o tempo de espera em tempo real do serviço especial. As paragens servidas pelo "vaivém" estarão assinaladas. 

01/01/2021

STCP passa hoje para os municípios

facebook.com/transportesonline
A STCP é a partir de hoje propriedade de 6 municípios (Porto com 53,69%, Gaia com 12,04%, Matosinhos 11,98% do capital, Maia 9,61%, Gondomar 7,28% e Valongo 5,4%). 

A 2 de Janeiro de 2017 a operação da STCP passou para a esfera dos 6 municípios, mantendo-se o Estado como acionista único. A intermunicipalização da STCP foi decidida pelo governo com a publicação de um Decreto-Lei em Diário da República ainda em 2019, mas o processo arrastou-se até agora pela necessidade de aprovação por parte das Assembleias Municipais de cada Câmara acionista com posterior envio para Tribunal de Contas para visto prévio vinculativo. O Tribunal acabou por decidir que tratando-se de um "contrato programa" com obrigações de serviço público não necessitava de visto prévio.

A efetivação da intermunicipalização chegou a estar marcada para o passado dia 27 de Dezembro, mas as Câmaras envolvidas recusaram assinar a escritura alegando que o Estado deveria transferir 15,8 milhões de euros pela quebra de passageiros resultante da pandemia. O Ministério do Ambiente assumiu ontem essa transferência, o que acabou por desbloquear o processo. Caberá ainda ao Estado assumir despesas de investimento de 2020 e 2021 no valor de 35,8 milhões de euros.

Até 2024 o município do Porto vai transferir 42,78 milhões de euros, Matosinhos (9,8 milhões euros), Gaia (9,6 milhões euros), Maia (7,7 milhões), Valongo (4,3 milhões euros) e Gondomar (4,3 milhões), num total de 78,5 milhões de euros.

A STCP regressa à esfera municipal 47 anos depois de ter sido nacionalizada em 1974 pelo Estado Português. Desde 1946, altura em que a concessão foi resgatada pela Câmara Municipal do Porto, a Companhia de Carris de Ferro do Porto (CCFP), passou a designar-se por Serviço de Transportes Colectivos do Porto. Em 1994 já como propriedade do Estado português, foi convertida em sociedade anónima passando a designar-se Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, SA.
Ao invés de um município, a partir de hoje a STCP passa a ser uma empresa intermunicipal detida por 6 municípios na razão da proporção da operação que detém em cada um destes concelhos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search