► Greve trabalhadores da CP até 21 de Fevereiro. ► Évora: já é possível pagar nos autocarros da Trevo com cartões bancários contactless. ► Fertagus permite pagamento com cartões bancários contactless. ► STCP permite compra do bilhete de bordo através de MB Way. ➲ TRANSPORTES ONLINE

20/01/2021

Vimeca e Scotturb dão lugar à Viação Alvorada

 As empresas Vimeca e Scotturb vão ser transformadas numa nova empresa: a Viação Alvorada, Lda.

facebook.com/transportesonline
autocarro ao serviço da Vimeca

No final do atual período de concessão, a Vimeca/Lisboa Transportes e a Scotturb, ambas pertencentes ao Grupo brasileiro Guanabara, vão ser encerradas e transformadas numa nova e única entidade chamada  Viação Alvorada, Lda, que vai explorar a concessão do lote 1 em resultado do Concurso Público Internacional lançado no ano passado pela Área Metropolitana de Lisboa (AML), e que foi ganha pelo consórcio Scotturb/Vialagus. 

O lote 1 compreende a zona Noroeste, que abrange os concelhos da Amadora, Oeiras, Sintra e ainda as ligações aos concelhos de Cascais e Lisboa, e que representa atualmente 33% da oferta rodoviária de toda a região de Lisboa.
facebook.com/transportesonline
autocarros ao serviço da Scotturb
O consórcio Scotturb/Vialagus apresentou a única proposta ao lote, ao oferecer 1,95€/km. Atualmente, existem 98 carreiras operadas pela Vimeca e pela Scotturb, mas terão de ser criadas mais 35 para um total de 133, o que representa um aumento da oferta em 39%. Para isso, serão realizados 28,5 milhões de quilómetros por ano, o que equivale a uma remuneração de 55,6 milhões de euros ao consórcio vencedor. No final do período de concessão de 7 anos, caberá uma remuneração ao operador de 389 milhões de euros no global, o valor mais caro de todos os lotes.
A nova empresa que vai substituir a Vimeca e a Scotturb, a Viação Alvorada, foi registada em Outubro passado e pertence ao mesmo Grupo detentor da Vimeca/Scotturb do empresário brasileiro Jacob Barata, e que já atua no Brasil há varias décadas com o mesmo nome. 
A nova empresa que deverá iniciar operação em finais de 2021, inicio de 2022, vai operar sob a insígnia Carris Metropolitana, marca que será comum em 15 dos 18 concelhos que integram a AML. Para o efeito, vão ser adquiridos cerca de 600 novos autocarros e conta com as atuais infraestruturas da Vimeca em Queluz de Baixo e que vai servir de sede à nova empresa, da Scotturb em Alcabideche e ainda de uma terceira garagem próxima às atuais instalações da Vimeca.
A Viação Alvorada tem como acionistas a Vialagus, SA com 64,2% do capital e da Scotturb com 35,8%. 

20 comentários:

Anónimo disse...

A Vimeca não pertence ao grupo Guanabara e sim ao Grupo Vega.

Fernando Castelo disse...

Esperemos que, desta vez, em Sintra sejam melhorados os transportes rodoviários, além de normalizados nos preços e se acabe com a atual confusão. E para a Pena? Quem irá "gerir" os transportes?

Aquiles Pinto disse...

Verdadeiramente, não basta mais autocarros, é preciso que sejam não poluentes, cómodos, que cumpram os horários e que nas paragens haja informação sobre o tempo de demora, de cada um.

Anónimo disse...

Em Sintra as carreiras da Pena continuam a ser exploradas pela Scotturb, que a partir do próximo ano assumirá a designação de Viação Alvorada (resulta da junção da operação da Vimeca e Scotturb).

transportes online disse...

Em Sintra as carreiras da Pena vão continuar a ser exploradas pela Scotturb, que a partir do próximo ano assume a designação de Viação Alvorada, Lda.

Unknown disse...

Ao menos tenha rede de Wi-fi. Com tanto dinheiro, poderiam investir no conforto do passageiro 🤦

Anónimo disse...

E explorarem menos os motoristas que além de maus salários são coagidos a acelerarem feito malucos para cumprirem horários que são impossíveis de cumprir alem do desrespeito da.boa parte dos passageiros
Mas la no Brasil nao funciona assim são 8 horas de trabalho recebem quase 3 ordenados mínimos e aqui esse brazuca explora os motoristas mas a culpa mais uma vez e do governo que com grandes empresários são o crime organizado

Simão disse...

Espero que respeitem os horários. Atualmente não tem havido respeito pelos clientes pelo menos aqui na Amadora.

Anónimo disse...

Boa tarde.
E será que essa nova empresa, que afinal demorou no seu início de atividade e só vai começar a funcionar agora em Janeiro de 2023, irá prestar um melhor serviço aos utentes do que presta a VIMECA que pelo menos na região da Amadora, mais concretamente na carreira 162 (Falagueira Estação/Algés) é uma VERGONHA!!! Não cumprem horários, chega-se a esperar mais de 1 hora na paragem (o recorde foi de 2 horas no início deste mês. Na paragem em frente ao IKEA o autocarro que pelo indicado no horário-completamente irrealista-deveria passar pelas 16,55h passou, imagine-se, pelas 19,04h !!!). Já cheguei a comprovar a existência de 1 único autocarro a fazer toda a carreira !!!
E já não adianta fazer reclamações pois a resposta é copy-past, chapa 5…
Enfim…esperemos que algo melhore…

José Manuel Carmo disse...

Todas as reclamações com horários não cumpridos devem ser enviados para a Carris Metropolitana , pois será essa nova entidade a gerir todos os transportes e a penalizar as empresas que não cumprirem com o que foi acordado e negociado.

Anónimo disse...

Por exemplo a carreira 1206 Portela Sintra cavaleira desde dia 3 que está parada na Portela sem haver percurso , mas os passes tem que se comprar. Empresa Nova hábitos velhos . Tudo igual ou pior

Anónimo disse...

Que vergonha de trabalho prestado a população. Carris metropolitano é uma verdadeira vergonha.

Anónimo disse...

O autocarro 1623 Cascais para Portela de Sintra funciona muito mal. Publicaram um horário mas muitos das deslocações dos autocarros não se realizam. Ficamos agora pior com a Carris Metropolitana do que estávamos antes dela aqui existir. Existe horário mas não existem os autocarros. Enfim… pagamos passe mas acabamos por ter que viajar de carro.

Anónimo disse...

Os autocarros em Sintra estão uma vergonha. A linha 1245 não cumpre horários sendo muitas vezes suprimida. Chegam a estar crianças e adultos nas paragens cerca de duas horas sem que passe um autocarro. Para quando uma fiscalização?

Anónimo disse...

Boa tarde e uma vergonha, resido em Massama e desde que a carreira 149 que foi substituida pela carreira 1715 nunca mais consegui chegar a horas ao emprego no Restelo,antes as das 07h estou na paragem em Massama e devido a autocarros cheios, supressao de veiculos, total desorganizacao ,nao consigo antes as 08h30 estar no meu emprego. Que raio de melhoria é esta, pretendo saber o que tenho de fazer para conseguir chegar a horas ao meu local de trabalho pois jaa comeco a ter problema.
Espero uma resposta,
Jorge Marques
937132618

transportes online disse...

Para esclarecimento de dúvidas, a TML disponibiliza uma linha de apoio ao cliente através do número 210418800, ou pelo e-mail contacto@carrismetropolitana.pt. Tem ainda disponível o formulário de contacto através do seguinte link: https://www.carrismetropolitana.pt/apoio/

transportes online disse...

Para esclarecimento de dúvidas, a TML disponibiliza uma linha de apoio ao cliente através do número 210418800, ou pelo e-mail contacto@carrismetropolitana.pt. Tem ainda disponível o formulário de contacto através do seguinte link: https://www.carrismetropolitana.pt/apoio/

Anónimo disse...

O autocarro 1623 da Portela de Sintra para Cascais, muitas vezes não se realiza tal como a rota inversa (Cascais para Portela de Sintra). Publicitam horários de carreiras que não realizam, deixando os utentes horas continuas à espera. Antes desta mudança para a Carris Metropolitana existia o autocarro 417 da Scoturb que efetuava o percurso de Cascais para a Portela de Sintra e de um modo geral cumpria as carreiras previstas no horário. Atualmente com a mudança para a carris Metropolitana além de terem suprimido carreiras/horários que o 417 realizava pelas Fontainhas, criaram o 1623 expresso com uma rota diferente que não serve do mesmo modo os utentes e grande parte das vezes não sai do terminal. Deveriam criar unicamente horários tendo autocarros e motoristas para o cumprir, de outro modo andam apenas a enganar as pessoas.

Anónimo disse...

O autocarro 1250 da portela de sintra - praia grande têm dias de faltarem 2 e 3 horários.
A minha filha precisa do das 9 h da praia grande para portela para a escola e nunca vem, chegando atrasada ou mesmo faltando as aulas, outros dias é o das 12.40 h que não aparece.
Hoje, por exemplo, da portela para a praia grande nem o das 16.45h nem o das 18.40h fizeram a rota, deixaram as crianças sem maneira de chegar a casa nas localidades de morelinho, nafarros e mucifal pois é o único autocarro que passa nestas localidades.
Já reclamei para carris, viação alvorada, por mail, telefone e não estão a fazer nada para melhorar.

Anónimo disse...

Uma vergonha de Serviço!
A rota 1635 Simplesmente foi esquecida! Os autocarros não aparecem e quando aparecem nunca cumprem com os horários. Nestas condições, como é que as crianças podem frequêntar as escolas????? Será que merecemos uma coisa tão má?!?!?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search