28/02/2011

Transporte gratuito para pessoas de mobilidade reduzida nos Transportes Urbanos de Guimarães

A partir de amanhã todos os utentes e seus acompanhantes que utilizem os Transportes Urbanos de Guimarães passam a viajar gratuitamente.
A medida implementada pela autarquia com a operadora rodoviária que marca o inicio de um novo período de concessão, alarga igualmente a utilização do passe reformado a todo o concelho, e não apenas, ao da zona para o qual foi adquirido.
A partir de amanhã será igualmente possível adquirir o passe reformado, ou seja, pela metade do valor, a partir dos 60 anos, em vez dos 65 como até aqui.
A autarquia e a concessionária pretendem desta forma, trazer mais pessoas para o transporte público do concelho.
A assinalar este período, os TUG colocam ao serviço 2 novos autocarros marca Mercedes-Citaro com ar condicionado, piso rebaixado e rampa de acesso para cadeira de rodas.

25/02/2011

Autocarros "DD" da STCP entram ao serviço 2ª - feira

Os novos autocarros de dois pisos da STCP entram ao serviço na próxima 2ª - feira.
Depois de um longo processo para obter a homologação do IMTT, a STCP pode colocar em operação os novos veículos de 2 pisos encomendados em 2009, e que aguardavam autorização de circulação há mais de 1 ano.
São 15 autocarros encomendados à empresa alemã "MAN" com capacidade para transportar 150 passageiros, 90 dos quais sentados. Dispoêm de rampa de acesso para cadeira de rodas, ar condicionado, e piso rebaixado.
Amanhã, a empresa convida todos os interessados a conhecerem gratuitamente os novos veículos, através de uma viagem com partida a partir dos vários concelhos onde opera (vêr: http://www.stcp.pt/pt/home/destaques/dest541.htm) até ao Castelo do Queijo, e com viagem de regresso assegurada.
Os novos autocarros foram adquiridos para operarem em linhas de maior procura, com maior extensão de percurso, e onde a circulação de veículos articulados é mais difícil.
A partir de 2ª - feira o Porto volta a receber autocarros de 2 pisos.

Novo ferry da Transtejo entra ao serviço

A Transtejo colocou hoje ao serviço o novo ferry "Lisbonense" construído em Aveiro.
O novo ferry construído com tecnologia de ponta tem capacidade para 360 passageiros, incluindo espaço para transporte de pessoas com mobilidade reduzida, e para 30 automóveis. Tem capacidade para navegar em diferentes condições atmosféricas como em condições de baixa ou nula visibilidade.
O "Lisbonense" é o primeiro de dois ferrys tipo catamaran que entram ao serviço na ligação Cais do Sodré/Cacilhas.
As duas embarcações custaram cerca de 11 milhões de euros.

Porto tem maior frota de táxis inteligentes da Europa

A rede de 500 táxis do Porto desenvolvida ao abrigo do projecto Drive-In, do Programa Carnegie Mellon – Portugal constitui a maior frota de teste de redes veiculares da Europa, refere a primeira “newsletter” do projecto europeu de Coordenação do Fórum da Internet do Futuro.


O projecto Drive-In conta com a participação de investigadores das universidades do Porto e de Aveiro, do Laboratório Associado Instituto de Telecomunicações e das empresas NDrive e Geolink, e também do IMTT – Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres e a cooperativa RadiTaxis.

O Drive-In explora a interacção entre a navegação em tempo real e as aplicações das comunicações sem fio, correlacionadas com os padrões de tráfego rodoviário. O objectivo é conseguir que o fluxo de informação seja estável e eficiente.

Os táxis da cooperativa RadiTaxi receberam protótipos que ajudarão os investigadores a reunir e a testar informação para melhoria da segurança e uma maior eficiência nas redes de transporte. Os sensores instalados nos veículos funcionam como “scanner urbano”, fornecendo informação em tempo real sobre o “metabolismo” da cidade, incluindo as condições do pavimento, a concentração de certos químicos no ar, níveis de ruído e outras variáveis que afectam a qualidade de vida.

Os automóveis e os autocarros irão estar em comunicação, podendo fornecer informações uns aos outros, e também às autoridades, sobre acidentes ou perigos na estrada.
 
in: http://www.transportesemrevista.com/ de 23 Fev/11

22/02/2011

Aeroporto de Beja terá ligação para Cabo Verde

No próximo dia 14 de Abril, os Transportes Aéreos de Cabo Verde irão realizar a primeira ligação aérea entre o aeroporto de Beja e o arquipélago africano. Segundo a ANA – Aeroportos de Portugal, este voo “planeado para a Páscoa, terá como destino final a Ilha do Fogo, após escala na Praia. O regresso verificar-se-á a 21 de Abril, prevendo-se que seja utilizado nesta operação um Boeing 757-200, com capacidade para 185 passageiros”. Esta operação surge na sequência do desafio que a Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo lançou à ANA - Aeroportos de Portugal para esta empresa dar o seu apoio à concretização de um voo charter ligando o Aeroporto de Beja a Cabo Verde. Este repto surgiu no âmbito da geminação de Ferreira do Alentejo com São Filipe na Ilha do Fogo e tem objectivos institucionais e empresariais, para o estabelecimento de negócios a concretizar entre os dois territórios. Esta operação conta com a participação de representantes de entidades oficiais e empresários da região alentejana, assim como os principais operadores turísticos que programam o destino Cabo Verde.
 

16/02/2011

"Novos" comboios na linha do Algarve

A CP vai introduzir na linha do Algarve 11 comboios revistos que operavam na linha do Minho.
Trata-se de automotoras duplas a diesel com capacidade para 164 lugares sentados, e que entrarão em operação naquela linha nos próximos meses.
A deslocalização destes comboios da linha do Minho para a do Algarve, deve-se à introdução recente de comboios inter-regionais na linha do Minho alugados à Renfe, e que permitem deste modo, deslocalizar para sul as novas composições.
Com a introdução dos "novos" comboios no Algarve, o tarifário será actualizado em 5% isto porque, o valor praticado até agora estava abaixo da média devido à falta de conforto das composições em operação. Os horários também serão actualizados.

Aeroporto Sá Carneiro eleito segundo melhor da Europa em 2010

O aeroporto Francisco Sá Carneiro, no distrito do Porto, foi o segundo melhor aeroporto europeu em 2010 e o quinto a nível mundial na categoria de tráfego de dois a cinco milhões de passageiros, segundo o Airports Council International (ACI).


Em comunicado, o aeroporto Francisco Sá Carneiro cita a directora-geral do ACI, Angela Gittens, que considera que "a competição mundial tem aumentado a importância actual da qualidade do serviço nos aeroportos".

"O programa Airports Service Quality não é apenas um concurso de popularidade, é uma ferramenta para ajudar a melhorar o desempenho de uma forma mensurável, para entender os fatores de sucesso e identificar as áreas problemáticas que podem, então, corrigir", defendeu a responsável do líder mundial dos 'benchmarkings' de satisfação do cliente passageiro.

Os rankings do ASQ baseiam-se nos resultados de cerca de 300 mil questionários preenchidos pelos passageiros em 2010, recolhendo as respetcivas opiniões sobre os vários serviços dos aeroportos, como atendimento no check-in, limpeza dos lavabos, simpatia dos funcionários, tempo de espera da primeira mala, portas de embarque, entre outros.

O Aeroporto do Porto já tinha sido galardoado com o terceiro lugar em 2006, 2008 e 2009, tendo sido considerado o melhor aeroporto europeu até cinco milhões de passageiros em 2007.

O ACI é a associação profissional mundial de operadores de aeroportos, cujo objectivo principal é representar os interesses dos aeroportos e promover a excelência profissional na gestão e operação dos mesmos.

in: jn.sapo.pt secção "Economia" de 15 Fev/11


14/02/2011

Novo consórcio promete revolucionar mobilidade

O Instituto Pedro Nunes (IPN), a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e a Meticube– Sistemas de Informação, Comunicação e Multimédia são os líderes de um projecto que pretende revolucionar a mobilidade urbana. Denominado “TICE.Mobilidade – Sistema de Mobilidade Centrado no Utilizador”, pretende colocar no mercado, no prazo de três anos, «produtos tão diversos como sistemas de mobilidade em veículos autónomos, bike-sharing (através de tecnologia que permite, p. ex., a localização, reserva e pagamento de forma simples, bem como o bloqueio e a localização da bicicleta em qualquer momento e qualquer lugar), informação contextualizada no interior dos veículos, eficiência energética, planeamento da rota e meios de transporte e geração de mapas da actividade urbana em tempo real», revela a FCTUC em comunicado.

Isto porque, o projecto visa a “criação de serviços que cativem o cidadão para a utilização dos meios de transporte públicos e dos denominados meios suaves e complementares de transporte (ex., a pé, de bicicleta ou por partilha de veículos eléctricos)”, afirma Carlos Bento, investigador da FCTUC. De acordo com este responsável, é necessário tornar os transportes mais atractivos: "os sistemas têm de oferecer vantagens concretas que garantam rapidez, segurança e conforto para que o tempo psicológico da viagem seja inferior ao tempo físico”, o que só é possível “através de serviços de informação personalizada, disponibilizados nos veículos, de forma a tornar a viagem mais agradável, pelo uso de tecnologias ubíquas e de realidade aumentada com acesso a informação contextualizada pelo local onde o veículo circula e pelo perfil maioritário dos utilizadores em cada momento da viagem”.
O projecto conta ainda com os contributos de 46 parceiros, entre os quais se destacam as Câmaras Municipais de Coimbra e Guimarães, o Metro do Porto, o Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel (CEIA), o Instituto de Telecomunicações e a Carris. Com um orçamento global de seis milhões de euros, o projecto “TICE.Mobilidade” é financiado em 80 por cento pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional – QREN.

in: http://www.transportesemrevista.com/ de 14 Fev/11

12/02/2011

CP em greve terça e quarta feira

Depois de uma semana de greve que afectou várias empresas de transportes públicos, os trabalhadores da CP preparam mais uma jornada de luta para terça e quarta feira.
Na terça, a greve está marcada para o período da manhã mais concretamente, entre as 5h e as 12h.
Na quarta o cenário parece ser mais complicado para que necessita de viajar de comboio. Os trabalhadores da empresa prometem parar durante 24 horas em protesto contra o corte nos salários decretado pelo Governo.
À semelhança do que ocorreu esta semana, a CP não irá disponibilizar transportes alternativos, e a avaliar pelos números da greve de anteontem espera-se uma adesão massiva aos protestos.

07/02/2011

Aeroporto de Beja inaugurado em Abril

O Aeroporto de Beja será inaugurado já no próximo mês de Abril.

Embora, decorra ainda o processo de certificação junto do Instituto Nacional de Aviação Civil, sabe-se já que para 22 de Maio será inaugurada uma rota entre aquele aeroporto e Heathrow operada pela Sunvil Discovery. A ligação é semanal, realizada aos domingos para aquele aeroporto londrino.
Para já, conhece-se a recusa das maiores operadoras low-cost, Ryanair e easyJet, em voar para Beja.

04/02/2011

TST pode ser multada

A empresa Transportes Sul do Tejo pode ser multada pelo Instituto de Mobilidade dos Transportes Terrestres.

Em causa está o aumento de passes e bilhetes acima do fixado em despacho governativo.
Este despacho fixava um limite máximo de 4,5% para o aumento de bilhetes simples, e de 3,5% para assinaturas mensais. O que se constata, é que a empresa que opera no distrito de Setúbal aumentou as suas tarifas na ordem dos 5,41%, sendo que em alguns casos o aumento dos passes urbanos aumentou 14%, e os bilhetes ocasionais mais de 18%.
O IMTT perante esta situação pondera aplicar uma multa à transportadora entre os 7500 e os 15000 euros caso a TST não apresente uma nova base tarifária.

01/02/2011

Comboios não voltam ao Tua

Greve nos transportes

Na segunda semana de Fevereiro poderão ocorrer perturbações ao serviço de transportes.
O pré aviso de greve apresentado pelos sindicatos, prevê que os trabalhadores afectos à Carris, Transtejo, CP, STCP, e outros operadores de transportes parem durante algumas horas entre os dias 7 e 11 de Fevereiro.
No dia 7 os trabalhadores afectos ao Metropolitano de Lisboa irão parar entre as 6:30 e as 11:30. A 9 de Fevereiro está prevista por parte dos trabalhadores da Transtejo uma paragem de três horas por turno.
No dia 9 os trabalhadores da STCP também irão parar embora, não se conheça ainda em que período do dia irá ocorrer.
No dia 10 será a vez dos trabalhadores da CP, e no dia 11 dos trabalhadores da Soflusa que farão greve duas horas por turno.
A greve tem por base os cortes salariais nas empresas do Estado, e do possível despedimento de alguns trabalhadores por parte destas empresas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search