STCP com oferta a 100% aos fins-de-semana.OBRIGATÓRIO USO DE MÁSCARA NOS TRANSPORTES PÚBLICOS.

30/12/2008

Carris vai alargar serviço "mob carsharing"

Em três meses de funcionamento, o Mob Carsharing já assinou 70 contratos, entre particulares e empresas. A Carris diz que o número está dentro da expectativa e que no primeiro semestre de 2009 abrirá mais parques
O Mob Carsharing, um serviço da Carris de aluguer de viaturas por curtos períodos de tempo, conta com 70 contratos assinados, quando se perfazem três meses desde o início do serviço, revelou ontem fonte da empresa. Segundo Carlos Miguel, director do departamento de Estudos da Carristur, - empresa participada da Carris que promove o Mob Carsharing - os contratos já assinados desde 1 de Outubro, quando arrancou este serviço, dividem-se entre particulares (30) e empresas (40).
Carlos Miguel acrescentou, contudo, que até ao final de Janeiro vão assinar mais 30 contratos com empresas - designados Mob Carsharing corporate - que estão já em fase de ultimação, perfazendo um total de 100 contratos entre individuais e empresas.
Num balanço do primeiro mês do Mob Carsharing, o gerente da Carristur, António Proença, disse à agência Lusa que o serviço já tinha 20 contratos assinados, mas estava no "bom caminho" para atingir os primeiros objectivos: 200 contratos até ao fim do ano.
O Mob Carsharing é, segundo a Carris e Carristur, um serviço que permite aos utilizadores pouparem até 4000 euros por ano caso percorram menos de 15.000 quilómetros. Cais do Sodré (uma viatura), Rua Alexandre Herculano (duas), Parque das Nações (duas), Campo de Ourique (uma), Saldanha (duas) e Campo Pequeno (duas) é onde estão parqueadas as viaturas do Mob Carsharing.
Carlos Miguel acrescentou que conta activar mais seis parques de estacionamento até final de Janeiro: um em Alcântara (Santo Amaro), Miraflores (Linda-a-Velha), Olivais (ao Instituto Superior de Engenharia de Lisboa), Estrada da Luz (junto às Torres de Lisboa), Avenida de Roma e Alto de Campolide-Amoreiras.
O acesso ao Mob Carsharing é feito através de inscrição no Clube Carsharing, mediante o pagamento de 55 euros de inscrição, e a reserva dos veículos pode ser efectuada 24 horas por dia através da Internet ou por telefone.
A ligação entre os transportes públicos e o Mob Carsharing é feita através do cartão Lisboa Viva, através do qual os utilizadores do serviço desbloqueiam as viaturas estacionadas nos parques.
O custo do serviço de Mob Carsharing é calculado em função do tempo (em horas) e dos quilómetros percorridos e implica também o pagamento de uma anuidade de 84 euros.
Ainda no primeiro trimestre de 2009, a empresa conta abrir mais sete parques para o Mob Carsharing no Bairro Alto, Lumiar, Olivais, Pateo Bagatella, Príncipe Real, Santos e Telheiras.

in: jn.sapo.pt secção "Lisboa" de 30 Dez/08

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search