06/06/2013

Gestores das empresas transportes afastados

Transportes Online
Metro do Porto
Os gestores de 5 empresas públicas de transportes foram afastados pelo governo devido aos  contratos swaps efetuados no âmbito da divida das transportadoras.

Em causa estão os gestores com funções executivas à data da celebração dos contratos, como o caso do presidente da Carris José da Silva Rodrigues, que desde há um ano acumula com a presidência do Metro de Lisboa, Pedro Bogas vogal do Metro de Lisboa entre 2006 e 2009, ou João Velez de Carvalho atual presidente do Metro do Porto e STCP, com responsabilidades do Metro do Porto à altura dos contratos.

Outras figuras já caíram como o caso de Juvenal Peneda e Braga Lino até há pouco secretários de estado, e que detinham responsabilidades no Metro do Porto em 2006, e STCP no caso de Juvenal Peneda.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search