20/10/2020

Concessão transportes do Grande Porto ganha por 3 empresas espanholas e 2 portuguesas

www.facebook.com/transportesonline
Autocarro da A.V. Feirense
O prazo para entrega das propostas para a concessão dos transportes rodoviários do Grande Porto terminou no passado dia 28 de Setembro, após 2 adiamentos devido à pandemia.

O concurso que foi dividido em 5 lotes, tem um horizonte temporal de 7 anos e prevê unificar numa única marca toda a estrutura de transportes rodoviários em 16 dos 17 municípios que compõem a Área Metropolitana do Porto (AMP). 

De acordo com o Jornal de Negócios, a Alsa apresentou a melhor proposta para os lotes 1 e 2 com um preço base ao quilómetro de 1,42€ e 1,34€ respetivamente, enquanto que a Vectalia terá apresentado a melhor proposta para o lote 3 com preço base de 1,10€ ao quilómetro, para o lote 4 com o valor de 1,15€, e para o lote 5 de 1,26€. Todas as propostas ficaram abaixo do preço base fixado no Concurso Público Internacional de 1,70€. Porém, as regras do concurso impedem que a mesma empresa ganhe mais que um lote. Pelo que, 3 dos lotes deverão ser adjudicados aos segundos classificados. 

No lote 1, Norte Centro (que abrange os concelhos da Maia, Matosinhos e Trofa, com uma oferta de 61 linhas), será adjudicada à Empresa de Viação Barraquense com um custo de 1,42€ por quilómetro. A empresa vai operar uma frota de 150 autocarros, 8 dos quais com emissões zero.  

Ao lote 2, Norte Nascente (representados pelos municípios de Gondomar, Paredes, Santo Tirso e Valongo, compreende 102 linhas), a espanhola Alsa propõe-se operar com uma frota de 200 autocarros, 14 com zero emissões poluentes, ao custo de 1,34€ por quilómetro.

Já para o lote 3, Norte Ponte (inclui os concelhos de Póvoa de Varzim e Vila do Conde, com 46 linhas em operação) a Vectalia de Espanha vai operar com 75 autocarros, sendo que 23 são não poluentes. A operação terá um custo de 1,10€/km.

No o lote 4, Sul Poente (estão os municípios de Espinho e Vila Nova de Gaia, com 91 linhas) cujo consórcio Bus On Tour que integra a Auto Viação Feirense terá 150 autocarros ao serviço com 10 viaturas não poluentes, e um preço base por quilómetro de 1,10€.

Finalmente no lote 5, Sul Nascente (inclui os municípios de Arouca, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira, São João da Madeira e Vale de Cambra, tem 136 linhas) vai ser ganho pela espanhola Xerpa Mobility. O preço proposto foi de 1,42€ por quilómetro e uma frota de 102 veículos a diesel. 

Ao todo foram apresentadas 41 propostas aos 5 lotes a concurso.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search