23/11/2016

Governo desafia futura gestão da STCP a baixar preço dos passes

facebook.com/transportesonline
autocarros da STCP
O governo através do ministro do Ambiente, Matos Fernandes, desfiou a futura gestão da STCP, que em 2017 passará para as mãos das 6 autarquias do Grande Porto servidas pela empresa (Porto, Gaia, Maia, Matosinhos, Gondomar e Valongo), a baixarem o preço dos passes tal como irá suceder com a Carris em Lisboa, cuja edilidade lisboeta já anunciou uma baixa de cerca de 40% no preço dos passes para cidadãos maiores de 65 anos, e transporte gratuito de crianças até aos 12 anos.
Os autarcas servidos pela rede da STCP mostraram concordância relativamente à vontade de baixar o preço dos passes de forma a atrair maior número de utentes para os transportes públicos, mas atiram para o governo a responsabilidade pelos custos da medida. Ao contrário da Carris cujos descontos, ou transporte gratuito incide sobre os passes da empresa, não afetando outros operadores, no Porto existe uma integração tarifário mais abrangente que em Lisboa, dado que quer as assinaturas mensais, quer os bilhetes ocasionais são intermodais, ou seja, podem simultaneamente serem utilizados em todos os operadores públicos ou privados. Portanto, uma redução no preço dos passes iria automaticamente afetar todos os operadores privados dado que o tarifário é o mesmo. Assim, os autarcas defendem que uma possível implementação da medida teria de ser financiada pelo Estado sobretudo na compensação aos operadores privados que aceitam os mesmos títulos.
A passagem da gestão da STCP para as autarquias cujo Memorando foi assinado entre o governo e as 6 autarquias abrangidas pela rede da STCP foi assinado no passado mês de Junho, deverá ocorrer no primeiro semestre de 2017. Inicialmente estava prevista a passagem da gestão a 1 de Janeiro de 2017, mas tendo em conta que o processo de transferência é mais complexo que em Lisboa porque terá de ser aprovado pelas Assembleias Municipais de 6 autarquias e terá de ter o crivo do Tribunal de Contas, o mesmo deverá ocorrer apenas alguns meses depois do inicialmente previsto.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search