21/11/2010

Greve geral: Carris, Metro Lisboa, Transtejo e STCP sem serviços minimos

Sem acordo dos trabalhadores em sede arbitral, O Tribunal não decretou serviços mínimos para o dia da greve geral na Carris, STCP, Transtejo e Metro de Lisboa.
Sem  serviços mínimos fixados, o funcionamento destes operadores fica dependente da adesão ou não dos trabalhadores à greve geral do próximo dia 24.
O metro da capital pode mesmo encerrar. Na Carris, STCP, e Transtejo o número de ligações poderá ser fortemente afectado podendo em muitos casos não ser assegurado.
Na Soflusa que faz a ligação entre a Praça do Comércio e o Barreiro estão asseguradas quinze ligações ao longo do dia.
Na CP também se prevêem fortes constrangimentos em todos os serviços, sem no entanto, se poder quantificar o números de ligações que irão ocorrer.
No Metro do Porto não estão previstos constrangimentos no dia da greve geral.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search