30/10/2014

TUB vão investir 135M€ para criar metro de superfície

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) vão investir cerca de 135 milhões de euros, em dez anos, na montagem de um sistema de metro de superfície, e na compra de novos autocarros. O anúncio foi feito pelo administrador Baptista da Costa que explicou ao Jornal de Notícias que, “logo que abram as candidaturas” ao quadro comunitário de apoio Portugal 2020, os TUB irão apresentar o projeto para a instalação de um sistema elétrico de transporte urbano do tipo BRT — Veículo Rápido de Transporte (Bus Rapid Transit), que ficará concluído dentro de dez anos, com custo estimado de 100 a 120 milhões. Este transporte servirá para fazer a ligação direta direta entre a Universidade do Minho e a estação de comboios da CP, atravessando a Cidade em linha reta, passando por zonas atualmente pedonais, como a Rua dos Capelistas e o campo da Vinha, e descendo pela Rua dos Biscainhos. 
Segundo Baptista da Costa “está provado que o transporte público não poluente em zonas pedonais beneficia o comércio e tira 20 por cento dos automóveis do centro

Numa conferência no Club de Negócios SOHO, de Braga, Baptista da Costa adiantou que a restante verba, 15 a 20 milhões de euros, será investida na renovação da frota de 120 autocarros, uma vez que “a frota está envelhecida, a média de vida dos veículos é de 16 anos, quando o máximo europeu é de 12”.

in: Transportes em Revista de 30 Out/14

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search