16/03/2019

Região do Porto vai ter marca única de transportes

facebook.com/transportesonline
autocarro da empresa Espírito Santo
A Área Metropolitana do Porto (AMP) enquanto autoridade de transportes os 17 municípios da região, determinou que a partir de 2020 haverá uma marca única para todos os transportes rodoviários da região.

À semelhança do que vai acontecer em Lisboa com a criação da marca Carris Metropolitana, também na região do Porto haverá uma marca única para todas as empresas de autocarros. Em Abril, será lançado os concursos para a concessão dos transportes a partir de 2020 em 16 municípios da AMP, com exceção do Porto onde a STCP é operador interno. Serão 5 lotes que correspondem mais ou menos à repartição das licenças atuais. Os vencedores terão de operar sob uma marca comum que ainda não foi definida.
A lógica de uma marca única tem como objetivo captar mais utilizadores para o transporte público dado que passa a existir uma forma de comunicar comum, tarifário comum, e uma rede única tornando mais perceptível a oferta de transportes na região. Em alguns casos terá de haver um aumento da oferta em zonas menos favorecidas. Os operadores vencedores não poderão ter autocarros com idade superior a 14 anos e terão de renovar as viaturas ao longo do contrato de concessão que será de 7 anos.
Em Abril vai ser apresentado um novo zonamento Andante que integra os 17 concelhos da AMP.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search