► Carris Metropolitana não aumenta tarifário em 2023. ► Fertagus permite pagamento com cartões bancários contactless. ► STCP permite compra do bilhete de bordo através de MB Way. ► Porto: Terminal Rodoviário do Campo 24 de Agosto encerrou. Todas as ligações Rede Expressos no Porto a partir do Terminal Intermodal de Campanhã. ► Assinaturas dos transportes públicos não aumentam em 2023. ► Carris Metropolitana: entrada em funcionamento na margem norte de Lisboa a 1 de Janeiro de 2023. ► Greves parciais na STCP até 31 de Janeiro de 2023. ► USO DE MÁSCARA NOS TRANSPORTES PÚBLICOS É FACULTATIVO.

27/12/2021

Arriva termina com operação no norte do país

facebook.com/transportesonline
A Arriva, grupo britânico de transportes, vai terminar com a operação que detém nos municípios do Vale do Ave e Grande Porto no final do ano.

Em causa estão ligações em 16 concelhos onde se incluem Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Trofa, Santo Tirso, Maia, Matosinhos e Porto, que deixam de ser assegurados pela Arriva em virtude do atraso sucessivo na conclusão dos procedimentos para a concessão das redes de transporte nos municípios referidos.
A atual concessão terminou no dia 2 de Dezembro, mas foram prorrogadas tendo em conta que os Concursos Públicos Internacionais para a concessão das redes de transportes não estão lançados ou não foram contratualizados. Para estes municípios será encontrada uma solução provisória a partir de 1 de Janeiro que assegure a mobilidade dos cidadãos, mas as Câmaras Municipais dos concelhos em causa ainda não encontraram até ao momento uma alternativa.

Em Guimarães e Vila Nova de Famalicão, a Arriva que detinha a concessão respetivamente dos TUG (Transportes Urbanos de Guimarães) e TUF (Transportes Urbanos de Famalicão) vai sair para dar lugar a um novo serviço de transporte. Se em Guimarães há um novo operador (Guimabus) em resultado de um Concurso Público Internacional que vai assegurar o serviço a partir de 1 de Janeiro, com novos autocarros, mais horários, novas rotas e uma maior abrangência territorial, em Famalicão o serviço vai ser assegurado provisoriamente pela Transdev até à conclusão da contratualização de uma nova rede (Mobi.Ave) que integra os municípios de Vila Nova de Famalicão, Trofa e Santo Tirso. Também em Barcelos a Transdev vai assegurar as linhas da Arriva a partir de 1 de Janeiro.

Em Portugal a Arriva continua representada com 31,5% do capital da Barraqueiro SGPS, e pela TST que assegura atualmente o transporte rodoviário nos municípios da Península de Setúbal, tendo ganho o lote 3 (Almada, Seixal e Sesimbra) para a concessão do serviço de transporte na Área Metropolitana de Lisboa a  partir de 1 de Julho de 2022, com a duração de 7 anos, sob a marca Carris Metropolitana. 


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search