01/10/2008

Carris apresenta mob carsharing

A Carris deixou definitivamente de ser uma empresa que transporta passageiros em autocarro, para passar a ser uma empresa especialista em soluções de mobilidade. Esta é uma das conclusões obtidas após a apresentação do projecto Mobcarsharing, que recentemente entrou em funcionamento. Baseado no conceito de carsharing, que já existe um pouco por todo o mundo, a Carris, através da sua participada, Carristur, é pioneira em Portugal na introdução deste tipo de opções de mobilidade. Segundo a empresa “o Mobcarsharing é um novo sistema de mobilidade urbana, baseado na complementaridade com o transporte público”. Como se faz essa complementaridade? Através do aluguer de automóveis, permitindo assim o uso de um veículo por múltiplos utilizadores que poderão dispor do mesmo quando necessário, sem que para isso tenham que o adquirir, beneficiando de uma clara vantagem na sua utilização. Esta solução é a mais indicada para as pessoas/entidades que habitualmente não fazem mais de 15 mil quilómetros por ano, necessitando do automóvel apenas ocasionalmente. Segundo estudos da UITP, efectuados em outros países onde já existe o carsharing, para além de se verificar um aumento do número de passageiros do transporte público, cada veículo neste sistema permite substituir entre quatro a dez viaturas particulares e, consequentemente, reduz a ocupação do espaço urbano, o congestionamento, a emissão de gases, o consumo de energia. O modo de funcionamento do Mobcasharing é bastante simples: em primeiro lugar tem de se registar como membro do Mobcarsharing, posteriormente o cliente tem á sua disposição um leque de veículos distribuídos por vários parques de estacionamento em diversos pontos da cidade. A reserva dos automóveis poderá ser feita através do site www.mobcarsharing.pt ou de uma linha de atendimento disponível para o efeito. Depois de confirmada a reserva, o cliente deve dirigir-se ao parque escolhido, colocar o cartão Lisboa Viva junto ao campo de leitura de cartões para abrir o veículo, confirmar dentro do automóvel os códigos de reserva e iniciar a sua viagem.

in: www.transportesemrevista.com/arquivo_passageiros de 1 Out/08

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search