04/09/2015

Alsa e Transdev ganham subconcessão da STCP e Metro do Porto

A Alsa e Transdev ganham subconcessão da operação respetivamente da STCP e Metro do Porto.

Prorrogado o Concurso Público para apresentação de proposta para a subconcessão da STCP e Metro do Porto que terminou ontem, foram apresentadas 7 propostas: 3 para operação da STCP, outras 3 para a subconcessão do Metro, e uma proposta da Barraqueiro para a operação conjunta da STCP e Metro. Os outros operadores que apresentaram propostas foram a Transdev, a Alsa e a Gondomarense.

Hoje, a Secretaria de Estado dos Transportes confirmou que dos interessados a espanhola Alsa, do grupo britânico National Express fica com a operação da STCP, e a Transdev com o Metro. Quanto à Alsa que pertence ao grupo britânico National Express, foi um dos concorrentes a par do consórcio catalão TMB/Moventis para a subconcessão da STCP no ano passado. Porém, como apresentou a proposta fora de prazo a subconcessão acabaria por ser entregue aos catalães por representarem a única candidatura válida. Quanto aos franceses da Transdev, que já detiveram a concessão do Metro do Porto entre 2003 e 2010, regressam depois do consórcio liderado pela Barraqueiro operar a rede do metro nos últimos 5 anos.
Ambas subconcessões são válidas por 10 anos, e representam segundo o governo, uma poupança face à proposta apresentada pelos catalães que desistiram da subconcessão das empresas.
Segue-se agora o visto da Autoridade da Concorrência e do Tribunal de Contas, sendo que os candidatos devem assumir formalmente o controlo da STCP e Metro no inicio de 2016. Até lá, a Barraqueiro vai continuar a gerir o Metro.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search