► Assinaturas dos transportes públicos não aumentam em 2023. ► Carris Metropolitana: entrada em funcionamento na margem norte de Lisboa adiada para 1 de Janeiro de 2023. ► Greves parciais na STCP até 31 de Outubro. ► USO DE MÁSCARA NOS TRANSPORTES PÚBLICOS É FACULTATIVA.

05/09/2022

Porto: corredor BUS da Av. Fernão Magalhães será para uso exclusivo da STCP

facebook.com/transportesonline
O corredor Bus da Av. Fernão de Magalhães vai ser para uso exclusivo dos autocarros da STCP. 

Esta avenida que foi alvo de uma transformação profunda, reabriu em Setembro do ano passado como Corredor de Autocarros de Alta Qualidade (CAAQ) que consiste numa via de duplo sentido exclusiva para a circulação de transportes públicos.
A circulação de autocarros neste tipo de via é considerada como movimento principal, o que permite dar prioridade à passagem de veículos afetos ao transporte público em detrimento dos veículos particulares, aumentando desta forma a velocidade comercial dos autocarros  e os tempos de viagem afetos a este tipo de operação.
A curto prazo, os autocarros da STCP vão poder comunicar com os semáforos através da implementação de um sistema de gestão de tráfego inteligente, dando prioridade à passagem de autocarros. 
Atualmente, existem 20 circulações/hora nos corredores CAAQ em cada sentido no conjunto das linhas 300, 305, 401 e 800 o que significa em média um autocarro a cada 3 minutos.
As paragens na extensão dos corredores CAAQ são sobrelevadas para facilitar o acesso aos veículos, e brevemente serão dotadas de informação em tempo real.
A partir do dia 12 de Setembro apenas a STCP poderá circular no corredor BUS ali instalado, obrigando os autocarros da Rede Expressos que utilizam o Terminal do Campo 24 de Agosto a procurarem um percurso alternativo. Embora, a Câmara Municipal do Porto conceda um período transitório para o fecho definitivo à circulação de outras empresas.

1 comentário:

Miguel Ângelo Silva disse...

Bom dia. Gostaria de consultar a legislação específica que legitima uma Câmara Municipal a definir que apenas uma empresa pode usar um corredor para transportes públicos em detrimento de outras. O Código da Estrada apenas define "certos tipos de veículos" e a parte que concede decisões a entidades municipais refere-se a motociclos e veículos eléctricos. Agradeço a atenção dispensada. Cumprimentos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search