14/01/2011

Requesitar o passe em Lisboa ou no Porto é bem diferente!

Os cartões de tecnologia sem contacto, são cartões com um chip e uma antena incorporada que permitem o carregamento de títulos de transporte, cuja validação é feita pela aproximação de um validador que lê a informação do cartão através de rádio frequência.
Este tipo de tecnologia está a generalizar-se rapidamente no nosso país, e permitem o seu uso em mais de um operador de transporte.
Nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, está em uso há alguns anos o carregamento e validação de títulos neste suporte.
Quer o "Lisboa Viva", quer o "Andante" em cada uma das áreas metropolitanas, tem um custo para o cliente no acto da requisição. Em Lisboa o custo do "Lisboa Viva" é de 7€ sendo que, a entrega é feita ao fim de 10 dias úteis. No caso de um pedido com carácter de urgência ou seja, com entrega imediata, o custo é de 12€ estando disponível apenas em algumas lojas.
No Porto contudo, a situação é bem melhor. O custo do "Andante" é de 5€, mais barato do que em Lisboa, e com a particularidade do cartão ser entregue na hora em qualquer um dos postos de atendimento dos autocarros, metro, ou CP.
E nós legitimamente perguntamos: porque é que em Lisboa se praticam aqueles preços? Porque é que em Lisboa não se entrega o cartão na hora sem um custo acrescido?

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search