CP reforça oferta a partir de dia 13. ► Nova rede de transportes de Cascais.OBRIGATÓRIO USO DE MÁSCARA NOS TRANSPORTES PÚBLICOS.

06/04/2018

STCP pode vir a deixar de gerir a rede de elétricos

facebook.com/transportesonline
A STCP pode vir a deixar de gerir os elétricos segundo pretendem os autarcas do Conselho Metropolitana do Porto (CMP).

Os autarcas do CMP, em concreto a Câmara Municipal do Porto, aprovaram a transferência da gestão da rede de elétricos hoje gerida pela STCP para os municípios. Neste contexto, o modelo mais previsível será o da criação de uma empresa para a gestão da rede de elétricos que atualmente inclui 3 linhas todas na cidade do Porto, e a passagem de todo o património afeto ao carro elétrico na cidade, como o Museu, para essa nova empresa.
A Câmara do Porto quer coordenar todos os trabalhos e estabelecer um Memorando com o CMP e o Estado que permita estabelecer o modelo empresarial da nova empresa, modalidade de concessão, e de desenvolvimento.
A gestão STCP que gere a rede de autocarros com operação em 6 municípios e a rede de elétricos atualmente na cidade do Porto, foi entregue a 6 municípios (Porto, Gaia, Matosinhos, Maia, Gondomar e Valongo) por um período de 7 anos.

Câmara de Gaia quer ligação de elétrico na Ponte Luíz I

A Câmara Municipal de V. N. de Gaia quer o elétrico a ligar as 2 margens do Douro pelo tabuleiro inferior da Ponte D. Luíz I. Isso representaria um regresso do elétrico aquela cidade que recebeu este meio de transporte pela 1ª vez em 28 Outubro 1905, naquela altura pelo tabuleiro superior da ponte.
A ideia é aproveitar o boom turístico existente atualmente no Porto para potenciar este meio de transporte que serviria igualmente as populações como meio de transporte.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search