19/09/2009

Opinião: Conclusões da Semana Europeia de Mobilidade


No passado dia 16 deu-se inicio às comemorações da Semana Europeia da Mobilidade a que alguns operadores, nomeadamente os operadores públicos de Lisboa e Porto, responderam com um dia inteiro de viagens gratuitas na sua rede.
Contudo, quer em Lisboa como no Porto os passageiros foram apanhados desprevenidos dado que, não houve práticamente nenhuma informação sobre a gratuidade dos transportes naquele dia.

Mais grave: enquanto a CP, Metro de Lisboa e Porto, e STCP desligaram os validadores, a Carris manteve-os activos, não informando os passageiros sobre a gratuidade das viagens, tendo para o efeito colocado um papel A4 na porta da entrada dos veículos com essa informação o que, na prática tornava impossivel a sua leitura.
O mais grave é que, sendo as viagens gratuitas, muitos passageiros acabaram por pagar a viagem dado que validaram os seus títulos de transporte. No nosso entender, deveriam pedir à empresa a devolução do dinheiro.

A Semana Europeia da Mobilidade tem por objectivo consencializar as pessoas para o uso do transporte público. As viagens gratuitas no passado dia 16 vieram demonstrar que muito dos problemas que existem de mobilidade na cidade de Lisboa, não tem propriamente a haver com a falta de alternativas de transportes, ou com mau planeamento de rede, mas porque ainda não existe um verdadeiro tarifário multimodal que permita a qualquer utente da cidade de Lisboa ao comprar um título de transporte possa viajar em todos os operadores com total mobilidade.
Muitas vezes podiamos apanhar o comboio em vez do autocarro, mas o passe que temos obriga-nos a esperar demasiado tempo pelo autocarro, porque é inválido no comboio, ou no metro.
Sendo que, dentro da cidade de Lisboa Carris, Metro, CP e Transtejo são operadoras tuteladas pelo Estado, e que são ao mesmo tempo dotadas de tecnologia de bilhética sem contacto, não se percebe como ainda continuam a existir títulos monomodais e combinados entre estes operadores. Este sistema de bilhética complexo é o principal responsável pelos problemas de mobilidade na capital!

J.A.

1 comentário:

Anónimo disse...

Os validadores da carris estavam ligados, mas não contabilizavam. Segundo informação no posto de Santo Amaro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search