15/12/2011

STCP cede linhas aos privados

O plano entregue pela STCP ao grupo de trabalho para a reestruturação financeira dos transportes do Grande Porto prevê a redução e alteração de várias linhas.

A empresa que actua nos concelhos do Porto, Gaia, Matosinhos, Valongo, Maia e Gondomar prevê já em 2012 entregar à gestão privada 16 linhas e reduzir o serviço em mais 22.

A maior parte das linhas da STCP actualmente concessionadas aos privados como o caso das linhas 10, 55, 64, 68, 69, 70, 94 e ZR deverão ser entregues definitivamente aos concessionários que deverão ficar com a operação. Assim, a STCP passará a operar apenas as linhas de maior procura como as do centro da cidade, retirando os privados do centro que passarão a ter o término junto às estações de metro da Casa da Música, caso da Resende que deixará de servir a Cordoaria, e Hospital de S. João e Campanhã ou Estádio do Dragão no caso da Valpi e Gondomarense que deixam de servir o Bolhão. Assim, a STCP irá substituir a linha 94 da Valpi pela linha 700 entre o Bolhão e Valongo-Estação, embora com uma frequência inferior, e a linha 94 passa a terminar junto do E. Dragão ou Campanhã.

A STCP irá proceder igualmente à redução da oferta em mais 22 linhas que fazem ligação do Porto aos concelhos limítrofes, sobretudo no período nocturno e nos fins-de-semana: caso das linhas 500, 502, 503, 504, 506, 508, 600, 601, 602, 603, 604, 705, 803, 805, 900, 901, 902, 903, 904, 906, e 907. A linha 61 concessionada à Valpi verá reduzido o seu percurso entre Matosinhos e a Formiga. As linhas 902 e 903 serão operadas de forma intercalar pela STCP e pela Espirito Santo.

Outras linhas irão pura e simplesmente ser eliminadas: caso da linha 505 que passará operação à Resende, 507 que tem um percurso equivalente à linha 104 da Resende, 706 e 707 que passam a ser feitas pela Maia Transportes, 804 cujo percurso passará para a Gondomarense; e ZF que passará para a empresa Sequeira Lucas e Ventura.
A linha 503 será reduzida até ao NorteShopping sendo o restante percurso assegurado pela linha 118 da Resende; a 508 que será feita até Esposade, e o restante percurso assegurado pela linha 119 da Resende.

Linhas inalteradas: todas as linhas que só servem a cidade do Porto (cuja numeração de 3 dígitos se inicia por 2.., 3.., ou 4..), e as linhas 501, 701, 702, 703, 704, 800, 801, 806 e 905.

Para que seja feito este ajustamento, o tarifário intermodal Andante deverá abranger todas as carreiras de operadores privados. Neste sentido, a STCP prevê reduzir a oferta em Gondomar em 57%, 45% em Matosinhos, 25% em Valongo e na Maia e 18% em Gaia. Em 2010 os autocarros da STCP percorreram 29, 7 milhões de km's, em 2012 se as alterações forem introduzidas os autocarros da operadora irão percorrer 22,1 milhões de km's.


linhas para: Matosinhos     Maia     Valongo     Gondomar     Gaia

1 comentário:

Anónimo disse...

Way cool! Ѕome extremely vаlіd points!
Ι аppreciаte you wгiting thiѕ
writе-up аnd the rest οf the ѕіtе
іs very good.

Feel fгeе to vіѕit my ѕite: Socialbook.Fr

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search