STCP com oferta a 100% aos fins-de-semana.OBRIGATÓRIO USO DE MÁSCARA NOS TRANSPORTES PÚBLICOS.

17/08/2008

Novas embarcações para Porto Santo

O "Lobo Marinho", o "mini-paquete" de luxo que liga a Madeira e o Porto Santo, provoca enchentes no Verão e faz esquecer tempos da travessia em barcos que levavam passageiros arrumados sobre mercadorias.

Com 112 metros de fora-a-fora e 20 de largura capacidade para 1.150 passageiros e cerca de 150 viaturas, este "ferry-boat" foi a primeira embarcação para transporte de passageiros construída nos últimos anos em Portugal, nos estaleiros de Viana do Castelo.

Representou um investimento de 35 milhões de euros por parte da Porto Santo Line, a empresa concessionária da linha regional, e faz a ligação inter-ilhas em cerca de duas horas e meia.

O projecto foi idealizado depois de um "acumular de experiências" com outros navios ao longo de vários anos e veio impulsionar o desenvolvimento económico do Porto Santo, a segunda ilha habitada do arquipélago da Madeira, que tem como "ex-libris" a praia de areia amarela com cerca de nove quilómetros de extensão.

A envergadura e condições de extrema comodidade do Lobo Marinho quase apagaram da memória histórias do tempo em que as viagens se faziam em barcos à vela e a remos e, depois nos barcos "carreireiros".

(...)

As viagens duravam quase toda a noite e os passageiros "iam sentados na carga, sem condições sanitárias, nem coletes de salva-vidas suficientes" , salientou Vítor Caíres, apontando que várias vezes, para chegarem sãos e salvos durante uma tempestade, "as mercadorias eram todas mandadas borda fora".

A procura pelo Porto Santo começou a aumentar e os anos foram a época dos catamarans, o Alizur Amarillo, o Independência e o Pátria (com lotação para 400 pessoas). Na década de 1990 surgem os "ferry boats", começando com o "Lusitânia Expresso", o "Lady of Mann" e, em 1996, o Lobo Marinho I.

Em 1995, a Porto Santo Line ganhou o concurso para explorar a linha Madeira-Porto Santo e apostou num navio construído de raiz para satisfazer as necessidades das ilhas, começando o moderno "Lobo Marinho II" a operar em 2003. Actualmente, entre os serviços de bordo, os passageiros têm sala de cinema, vários restaurantes e bares, salões de jogos e multimédia, lojas, zona de solários e sala para crianças.

Em 2007, o Lobo Marinho transportou um total de 348 mil passageiros, contribuindo nos meses de Verão para um aumento na população do Porto Santo, na ordem das cinco mil pessoas.

in: www.jn.pt secção "Funchal/Porto Santo" de 17 Ago/08

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search