01/01/2008

Troleicarros na Amadora

A população da zona Norte do concelho da Amadora vai poder contar com um novo meio de transporte público mais ecológico e menos ruidoso do que os mais comuns. O metro ligeiro de superfície, que irá ligar a Reboleira à Brandoa, será assegurado por tróleis, um sistema de transporte feito de carros eléctricos que apenas existe em Coimbra e já existiu no Porto."É cinco vezes mais económico porque as composições não circulam sobre carris", diz o vereador dos Transportes da Câmara Municipal da Amadora (CMA), Gabriel Oliveira.

A linha de trólei irá ligar a estação da CP da Reboleira, o Metro da Falagueira e o Casal da Mira, na Brandoa, onde está a ser construído o maior centro comercial da Península Ibérica. O percurso será feito pelo centro da Falagueira, onde está a ser construída uma rotunda contestada pela população. Numa fase posterior, será feita a ligação a Odivelas e Loures.

Há muito que os moradores do Casal da Mira se queixam da falta de transportes. O único autocarro que faz a ligação do bairro ao Colégio Militar, em Lisboa, é demorado e muitas vezes não cumpre horários por causa do trânsito "Estamos isolados aqui no bairro, onde quer que vá tenho que apanhar dois transportes que ainda por cima são caros, demorados e pouco regulares", queixa-se Amável Neves, moradora no casal da Mira. "O novo transporte será muito benéfico para a zona Norte. Espero é que seja acessível a todas as pessoas", diz Maria Cipriano de Almeida, moradora na urbanização do Moinho do Guizo.

O vereador Gabriel Oliveira destaca as vantagens do trólei "É mais ecológico, mais confortável, menos ruidoso, mais barato do que o eléctrico tradicional, consegue subir inclinações acima dos 8%, pode contornar obstáculos e em alternativa pode circular a biodiesel".

A obra, que não ultrapassará os 20 milhões de euros, será co-financiada pela Chamartin Imobiliária, empresa que está a construir o Centro Comercial Dolce Vita Tejo e pelo Estado. "Iremos candidatar-nos a fundos comunitários ou a quadros de apoio financeiro. Há interesse do Governo para a realização deste projecto", garante Gabriel Oliveira.

in: www.jn.pt de 31 Dez/07

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Custom Search